Como treinar o cérebro a manter o pensamento positivo – Confira !!!

O artigo que repercuto hoje, com o título “Estamos todos cansados socioemocionalmente, mas somos resilientes“, publicado no Portal Raízes, focaliza, em boa hora, alguns importantes mecanismos de funcionamento do nosso cérebro, presente a realidade de um certo baixo astral generalizado em tempos de pandemia.

Mais precisamente, tendo por base estudos realizados com base na dinâmica de atuação de neurotransmissores responsáveis pelo nosso bem-estar, a publicação analisa como o cérebro atua, ou reage, diante de hábitos repetitivos (reclamações, de um lado, pensamentos positivos, de outro), e como isso impacta na nossa saúde e estado de espírito.

Ao ler o interessante e oportuno artigo, você verá que são oferecidas sete dicas para que o leitor possa “construir um circuito de positividade”.

Desse conjunto muito interessante de possíveis estratégias, quero comentar a respeito da estratégia de número 1, que sugere treinar o cérebro, diariamente, mediante a procura disciplinada de pontos positivos que aconteceram. Nesse sentido, gostaria de lembrar a técnica, já referida aqui no blog, chamada de “caderno da gratidão”, que consiste na anotação diária regular, antes de dormir, de alguns acontecimentos pelos quais a pessoa deve ser grata naquele dia (pelo menos três por dia). A esse respeito, vários depoimentos que tomei conhecimento dão conta de que a incorporação desse hábito é altamente impactante, muito positivo, sob diversos aspectos!

Bem, confira o artigo na íntegra, a seguir:

“Estamos todos cansados socioemocionalmente, mas somos resilientes

Loretta Breuning

Estamos todos cansados socioemocionalmente. Nosso corpo, nossa mente, nossas emoções, nossos pensamentos e sentimentos, são todos cansaço. Também pudera, porque passamos 2020 inteiro enfrentando a pandemia do novo coronavírus e mesmo agora, um ano depois, ainda não temos a esperança de que ela termine. Diante desta realidade, onde encontraremos forças para manter o pensamento positivo, e assim preservar a nossa saúde integral? 

filósofo e cientista da computação, o americano Steven Parton estudou como a reclamação constante e o pensamento positivo podem alterar os neurotransmissores responsáveis pelo nosso bem-estar. Segundo ele, o cérebro constrói suas conexões com base em tudo a que é repetidamente exposto. Portanto, se alguém está habituado a fazer reclamações e ter pensamentos negativos, o órgão buscará fazer isso novamente, já que esse é o caminho mais fácil, pois ele já saberá por onde seguir. A boa notícia é que isso também acontece da forma contrária, com o pensamento positivo e a gratidão.

Assim, neste artigo vamos dar algumas dicas de como treinar o cérebro a manter o pensamento positivo. 

Seu cérebro está condicionado desde o nascimento a ver o negativo e ignorar o positivo. Embora estejamos constantemente em busca de coisas positivas e recompensas, estamos sempre lutando contra nosso cérebro e nossa natureza. Isso tudo soa muito negativo em si, mas há alguma fresta por aí.

Por que o seu cérebro fica negativo?

Antes de procurar a solução para este constate estado de negatividade, é importante descobrir porque os nossos cérebros parecem ver o mundo automaticamente através de lentes negativas. De acordo com a escritora Loretta Breuning:

A Química no corpo dói – Nosso corpo é composto de uma variedade de produtos químicos. Alguns são bons, alguns não são tão bons. Produtos químicos como dopamina, serotonina e oxitocina se enquadram na categoria de produtos químicos “felizes” e criam sensações de prazer ou satisfação. Nosso corpo libera estes em jatos curtos, que são metabolizados rapidamente. Isso nos leva a continuar buscando formas de estimular esses produtos químicos. Na extremidade oposta do espectro está o cortisol, uma substância química que surge para conectar todos os neurônios ativos em um único momento, causando a sensação de dor. É eficaz – motiva você a se concentrar na causa da liberação e a trabalhar para fazê-la parar. Infelizmente, isso vem ao custo de não notarmos muito mais, exceto a solução para parar a dor ou desconforto.https://7a6bbdf64a426aac88f20b76afaa31d3.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Estamos cercados por gatilhos – Nossos ancestrais estavam cercados por perigos, e nós também – embora de diferentes linhagens. Embora eles possam ter se preocupado com os animais selvagens, estamos mais preocupados com a decepção ou o fracasso. De qualquer forma, seu cérebro logo aprende o que associar com o bem e o que associar com o mal.
Nossos cérebros aprendem com a dor – sua mente se lembra do que desencadeia aquela injeção de cortisol e aprende a fazer a varredura para esse gatilho. Isso é necessário para nos ajudar a evitar perigos, mas também significa que o cérebro se concentra apenas nos aspectos negativos que encontramos. Alguém que é alérgico a abelhas estará constantemente procurando por abelhas. Portanto, eles podem não notar o belo canteiro de flores que cerca a única abelha zumbidora.

A Dificuldade de Ser Social – Somos uma espécie inerentemente social, que traz seu próprio conjunto de dificuldades. Estamos constantemente nos comparando com os outros, o que pode levar a constantes idas e vindas de serotonina e cortisol. Quando nosso cérebro vê que estamos em uma posição de fraqueza, recebemos uma dose de cortisol. Quando ele vê que estamos em uma posição de domínio, recebemos uma injeção de serotonina. A serotonina é processada mais rapidamente, o que significa que precisamos tentar novamente para obter a recompensa social. Há um outro lado disso – também precisamos de apoio social.

Nosso cérebro busca segurança no rebanho e libera oxitocina quando encontramos segurança no apoio social. Mas quando nos afastamos do rebanho e da segurança, ou quando o próprio rebanho é ameaçado, ele libera cortisol em alarme. Portanto, seu cérebro está enviando sinais confusos – você pode se sentir seguro no rebanho e receber oxitocina, mas ao mesmo tempo se encontra em uma posição de fraqueza, liberando o cortisol. Isso causará sentimentos confusos e pode levar à ansiedade em ambientes sociais.

Como construir um circuito de positividade?

A boa notícia é que você pode treinar novamente seu cérebro para procurar coisas positivas em sua vida cotidiana. Existem alguns métodos para tentar – escolha um ou tente todos eles para descobrir o que funciona melhor!

1 – Treinando o cérebro – Três vezes ao dia, todos os dias, gaste um minuto procurando especificamente por pontos positivos. Isso ajuda a retreinar seu cérebro, fazendo-o procurar os positivos da mesma forma que procura os negativos. Embora o Dr. Breuning recomende que você faça isso por 45 dias, realmente não há razão para parar depois disso.

A esperança é que você treine seu cérebro para que ele busque automaticamente os positivos após esse período de tempo. Isso pode ser um pouco ambicioso, e se você achar que seu cérebro não está trabalhando para encontrar esses aspectos positivos, continue procurando ativamente até que isso aconteça.

2 – Dê feedback positivo todos os dias – Deixe as pessoas saberem que você está reconhecendo aspectos positivos, não importa o quão recentes sejam. Isso pode significar reservar um minuto e agradecer ao colega que o ajudou em um projeto. Pode significar desenterrar um antigo mentor, como um professor universitário ou professor do ensino médio, e agradecê-los pelos conselhos que eles podem ter dado e que agora você usa todos os dias.

3 – Aprenda como fazer “pivô” – Se você perceber que está pensando negativamente, pare e pense onde você se encontraria se virasse 180 graus a partir dessa maneira de pensar. Em seu artigo, a Dra. Breuning apresenta o exemplo Dog Poop: Por muito tempo, as pessoas não limpavam os dejetos dos  animais de estimação enquanto passeavam com eles, então havia cocô de cachorro por toda parte. Nos dias atuais já é comum as pessoas recolherem os dejetos de seus cães. No entanto, percebemos quando algumas pessoas não atendem a esse interesse popular,  provoca indignação. Com base nesse exemplo: ao invés de você ficar bravo e se concentrar no negativo – no cocô de cachorro que está no caminho – pense no positivo, no fato de que 99% das pessoas estão recolhendo os dejetos de seus cachorros.

4 – Ajude outras pessoas, isso é como pagar uma conta adiantada e não ter mais que se preocupar com ela – Todos nós já ouvimos sobre aqueles momentos de “pagar adiantado” no Starbucks ou McDonald’s, mas você não precisa pagar às redes de fast-food para conseguir isso. Apenas faça pequenos atos de bondade que ajudem outras pessoas. Ajudar os outros ou fazer os outros se sentirem bem aumentará sua positividade.

5 – Cuide da sua saúde integral – Sua saúde pode afetar sua perspectiva. Se você está comendo bem, dormindo bem e se exercitando de maneira adequada, é mais provável que tenha uma perspectiva positiva. Este não é apenas um conto de esposas antigas – embora eles não tenham apontado o motivo exato por que é, universidades como a Johns Hopkins e a Universidade de Kansas observaram esse link. Dê uma olhada honesta e crítica em como você trata seu corpo e o que você coloca nele.

6 – Deixe a sua negatividade interior pra lá- Centralize seus pensamentos nas coisas que o fazem feliz, ajudando a direcionar sua mente para o lado positivo. A negatividade constante e o ceticismo habitual influenciarão suas decisões e o manterão em um ciclo negativo constante que poderá lhe deixar muito doente.

Então deixe pra lá. Pare de deixar que os negativos o atrapalhem e limitem seu potencial. Controle seus pensamentos, centrando-se nas coisas que o fazem feliz. Se você começar a se sentir exausto, estressado ou distraído, acalme sua mente e diminua o ritmo. Até mesmo pause o que você está fazendo, mesmo que apenas por um momento, e limpe sua mente de pensamentos negativos. Então, volte a se mover com o pé direito.

7 – Traga positividade para o momento presente – Ao praticar a atenção plena – e torná-la um hábito – você impede que sua mente subconsciente dirija. Fazer com que sua mente consciente conduza as decisões o ajudará a concentrar seus pensamentos em uma abordagem mais positiva e equilibrada. Uma ótima maneira de fazer isso é perguntando a si mesmo, como:

  • O que posso fazer agora que me dará alegria?
  • Neste exato momento sou grato a que?
  • Há algo que eu possa fazer para dar felicidade a outra pessoa agora?
  • Como posso demonstrar gratidão?

Ao treinar novamente seu cérebro para ser positivo em vez de negativo, você pode mudar sua visão da vida. Você se sentirá melhor e provavelmente verá melhorias em sua vida social e profissional. Conforme observado aqui, houve vários estudos sobre os efeitos da positividade. Os efeitos da positividade funcionam como as respostas imunológicas a um vírus no corpo, atacando a negatividade e sarando a mente.

É importante dizer que você não verá mudanças da noite para o dia, mas isso é simplesmente a realidade. Você está lutando contra séculos de instintos criados e sistemas químicos desenvolvidos. Mas você verá mudanças e, com o tempo, perceberá os efeitos benéficos da positividade no seu cérebro, na sua vida.

Fonte: https://www.portalraizes.com/como-treinar-o-cerebro-a-manter-o-pensamento-positivo/

Publicado em Motivação e crescimento humano, Psicologia e comportamento, Saúde | Marcado com , | 6 Comentários

Sábado e música: Helmut Lotti – maravilhosa interpretação para a belíssima Ave Maria no Morro !!!

A canção Ave Maria no Morro, composta por Herivelto Martins e lançada em 1942, é uma composição musical fabulosa, emocionante, para muitos divinal, que pela sua beleza (música e mensagem) segue encantando com o passar do tempo, inclusive no exterior.

Essa canção caiu na graça dos brasileiros, especialmente na interpretação pelo Trio de Ouro, que contava com a participação da famosa cantora Dalva de Oliveira. Mais recentemente, Avé Maria no Morro fez sucesso ao ser interpretada pelo grupo alemão Scorpions, tendo sido gravada, antes, por diversos artistas de renome internacional, a exemplo do italiano Andrea Bocelli.

Para reviver esse grande sucesso, trago vídeo sensacional, na interpretação, ao vivo, em espanhol, do tenor belga Helmut Lotti. Um cenário e atmosfera especiais, cuja performance contou com orquestração que valorizou ainda mais essa grande apresentação. Um momento encantador!!!

O vídeo, com legendas também em português (as traduções foram feitas com base no Google Tradutor), foi publicado no canal “hsmusicctba”, no YouTube, em 9/junho/21.

Curta a seguir:

Publicado em Músicas | Marcado com , | 13 Comentários

Uma jornada incrível de belezas e aprendizados pelas terras capixabas!

Viajar é bom, como regra geral, todos sabemos.

Indo mais além, imagine partir para uma viagem que tem por motivações, ao mesmo tempo:  i) encontrar com familiares muito queridos que residem longe de você; ii) sair completamente da rotina e dar uma reprogramada na cuca; iii) relaxar e; iv) como a cereja do bolo, viver novas experiências que incorporem aprendizados tão desejados.

Ah, pense aí, e se tudo isso der certo, se concretizar? Pois bem, deu tudo certo, foi assim mesmo que aconteceu comigo agora. Vou te contar a seguir!

Pois bem, este post é para comentar um pouco a respeito do que vi e do que fiz na minha ida até o estado do Espírito Santo, por 10 dias, cujo retorno se deu no domingo passado. Claro, estou aproveitando para fazer algumas viagens que ficaram para trás, encorajado pelo maior controle da pandemia do coronavírus no momento atual, em nosso país. 

Viajei sozinho e vivi plenamente essa experiência, com toque quase sabático, dedicado de corpo e alma, numa temporada que foi de programação intensa e deliciosa, vivenciada na capital Vitória e em duas localidades interioranas, em áreas serranas situadas no sul do ES. Vale registrar, tudo resultou de convite maravilhoso, feito pelo meu filho mais velho, para conhecer de perto atividades técnicas da área agropecuária, notadamente voltadas para a criação, a seleção e a reprodução aprimorada de bovinos e de equinos de reconhecida qualidade, que ele iria participar na penúltima semana de novembro.

A bela capital do Espírito Santo

Primeiramente, para quem não conhece Vitória – e o que vou comentar também se aplica, em linhas gerais, à vizinha cidade de Vila Velha (esta separada da capital apenas por ponte sobre o mar) – diria, irá conhecer e desfrutar uma estrutura urbana muito agradável, bem estruturada, com boa orla marítima e diversas opções de lazer. Legal é que, por não se tratar de grande metrópole, Vitória ainda guarda um estilo de vida que lembra cidades do interior. Isso para mim é particularmente cativante. Assim, como resultado dessas características urbanas, tanto Vitória quanto Vila Velha aparecem no ranking das 100 melhores cidades brasileiras para morar, estando a capital capixaba na 10ª posição, conforme levantamento disponível na internet.

Apenas para servir de amostra (ou de aperitivo), seguem algumas fotos de Vitória, tiradas em breve passeio marítimo, no final da tarde do dia 26, última sexta-feira de novembro, que me permitiu conhecer o canal náutico da Capital, uma parte do importante Porto de Tubarão e, navegando em sentido oposto, pude contemplar o belo visual da orla sul da cidade, que tem a Praia do Canto e adjacências como pano de fundo.

“Offroad” em Alegre

Bem, a programação de novos aprendizados e emoções começou no dia 19, com viagem ao interior, tendo por propósito acompanhar o evento JeepA Alegre Offroad, com a participação de 112 jeeps 4×4 e “gaiolas” inscritos, que deveriam cumprir provas de trilhas e corridas com desafios distintos, em condições pouco amistosas, ocorridas entre os dias 20 e 21, na cidade de Alegre, no sul do estado.

Foi uma experiência bem interessante, até curiosa para mim, que nunca havia participado de algo dessa natureza. Pena que houve certo prejuízo em virtude de chuvas persistentes que caíram naqueles dias, provocando queda da temperatura e muita lama (rsrs)!

Uma imersão agropecuária inesquecível na região sul do ES

No dia 21 fomos para uma fazenda (um haras) na região, de propriedade de pessoas extremamente simpáticas e muito acolhedoras, na qual, conforme combinado com o meu filho, seriam realizadas atividades técnicas, de elevado nível, com planteis de vacas da raça Nelore e algumas derivações, resultantes de cruzamentos industriais bem-sucedidos, assim como atividades com éguas matrizes da raça Manga-larga marchador, raça brasileira que conta com fortes criadores naquelas terras do sul do ES.

Essa vivência rural traz para mim belíssimas recordações, fazendo resgates de momentos inesquecíveis que passei na minha juventude, em algumas localidades pelo estado da Bahia, em propriedades de familiares e de amigos.

A região rural visitada é de notável beleza e bem aprazível, por ser rodeada de montanhas, com terras bastante férteis, tendo o verde a dominar o cenário, tudo emoldurado por formações montanhosas diversificadas, dando especial realce ao ambiente, por onde se vá. Como toque adicional, dadas às altitudes da região, variando entre 600 e 800 metros acima do nível do mar, se agrega o clima serrano, sempre com temperaturas amenas, especialmente após o pôr do sol.

Obviamente, na presença de chuvas, como foi a situação daqueles dias iniciais por ali, a temperatura andou por volta de 14º, com sensação térmica ainda mais baixa. Isso para mim foi uma curtição, até porque estávamos no final de novembro, época de prevalência do calor pelo Brasil, com a iminente chegada do verão.

Confira o cenário:

Atividades e processos dinâmicos que impressionam

Falando, mais precisamente, sobre conhecimentos e aprendizados que resultaram dessa vivência agropecuária, acompanhei muita informação e assisti atentamente a diversas atividades práticas (convenhamos, o grande diferencial), compreendendo a criação propriamente dita, incluindo os processos de manejo dos animais bovinos e equinos das raças antes referidas, a rotação de pastos, a alimentação, suplementação e medicações utilizadas, e especialmente a técnica avançada de reprodução. Nesse particular, faz tempo que queria ficar por dentro dos métodos praticados segundo as melhores técnicas.

Assim é que, presenciei processos de exames de fertilidade/prenhez com a utilização in loco de ultrassonografia, de inseminação artificial com o uso de sêmen de reprodutores de excelência, de transferência de embriões, tudo aplicado por veterinários especialistas, seja para bovino, seja para equino.

Isso tudo acontece, vale esclarecer, com o objetivo permanente de melhoramento genético e contínuo aprimoramento das raças, que resulta no surgimento de animais cada vez mais valorizados e no aumento da produtividade dos rebanhos.

Ao constatar tal realidade, na qual estão presentes técnicas que evoluem o tempo todo, profissionalismo e trabalho dedicado, pude compreender a razão de a produtividade dos setores agropecuário e agroindustrial brasileiros estarem registrando seguidas elevações em termos de qualidade e produtividade. Fiquei feliz com o que vi!

Aí vão alguns registros dessas atividades/processos:

Como curiosidades, imaginando que grande parte dos leitores do blog não atua na área rural, ocorre registrar:

  1. Pelagem – São muitos os tipos de pelagens reconhecidos, por exemplo, na raça Manga-larga marcador, a saber: preta, castanha, baia, tordilho, pampa, alazã, rosilha, amarilha…. Acontece que existem variedades, por cruzamentos (genética) realizados, que elevam para mais de 50 tipos diferentes de pelagens da raça, divididos em pelagens simples, compostas, conjugadas!
  2. Preços (segura para não cair) – Animais superiores da raça Manga-larga marchador, seja uma égua reconhecida como excelente doadora ou um cavalo reprodutor de elevada linhagem e com troféus adquiridos em competições, chegam a alcançar valor de mercado que ultrapassa a casa de US$ 1 milhão, cada. Com os bovinos (touros e vacas) de ponta, aqueles excelentes fornecedores de sêmen, ou de óvulo, os preços de mercado não ficam muito aquém disso.

Foi uma jornada que valeu demais, sob todos os sentidos. Trago comigo imagens belíssimas, para ficarem guardadas na memória, além de bastante aprendizado e satisfação por esses dias tão relaxantes e engrandecedores. Curiosidades em grande parte superadas, deixo aqui a minha gratidão à família tão hospitaleira que nos acolheu, certo de que a admiração que eu já nutria pelas pessoas do campo, depois disso tudo, passou a ser ainda maior!!!

Quem venham outras jornadas memoráveis. Até breve!

Publicado em Educação, Meio ambiente, Viagens | 6 Comentários

Sobre prioridade e ter FOCO: Resenha do livro A ÚNICA COISA (vídeo) !

A lógica do foco é forte e fundamental. Para fazer as coisas acontecerem, a pessoa precisa priorizar o que quer/precisa realizar, colocar energia/dedicação nesse ponto e seguir até chegar ao resultado pretendido. Vencida essa etapa, aplica o mesmo método eficaz para a ação prioritária seguinte… e assim sucessivamente. Isso é ter foco!

O que não funciona, definitivamente, é querer fazer tudo, ser bom em tudo, pois a pessoa, pelas limitações humanas e limitações do próprio tempo disponível, termina sem evoluir efetivamente, presa na roda viva, no lugar comum, nas iniciativas sem “acabativas”. Em outras palavras, incorpora a síndrome do bicho “pato”, que nada, que anda, que voa, que grasna (grita com um som pouco agradável) e não faz nada tido como elogiável. O pato é o símbolo usualmente referido para quem faz muita coisa e não faz nada bem feito, ou melhor, com excelência (rsrs).

Aliás, desde cedo procurei absorver – e seguir – a lógica do foco em relação aos meus propósitos pessoais e profissionais. Com o passar do tempo, argumentos consistentes têm vindo à tona, dando consistência ainda maior a esse raciocínio. Claro, ter foco requer um propósito, autoconsciência e a velha disciplina.

Ter êxito e ser bem-sucedido em seus planos não ocorrerá por obra do acaso!

E é sobre isso o vídeo que selecionei para hoje, do canráal SejaUmaPessoaMelhor, fazendo resenha do livro A ÚNICA COISA, dos autores Gary Keller e Jay Papasan. Fique de olho no chamado “efeito dominó”. Ah, um dominó por vez!

Confira a seguir (o vídeo tem duração de apenas 5:31):

Publicado em Livros e leitura, Motivação e crescimento humano, Psicologia e comportamento, Vídeos diversos | 3 Comentários

Sábado e música: Grupo vocal Citizen Queen e a bela “Killing Me Softly” – show de interpretação!!!

Essa deliciosa canção Killing Me Softly, autoria de Charles Fox e Norma Gimbel, um grande sucesso de 1973, com a cantora Roberta Flack, vem no vídeo de hoje com performance primorosa do grupo vocal Citizen Queen!

Esse quinteto feminino, no estilo “Acapella”, foi criado em 2018 por Scott Hoying, integrante do grupo Pentatonix, também acapella (canto sem a ajuda de qualquer instrumento). O Citizen Queen é formado pelas excelentes vocalistas Nina Nelson, Karla Sharve, Kaedi Dailey, Hannah Mrozak e Cora Isabel.

O vídeo foi publicado há duas semanas, pelo próprio Citizen Queen, em seu canal no YouTube .

Curta a seguir:

Publicado em Sem categoria | 4 Comentários

“13 dicas para manter as funções cognitivas em dia ao longo da vida” !

A atividade intelectual, ou o bom funcionamento da capacidade cognitiva, que requer o estímulo de diversas áreas do cérebro, tem influência muito decisiva na saúde integral do indivíduo, que tem tudo a ver com uma vida plena, que seja vivida com autonomia, com qualidade e bem-estar, aspectos tantas vezes comentados por aqui, em especial quando temos em mente a vida nas etapas da idade mais avançada.

Com efeito, dicas para estimular o uso do cérebro são sempre bem-vindas. A esse pretexto, repercuto matéria publicada no blog VivaBem.UOL, com o título “Dicas para manter a atividade cognitiva em dia”.

Nessa publicação são oferecidas 13 dicas de exercícios que estimulam as funções cognitivas. Convém dedicar atenção e estar atento a essa necessidade, cabendo assinalar que as principais funções cognitivas são: percepção, atenção, memória, linguagem e funções executivas.

Confira a interessante matéria – link a seguir:

iStock

https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2021/11/19/13-dicas-para-manter-as-funcoes-cognitivas-em-dia-ao-longo-da-vida.htm

Publicado em Motivação e crescimento humano, Psicologia e comportamento, Saúde | Deixe um comentário

“COMO USAR MELHOR O TEMPO LIVRE” – um vídeo esplêndido, um conteúdo indispensável!

“O ócio é um tempo de cultivo da alma” (Aristóteles).

Recebi a indicação desse vídeo, como sugestão de um amigo, e fiquei muito impressionado com a qualidade da produção, da narração e, em especial, do conteúdo!

Na linha do autoconhecimento, temos aí a oportunidade de fazer boa reflexão sobre a vida que levamos, como ocupamos o nosso tempo, o que fazemos com o nosso tempo livre. Melhor ainda, é oportunidade para (re)pensarmos no que poderíamos fazer, ou estamos fazendo, nos espaços de ócio. Poderíamos tirar melhor proveito?

O episódio é inspirado no conto “A Aposta”, de Tchekhov, famoso escritor russo, que narra o desafio entre um banqueiro e um jovem estudante de direito. O escritor defende a “necessidade do silêncio e da solidão para a descoberta do mundo interior.”

Durante a argumentação, você verá a importância de refletir sobre a diversão e o tédio, sobre aspectos da cultura dos dias atuais sem foco para o essencial, tendo em mente uma vida que faça sentido. Como será enfatizado, dando amarração ao enredo, “o ócio não é um tempo inútil, de coisas pequenas; é o tempo valioso que temos para sermos pessoas melhores“.

Trata-se de vídeo sensacional, envolvente, emocionante, com preciosas reflexões, e, creio, com o poder de despertar importantes insights, que farão os 15 minutos de duração passarem rapidamente, com gosto de quero mais. Foi isso que aconteceu comigo!

O vídeo foi publicado seis dias atrás, no YouTube, canal Brasil Paralelo.

Não deixe de assistir, vale muito a pena. A seguir:

Publicado em Frases célebres, Meditação e Espiritualidade, Motivação e crescimento humano, Vídeos diversos | 10 Comentários

Sábado e música: Choro das 3 – Pedacinho do Céu (linda interpretação)!

Para hoje, vídeo com primorosa apresentação do grupo “Choro das 3”, já conhecido aqui no blog, interpretando a sempre inspiradora música Pedacinho do Céu!

Essa composição musical foi escrita por Waldir Azevedo, em 1951, sendo considerada como um dos mais belas choros de todos os tempos.

O vídeo foi publicado no YouTube em 12 de abril deste ano.

Curta a seguir:

Publicado em Sem categoria | 8 Comentários

“A melhor forma de aprender pensamento crítico” – Veja esse vídeo!

“Não existe diferença entre escrever e pensar.”

Para esta sexta-feira, repercuto o interessante vídeo (com animação) “A melhor forma de aprender pensamento crítico”, publicado ontem no canal Eureka, no Youtube, trazendo um conteúdo fabuloso, de grande eficácia e utilidade!

Elaborado com base em argumento de Jordan Peterson, psicólogo clínico, professor e escritor canadense, o vídeo enfatiza qual o melhor caminho para se desenvolver pensamento crítico, oferecendo, ainda, um Guia de como começar, que está resumido em seis passos.     

A meu ver, temos aí um estímulo substancial, ou uma grande contribuição, para o efetivo desenvolvimento do pensamento crítico pelas pessoas, prática esta que, convenhamos, deveria começar o mais cedo possível!

Interessante é que, apesar da mencionada importância do conteúdo, o vídeo é relativamente curto (duração de apenas 7:33).

Veja a seguir:

Publicado em Educação, Motivação e crescimento humano, Vídeos diversos | Deixe um comentário

Autocuidado e bem-estar: uma experiência encantadora em um SPA de excelência!

Tendo presente o fenômeno da longevidade, e buscando não perder de vista o princípio (ou filosofia de vida) do viver mais e melhor, a que me refiro frequentemente, queria conhecer um SPA urbano, para não precisar fazer grandes deslocamentos, cujo local pudesse me proporcionar, durante algumas horas, tranquilidade, relaxamento, satisfação e, por conseguinte, sensação de bem-estar.

O legal é que um serviço de SPA assim, muito bem concebido e diferenciado, existe e já está funcionando em Brasília – Distrito Federal.

Ah, melhor ainda é que, felizmente, chegou o dia de ir conhecer o local e desfrutar a experiência, que passo a relatar e compartilho com vocês.

Assim é que, no último sábado, dia 13, lá estava eu, com horário reservado às 11 horas, na ESSENCE Clinic SPA. Trata-se de uma impressionante clínica médica, especializada em emagrecimento e bem-estar, cujo método utilizado, denominado Integral Health, oferece terapias integrativas, com SPA, em ambiente especialmente idealizado para tratamentos e vivências exclusivas e experiências encantadoras.

A ESSENCE foi idealizada – e é dirigida – pela médica Priscilla Proença, especializada em emagrecimento e estilo de vida, que traz em seu currículo pós-graduações em Nutrologia, Endocrinologia e extensões internacionais (complementares) importantes, que lhe propiciaram, após 10 anos de prática médica, a elaboração de diversos protocolos para aplicação da metodologia Integral Health.

No meu caso, objetivamente, fui vivenciar o serviço de SPA e, de fato, fiquei encantado!

O ambiente bonito, equilibrado, em perfeita conexão com elementos da natureza e experiências sensoriais exclusivas (os sons presentes no ambiente e a aromaterapia utilizada são elementos-chave), aliados a um serviço de excelência, com profissionais atenciosos e bem treinados, tudo prestado ao cliente de forma peculiar e personalizada, com cuidadosa diferenciação, me fez sentir um verdadeiro rei ou importante celebridade. Sem dúvida, uma realidade assim termina elevando, naturalmente, a autoestima de qualquer um!

Seguem algumas fotos para vocês terem ideia das instalações, do bom-gosto e da harmonia presentes no local, assim como registros de alguns momentos da minha presença/experiência:

Diria que a minha experiência no SPA da ESSENCE, com duração aproximada de duas horas, valeu muito a pena. Percebi que aquele ambiente, a atenção recebida, o escalda pés diferenciado, os drinks reconfortantes, energéticos, deliciosos e, acima de tudo, a massagem terapêutico-relaxante, aplicada com notável excelência, formam um conjunto de técnicas/recursos que deixa a pessoa se sentindo muito melhor do que chegou e bem mais revigorada para enfrentar o seu dia a dia! 

Ao terminar, o bem-estar era real. A minha sensação de equilíbrio integral, de leveza, de realinhamento das energias estava evidente. Uma verdadeira satisfação que remete à questão óbvia: quando retornarei para repetir uma vivência tão gratificante, revigorante e de bem-estar como essa?

Um detalhe que não poderia passar despercebido: com apenas seis meses de funcionamento, a ESSENCE foi eleita a melhor SPA Boutique de Luxo do mundo, versão 2021, pela World Luxury Awards, organização global que reconhece e premia spas de luxo do mundo a partir das instalações, qualidade do atendimento e excelência de serviços prestados.

Segue o endereço eletrônico da ESSENCE: https://essenceclinicspa.com.br/. Fica a dica!

A respeito da temática enfocada neste post, não percamos de vista a importância do amor-próprio (autocuidado), notadamente em relação à nossa saúde individual e à qualidade de vida, pois esses são fatores que contribuem de forma significativa para uma vida mais longeva, a ser desfrutada com autonomia, plenitude e satisfação, no espírito do bem viver.

Pense nisso!!!

Publicado em Motivação e crescimento humano, Psicologia e comportamento, Saúde | Marcado com , , , , , | 6 Comentários