“As dez habilidades profissionais mais requisitadas nos currículos, segundo o LinkedIn”

Para quem está no mercado de trabalho, ou se prepara para iniciar essa jornada, ou deseja buscar melhor posicionamento e valorização/remuneração na carreira, esta excelente e oportuna publicação que reproduzo abaixo, trazida no portal eletrônico BBC News-Brasil, é muitíssimo importante!

A matéria valeu-se de estudo, realizado a partir do banco de informações do LinkedIn, com o propósito de identificar perfis profissionais que vêm conseguindo melhor remuneração, ou, mais objetivamente, quais habilidades individuais vêm sendo mais demandadas e fazendo maior sucesso na atualidade.  

Os resultados devem ser vistos, sobretudo, como indicativos de tendências de demandas profissionais que devem ser buscadas, firmemente, de agora em diante.

Confira:

“As dez habilidades profissionais mais requisitadas nos currículos, segundo o LinkedIn

Mulher de camisa, calça-jeans, cabelos trançado preso no alto, sorrindo, com braços cruzados e em frente a uma parede GETTY IMAGES

Criatividade é a habilidade mais desejada pelas empresas

Ter um diploma e vários anos de experiência não são, necessariamente, garantia de um bom emprego. A pergunta-chave a ser feita é: o que você sabe fazer? O candidato a uma vaga de emprego deve demonstrar que – além do fato de ser engenheiro, advogado, programador ou relações públicas – tem as habilidades que a empresa esteja buscando.

E essas habilidades perpassam diversas profissões, uma vez que dizem respeito à forma de resolver desafios profissionais, de acordo com um estudo publicado pelo LinkedIn, rede social de perfis profissionais.

Segundo a pesquisa, os empregadores estão buscando uma combinação de soft skills, habilidades socioemocionais, e hard skills, habilidades mais técnicas. A criatividade aparece no topo da lista.

As hard skills são definidas pelo LinkeIn como “específicas, ensináveis, que podem ser definidas e medidas, como digitar, escrever, matemática, ler e a habilidade de usar programas de software’.

As soft skills são definidas como “menos palpáveis, mais difíceis de quantificar, como etiqueta, facilidade em se relacionar bem com outras pessoas, ouvir, se engajar em conversa fiada”.

Uma ideia parecida foi apresentada no relatório “O futuro do trabalho”, do Fórum Econômico Mundial, que assinalou que a iniciativa, a originalidade e o pensamento crítico serão cada vez mais valorizados.

Desenho de uma nuvem em um fundo tecnológicoDireito de imagem GETTY IMAGES
O manejo de dados na nuvem é uma das “habilidades dura” mais requeridas

‘Soft skills’

– Criatividade Segundo o Linked, “enquanto robôs são bons em otimizar ideias antigas, empresas precisam mais de empregados criativos para conceber as soluções de amanhã”.

– Persuasão “Ter um bom produto, uma boa plataforma ou um bom conceito é uma coisa, mas a chave é persuadir as pessoas a comprá-las”

– Colaboração “Com projetos ficando cada vez mais complexos e globalizados na era da Inteligência Artificial, a colaboração eficiente só cresce em importância”.

– Adaptabilidade “Uma mente adaptável é uma ferramenta essencial para navegar pelo mundo de hoje em constante mudança, já que as soluções de ontem não vão resolver os problemas de amanhã.”

– Manejo do tempo “Uma competência eterna, saber administrar o tempo hoje te servirá pelo resto da carreira.”

‘Hard skills’

– Manejo de dados na nuvem “Enquanto o mundo se atira para a nuvem, companhias buscam desesperadamente por engenheiros com competências para acomodar essa demanda.”

– Inteligência artificial “É oficial: chegamos à Idade da Inteligência Artificial.”

– Raciocínio analítico “Enquanto coletam dados como nunca antes, empresas estão sedentas por profissionais que podem tomar decisões espertas baseadas neles.”

– Manejo de pessoas “O mundo mudou de um modelo ‘comandar-e-controlar’ para líderes que podem treinar e empoderar, um conjunto de competências que poucos profissionais possuem.”

– User Experience Design (UX Design, Design da Experiência do Usuário, como é conhecida a destreza em compreender a interação entre usuário e tecnologias e desenvolver formas de torná-la mais fácil) “UX Design é a chave para fazer com que o mundo digital funcione para humanos.”

Empregados observado um computadorDireito de imagem GETTY IMAGES
O estudo utilizou dados de usuários do LinkedIn

A melhor mudança na sua carreira

“Melhorar as habilidades brandas é uma das melhores mudanças que você pode fazer na sua carreira, já que nunca serão redundantes”, escreveu Paul Petrone, editor de aprendizagem do LinkedIn. “O desenvolvimento da inteligência artificial fez com que as soft skills fossem cada vez mais importantes, porque são precisamente as habilidades que os robôs não podem automatizar.”

Isso não significa que os conhecimentos ultraespecializados estejam perdendo terreno. A chave está na mistura dos dois tipos de habilidades, dizem os especialistas.

Os trabalhadores, por outro lado, estão cada vez mais interessados em adquirir novas habilidades. Por isso, tem sido tão propagada a ideia de que você nunca deve deixar de estudar e aprender por iniciativa própria.

O medo de “ficar obsoleto” se instalou nos locais de trabalho. E, com o boom das startups e os negócios pessoais, a cultura de trabalho vem dando um giro de grande magnitude nos últimos anos.

Nesse contexto, o perfil dos trabalhos está mudando rapidamente e a integração de equipes com pessoas de áreas diferentes é cada vez mais comum.

O estudo feito pelo LinkedIn avaliou informações sobre as habilidades que aparecem nos perfis das pessoas que utilizam a rede profissional e que conseguem empregos com salários mais altos.

Fonte: https://www.bbc.com/portuguese/geral-46927561?utm_medium=10todaybr.20190121&utm_source=email&utm_content=article&utm_campaign=10today

Anúncios
Publicado em Motivação e crescimento humano, O ser humano no contexto das organizações | Deixe um comentário

A Revolução da Longevidade – Alexandre Kalache (excelente vídeo)!

Volto ao tema Longevidade, um dos mais presentes aqui no blog desde 2017. Neste começo de semana, trago o excelente vídeo ‘A Revolução da Longevidade’, com o médico epidemiologista Alexandre Kalache, especialista e uma das principais autoridades brasileiras quando se pensa em envelhecimento e longevidade, com ampla e incansável atuação no Brasil e também no exterior.

Você terá um apanhado – e ouvirá dicas preciosas – sobre pontos essenciais dessa temática, que necessariamente têm impactos no seu futuro, como, por exemplo: o que é viver bem na idade avançada, a importância da resiliência, a preparação para a aposentadoria, dietas mais saudáveis, o olhar para as finanças, longevidade e solidariedade, o curso de vida para o bem envelhecer, os quatro capitais para envelhecer bem, o propósito de vida, o preparar-se para a morte, a cultura do cuidado nas várias etapas da vida.

Entendo que esse conteúdo, ou essa “aula”, tem a ver com você e com todos nós. Se entender assim, compartilhe, afinal de contas é questão de qualidade de vida, de educação em sentido amplo, de necessidade de elevação do nível de consciência individual, o quanto antes, com vistas ao próprio destino. Ou seja, é assunto para o bem viver em qualquer idade, mas notadamente põe a lupa no planejamento do futuro, nas condições a serem vivenciadas na fase da senioridade!

Confira a seguir (o vídeo foi publicado no YouTube por Fachesf, em outubro passado):

Publicado em Educação, Motivação e crescimento humano, Psicologia e comportamento, Saúde, Vídeos diversos | 2 Comentários

Bryan Adams sensacional: Everything I Do It For You / Heaven!!!

Neste sábado, trago como inspiração musical um vídeo a meu ver precioso, com o brilhante artista canadense Bryan Adams, cantor, compositor e também fotógrafo, que ficou mundialmente conhecido na década de 1980. Sua voz, seu estilo de cantar, seu bom gosto musical e o seu carisma sempre me agradaram!

Neste vídeo, para a nossa satisfação, foram reunidos dois dos seus mais marcantes sucessos: Everything I Do It For You (composição Bryan Adams/Michael Kamen/Robert Lange) e Heaven (composição Bryan Adams/Jim Vallance), registrando momentos mágicos de show ocorrido em 2016.

Uma performance primorosa, com muita qualidade do artista, dos músicos e a fantástica participação, contagiante, do público presente!

Confira e curta a seguir:

Publicado em Músicas | 5 Comentários

Espumantes e verão: tudo a ver (confira)!

Com o calor intenso que experimentamos pelo Brasil afora nesta temporada de verão, e como, nesta noite de sexta-feira, já começamos mais um fim de semana, parece-me mais do que apropriado falar de uma bebida refrescante, elegante e saborosa. Quero dar destaque para os espumantes!

Rapidamente falando, espumante é um tipo de vinho que tem nível significativo de dióxido de carbono, fazendo-o borbulhar quando servido.

De pronto, saiba que espumante pode ser branco, rosé ou tinto. É claro que no imaginário popular, ao se pensar em um vinho desse tipo, logo vem à mente o branco, possivelmente pela fama histórica e universal do champagne.

Bem, existem três tipos de vinho com essas características (borbulhantes e frescos): o champagne, o espumante e o frisante, que não devem ser confundidos, devido às suas diferenças básicas. Convém ainda destacar que esses vinhos podem ser produzidos a partir de uvas brancas ou tintas (a diversidade de castas utilizadas pelo mundo vai longe…)

Para facilitar o entendimento, vou transcrever alguns trechos de interessante publicação feita por Vinitude Clube do Vinho (www.clubedosvinhos.com.br), com o título A diferença entre o vinho frisante, espumante e champagne:

“Frisante, menos gás e sem espuma

O vinho frisante é um produto com pouco gás carbônico, que é produzido naturalmente do processo de fermentação da uva, tendo praticamente a metade do gás carbônico encontrado nos espumantes. O frisante fermenta somente uma vez e é a partir dessa única fermentação que é produzido o gás carbônico. Os mais conhecidos frisantes são os produzidos na Itália, conhecidos como lambruscos.

Espumante, nascido do vinho fermentado

O espumante é um vinho com gás carbônico originário da segunda fermentação natural de um vinho base que já estava fermentado, o que demanda dizer que não há adição artificial de gás carbônico. O espumante sempre é elaborado através de uvas próprias para a fabricação de vinhos finos.

Frisantes e espumantes são vinhos fermentados e mantidos com o próprio gás produzido na fermentação.

Champagne, o espumante mais original

O champagne é o espumante original. A palavra champagne é um derivado da palavra latina campagnia, uma região campestre localizada ao norte de Roma. O verdadeiro champagne tem origem exclusivamente na região de Champagne, situada a 150 quilômetros de Paris.

Trata-se de um vinho fino, com uma das produções mais complicadas e elaboradas do mundo vinícola, envolvendo diversas etapas. O vinho é fermentado naturalmente, devem ser provindos da uva chardonnay, pinot noir e pinot meunier e precisam ter os cuidados específicos para serem levados ao consumo.

Cabe mencionar outro espumante mundialmente famoso, que é o Prosecco, natural da região vinícola do Vêneto, no norte e nordeste da Itália.  

No Brasil, são produzidos bons espumantes, alguns dos quais com reconhecimento internacional, notadamente na Serra Gaúcha e também em Santa Catarina e em Pernambuco. Quanto ao  método de produção e nível de doçura dos nossos espumantes, os principais são: Brut, Demi-sec, Moscatel e Charmat.

E quanto à versatilidade dos espumantes? Combinam com feijoada?

Ah, para esclarecer sobre isso, além de mencionar outros aspectos a respeito de espumantes, confira este vídeo muito legal, abaixo, com duração de apenas 1:33, produzido por ‘Tastemade’ e publicado no YouTube por Vinhos do Brasil. Você vai gostar de saber, e pode se surpreender!

Um brinde!!!

Publicado em Educação, Vídeos diversos | Deixe um comentário

Nove dicas preciosas para você ler mais e melhor (vídeo)!

Argumentar sobre a importância de se adotar o hábito da leitura tem sido recorrente neste blog. Isso porque, em especial aqui no Brasil, sabe-se que muita gente não lê, ou lê pouco. Também é verdade que muitos dizem pretender adotar esse hábito, praticar a leitura regular, mas terminam não criando a necessária disciplina. O desejo não se transforma em ação!

Presente essa realidade, trago hoje o vídeo COMO LER MAIS E MELHOR | Guia DEFINITIVO, publicado mês passado no canal Epifania Experiência, no YouTube. São nove dicas preciosas, apresentadas com animação bastante inteligente (esta é uma marca do canal), que a meu ver contribuem para que a pessoa possa melhorar, definitivamente, a sua capacidade de leitura. Como será visto, alguns recursos tecnológicos, disponíveis gratuitamente pela internet, podem facilitar bastante a sua tarefa de evoluir nesse processo.

Confira o vídeo a seguir, tire o melhor proveito do conteúdo e incorpore cada vez mais o hábito da leitura efetiva!

Publicado em Educação, Livros e leitura, Motivação e crescimento humano, Vídeos diversos | 2 Comentários

“Uso excessivo de redes sociais te faz tomar decisões como viciados em droga”

Temos trazido aqui diversas postagens, com textos e vídeos, mostrando que o excesso de uso de dispositivos eletrônicos e de redes sociais acarreta problemas para o indivíduo, especialmente no que respeita à saúde, à qualidade dos relacionamentos e à sua produtividade.

Agora, nova pesquisa comprova que o uso excessivo de redes sociais pode te fazer tomar más decisões, com uma resposta similar a de quem sofre problemas de vícios em drogas e jogos. É sobre isso que nos informa matéria publicada, dois dias atrás, no blog Viva Bem, da UOL, com o título “Uso excessivo de redes sociais te faz tomar decisões como viciados em droga”.

As facilidades tecnológicas e a fartura de informação a nosso dispor compõem um quadro certamente tentador. O que, por princípio, é bom, pode, devido ao excesso, funcionar negativamente, até por ser viciante, para muitos. Como desafio, visando ao bom-senso e à qualidade de vida, cabe a cada um exercer seu autocontrole e estar consciente a esse respeito, buscando adotar ponto de equilíbrio para fugir de uma possível situação de excesso, como mostrada na publicação. Portanto, vale ficar atento(a)!

iStock Não largar a tela faz com que o organismo tome más decisões – Imagem: iStock

Confira o conteúdo clicando no link a seguir:

https://vivabem.uol.com.br/noticias/redacao/2019/01/13/uso-excessivo-de-redes-sociais-te-faz-tomar-decisoes-como-viciados-em-droga.htm?utm_medium=10todaybr.20190113&utm_source=email&utm_content=article&utm_campaign=10today

Publicado em Educação, Psicologia e comportamento, Saúde | Deixe um comentário

QUANDO A DOR VEM DA ALMA – Excelente (e necessária) reflexão!

Resultado de imagem para quando a dor vem da almaCrédito de imagem: Juanne Maktub

Sabemos que muitos problemas de saúde e, em especial, muitas dores que são sentidas no corpo físico, têm origem em questões mal resolvidas, não adequadamente processadas, superadas e também aceitas. As “dores da alma”, consequentemente, desencadeiam desequilíbrios orgânicos e dores físicas.

É exatamente sobre isso que trata o texto adiante reproduzido, da médica geriatra Roberta França, publicado em agosto passado no blog Consultório Sentimental, do jornal Correio Braziliense. A meu ver, temos aí uma excelente crônica, com necessária, séria e providencial reflexão. Acredito que muita gente se identificará com os meandros da abordagem e, com isso, poderá dedicar maior atenção a alguns “detalhes” de foro íntimo que, colocados em segundo plano, terminam fazendo grande estrago na qualidade de vida e na saúde da pessoa.

Leia a seguir, vale muito a pena!

“QUANDO A DOR VEM DA ALMA

Roberta França, médica geriatra.

Quando ainda era acadêmica ouvi de um professor algo que nunca esqueci “quando tudo doi a dor não é física”… Talvez eu não tenha dimensionado naquele instante a grandeza desse diálogo. Hoje geriatra, vivenciando diariamente a rotina dos meus pacientes, vejo o quanto esse olhar me abriu para compreender cada um que chega com dores por todo corpo; muitas vezes não sabendo nem por onde começar ou sequer explicar como acontece.

Ouço com atenção às queixas de dores de cabeça, no estômago, musculares, ósseas, palpitações, náuseas, coceiras… Depois faço apenas uma pergunta ” o que está realmente acontecendo com você? ” Após um minuto de hesitação e até espanto, a maioria cai num choro convulso e doloroso. Deixo o choro libertador acontecer e então no lugar das queixas álgicas ouço término de relações, perdas de pessoas queridas, problemas financeiros, medos, angústias e ansiedades… Novamente lembro – me da frase ” quando tudo doi a dor não é fisica”… Não é! A dor é na alma…

Tudo que nos faz mal e guardamos, por um mecanismo de defesa, vai sair de alguma forma… muitas vezes em forma de doença! É nosso corpo físico gritando pelo resgate da nossa alma… É nosso corpo nos confrontando com nosso eu… É nosso corpo nos mostrando o que não vai bem… É nosso corpo dizendo ” olhe pra você “.

As vezes é difícil compreender e até acreditar nisso. Normal! Estamos tão mentais, tão obcecados pela objetividade que só mesmo adoecendo, doendo, machucando é que paramos para valorizar nossas sensações e nos perceber… Ninguém gosta de sentir dor, ninguém quer adoecer, todo mundo teme se machucar…

Alertas!
Quantos alertas nosso corpo precisa nos enviar para olharmos pra ele, de verdade?
Sejamos mais atentos , gentis e cuidadosos com nosso corpo…
Sejamos mais atentos, generosos e amorosos com nossa alma…
Toda dor é real…
Toda dor é tratável. ..
Todo corpo deve ser templo…
Toda alma deve ser leve…

Fonte: http://blogs.correiobraziliense.com.br/consultoriosentimental/quando-dor-vem-da-alma/

Publicado em Motivação e crescimento humano, Psicologia e comportamento, Saúde | 2 Comentários

Música no ritmo do verão: Frejat – Malandragem – Ao vivo!!!

Sábado de verão quente por aqui, a inspiração musical para este fim de semana vem no balanço do Rock

Selecionei vídeo com o artista carioca Frejat, cantor, compositor e guitarrista, que juntamente com o seu filho Rafael, na guitarra, interpretam Malandragem, canção notabilizada pela cantora Cássia Eller, composta por Cazuza e Roberto Frejat, que faz parte do álbum “Ao Vivo no Rock in Rio”, desse artista. 

Uma bela apresentação e uma contagiante participação do público presente!

O vídeo foi publicado no YouTube por MZA Music, em abril de 2017. Curta a seguir:

Publicado em Músicas | Deixe um comentário

“5 gestos que prejudicam a imagem que você projeta para os outros”

Nas relações interpessoais, e nos processos de comunicação em geral, em que se objetiva informar, argumentar, influenciar, convencer etc. o gestual exerce grande importância. Sobre isso já fiz algumas postagens aqui no blog.

A propósito, o legal mesmo é compreender o significado de alguns gestos que muita gente utiliza e que podem comprometer a sua mensagem e a sua imagem.

Assim, para facilitar essa compreensão, reproduzo artigo muito interessante – e útil, publicado tempos atrás no site A Mente É Maravilhosa, a respeito de cinco gestos que podem causar problema e prejudicar a imagem da pessoa. Estar atento a detalhes na comunicação, por menor que possam parecer, pode fazer grande diferença e evitar estragos na forma como você é percebido(a). E a linguagem corporal, nesse particular,  requer permanente nível de consciência da nossa parte!

Confira a seguir:

“5 gestos que prejudicam a imagem que você projeta para os outros

Todos nós sabemos que os gestos e as posturas revelam muito sobre a personalidade, a atitude ou o estado de espírito de qualquer pessoa.Sem nos darmos conta, cada um de nós vai adotando formas de olhar, de caminhar, de se posicionar frente aos outros. Incorporamos essas maneiras e elas acabam fazendo parte de um estilo próprio, que às vezes “nos delata” e mostra aquilo que não queríamos deixar passar.

Há situações sociais nas quais o tratamento é fugaz e efêmero. As pessoas formam uma ideia de nós considerando aspectos dos quais estamos conscientes e outros dos quais não estamos. Elas criam uma opinião a partir do que dizemos, mas também a partir do que expressamos através dos nossos gestos e das nossas posturas.

“Ser ‘perceptivo’ significa ser capaz de identificar as contradições entre as palavras de uma pessoa e a linguagem do seu corpo.”
-Allan Pease-

Isso não seria um problema se não fosse o fato de que essas situações efêmeras também têm grande importância. Pode ser o caso de uma entrevista de trabalho ou de uma reunião específica para estabelecer contatos que são do nosso interesse. Também – e por que não? – aquelas situações nas quais queremos agradar alguém que nos interessa afetivamente e nas quais queremos que a outra pessoa leve uma sensação boa e positiva desse encontro.

Por essas razões, vale a pena aprender a reconhecer nossos gestos e decifrar o que eles expressam. Também é importante conseguir melhorá-los para que joguem do nosso lado nas diversas situações da vida. Para conseguir isso, veremos a seguir alguns gestos que nos prejudicam e que seria bom mudar.

1. Morder o lábio inferior, um dos gestos que nos delatam

Ao morder o lábio inferior, independentemente da forma, você passa um certo grau de rejeição em relação ao que sai da sua boca.  Sem que você nem os outros estejam conscientes disso, é um dos gestos que vai ser interpretado como dúvida, ou falsidade em relação ao que você estiver dizendo.

Os gestos como forma de se comunicar

Esse gesto também indica que há uma mensagem oculta. Geralmente as pessoas dizem “mordi a boca para não falar disso ou daquilo”. É uma interpretação correta. Quando você realiza esse gesto, demonstra que há alguma coisa que você não está dizendo e que contraria em algum nível o que foi dito.

2. Franzir a testa constantemente

A testa franzida é um sinal de irritação, incômodo ou reprovação. A verdade é que se trata de um dos gestos que, na maioria dos casos, é realizado devido a alguma tensão no momento. No entanto, há quem o realize com tanta frequência que acaba esculpindo esse gesto no rosto.

Quando há medo ou nervosismo, se franze a testa. Além disso, esse gesto pode comunicar falta de confiança tanto no outro como em si mesmo. Nós também apertamos as sobrancelhas quando queremos enfatizar a observação ou quando adotamos uma posição defensiva.

3. Piscar de forma rápida e frequente

Esse é um dos gestos mais difíceis de controlar, já que se trata de uma reação quase automática frente a situações que provocam nervosismo. O normal é piscar de 14 a 17 vezes por minuto. Mas quando estamos nervosos esse número aumenta significativamente.

Os gestos dizem muito

O pior é que quando começamos a piscar muito e repetidamente, a atenção do nosso interlocutor se volta para esse curioso gesto. É fácil que nosso interlocutor pare de ouvir o que estamos dizendo e passe a se concentrar mais nessa falta de segurança que expressamos com os olhos.

4. Esconder as mãos enquanto fala

As mãos são expressão pura. Elas enfatizam, fogem, pontuam ou complementam o que você diz. Por isso, quando uma pessoa fala e movimenta muito suas mãos, ela é vista pelos outros como alguém mais espontâneo e confiável. Gera a sensação de sinceridade.

Por outro lado, quando alguém esconde as mãos quando fala, comunica o contrário. É como se a pessoa estivesse escondendo alguma coisa. Não é conveniente colocar as mãos para trás, colocar nos bolsos, esconder debaixo da mesa nem cruzar os braços. Se você fizer isso, estará levantando uma barreira na sua comunicação.

5. Não sorrir ou rir o tempo todo

sorriso é, sem dúvida alguma, um dos gestos que mais abre os corações. Quando alguém sorri na sua direção, sem perceber, você se abre positivamente para a conversa. Esse é um excelente precedente para fazer com que o diálogo seja positivo, sereno e amável.

A importância dos gestos na comunicação

No entanto, quando uma pessoa sorri ou ri o tempo todo, o efeito pode ser adverso. Nesse caso, ela expressa nervosismo, falta de concentração ou desejo excessivo de ser aceito. Essa mensagem não é positiva e se transforma em um obstáculo para você ser adequadamente valorizado.

Em todos esses casos, não se trata de assumir uma identidade falsa ou maquiada. Pelo contrário. Através dos gestos, uma pessoa pode conhecer muito mais a si mesma. Assim, ao se tornar consciente da forma como se comunica com os outros, através da sua linguagem corporal a pessoa pode adequar a mensagem que realmente quer expressar de si mesma.

A imagem principal que ilustra o artigo é de autoria de Marcelo Monreal. Saiba mais sobre o trabalho dele em seu Instagram e página no Facebook.

Publicado em Educação, Psicologia e comportamento | 4 Comentários

Sobre envelhecimento do corpo e da alma (um pensamento)!

Este é um pensamento, preciso e inspirador, que merece estar sempre ativo em nossa mente:

Resultado de imagem para o corpo envelhece sem a nossa permissão...Crédito de imagem: Pinterest

Autoria: desconhecida!

Publicado em Sem categoria | 3 Comentários