‘Ser autêntico não é fácil, mas é atraente: como ser mais fiel a si mesmo’

Voltando hoje ao universo do Autoconhecimento e às questões comportamentais do indivíduo, em busca da nossa constante evolução, reproduzo artigo que gostei muito, publicado quatro dias atrás no blog VivaBem, a respeito de “como ser autêntico”, de “não trair a si mesmo”…

Esse tema da autenticidade é interessante, tem várias facetas, creio mesmo que não é coisa simples. Nesse meandro há ponderações que se fazem, como o excesso de franqueza, a pouca polidez no olhar dos outros, o “politicamente (socialmente) correto” e outras abordagens relacionadas. Até porque, como dito na matéria, “a autenticidade humana sempre deve tender para o bem- estar pessoal e do outro. Não adianta querer sair por aí magoando a todos em nome da autenticidade.”

Mas o fato é que a temática, sempre importante, é oportuna e enseja reflexão!

A propósito do conteúdo, chamo a especial atenção para os enfoques, que devem ser esclarecedores para muitos, de “como ser uma pessoa autêntica?”, os “benefícios da autenticidade”, complementados pelo “como incorporar a autenticidade no dia a dia?”. 

Confira o texto – clique no link abaixo:

iStock

https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2020/02/13/ser-autentico-nao-e-facil-mas-e-mais-atraente-como-ser-fiel-a-si-mesmo.htm?utm_medium=10todaybr.20200213&utm_source=email&utm_content=article&utm_campaign=10today

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir ao próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (levar música ao vivo para casas de idosos é uma das frentes de atuação, iniciada em 2007), além de assegurar espaços na agenda para o exercício do autoconhecimento e para a meditação, no caminho da evolução pessoal permanente . Gosto de ler, de aprender coisas novas, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Educação, Motivação e crescimento humano, Psicologia e comportamento. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s