GRATIDÃO: sua importância e maneiras práticas de expressar!!!

5 Practical and Easy Ways to Express Gratitude, journaling
Imagem: TudoPorEmail

É incrível a sensação de bem-estar e os ganhos intangíveis que decorrem da simples atitude de reconhecer e ser grato. Há muitas explicações para que isso aconteça, mas, objetivamente, é possível que ainda assim não traduzam o que de fato representa a gratidão. Ser grato parece acionar o “botão” da felicidade. Aliás, já ouvi dizer que ‘gratidão’ é o primeiro passo para a felicidade.

O que sei é que parar, com certa regularidade, para refletir e agradecer sobre as coisas, as pessoas e os acontecimentos que nos fazem sentir bem, e (ou) que contribuem de alguma maneira para o nosso aprimoramento, é muito bom para a nossa saúde mental. Assim, a prática da gratidão precisa contemplar, também, as situações sofridas, as perdas e quedas havidas na caminhada. E quem faz isso, em oposição a estar emburrado e reclamando, entra em maior equilíbrio e deixa mais facilmente transparecer um estado de positividade.

É nessa hora que entra em cena a chamada “lei da atração”. Conforme destacado em post que fiz em 31 de março de 2017, que gosto muito, “A gratidão cria um estado emocional e vibracional para o corpo e para fora dele” Para relembrar, segue o link: https://obemviver.blog.br/2017/03/31/a-lei-da-atracao-e-o-caderno-da-gratidao/ .

Há um card que circula na internet com estes belos dizeres: “Seja grato. Agradeça por estar, por ser, por ter, por ganhar, por perder, por ir, por vir, por tentar, por errar, por conhecer, por sentir… Se você agradece, seus olhos verão novas cores. A gratidão é humildade.”

Em outra mensagem, postada ontem em grupo da minha família, está dito: … “Que você seja grato pelo que tem enquanto trabalha pelo que ainda não tem”.

Por essas e outras, busquemos cada vez mais ser gratos. Para muitos, me incluo nesse contingente, é um aprendizado a ser incorporado continuamente. Que assim seja!

Para complementar e enriquecer o tema com outras perspectivas, leia a matéria “5 maneiras práticas e fáceis de expressar gratidão“, recentemente publicada no site ‘Tudo Por Email‘, trazendo dicas bem práticas para que você adote o hábito da gratidão, mesmo quando tudo parece que está contra você. Achei o texto muito interessante e creio que lhe será útil!

Confira (link a seguir):

https://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=16171

Publicado em Meditação e Espiritualidade, Motivação e crescimento humano, Psicologia e comportamento, Saúde | Marcado com , , | Deixe um comentário

AMOR QUE NÃO COBRA – Artur da Távola – Uma crônica maravilhosa!

ARTUR DA TÁVOLA - Mensagens e Frases

Começo as postagens da semana com um tema leve, inspirador, essencial, focalizando amor e felicidade, um e outro, naturais, indissociáveis e consequentes.

Ao falar sobre o ‘amor maduro’, nesta fabulosa crônica abaixo reproduzida, do memorável Artur da Távola (pseudônimo de Paulo Alberto Moretzsonh Monteiro de Barros, jornalista, escritor, professor e político carioca), falecido em 9 de maio de 2008, vemos uma belíssima – e muito feliz – descrição a respeito do amor autêntico, em sua plenitude, que todos possivelmente almejam, e que, obviamente, está para além do simples prazer carnal.

Uma delícia de leitura! Confira:

AMOR QUE NÃO COBRA

ARTUR DA TÁVOLA

O amor quando maduro não é menor em intensidade. Ele é apenas silencioso.
Não é menor em extensão. É mais definido colorido e poetizado.
Não carece de demonstrações. Presenteia com a verdade do sentimento.
Não precisa de presenças exigidas. Amplia-se com as ausências significativas.
O amor maduro tem e quer problemas, sim, como tudo. Mas vive dos problemas da felicidade.
Problemas da felicidade são formas trabalhosas de construir o bem, o prazer.
Problemas da infelicidade não interessam ao amor maduro.
Na felicidade está o encontro de peles, o ficar com o gosto da boca e do cheiro do outro – está a compreensão antecipada, a adivinhação, o presente de valor interior, a emoção vivida em conjunto, os discursos silenciosos da percepção, o prazer de conviver, o equilíbrio entre carne e espírito.
O amor maduro é a valorização do melhor do outro e a relação com a parte salva de cada pessoa. Ele vive do que não morreu, mesmo tendo ficado para depois, vive do que jamais fermentou, criando dimensões novas para sentimentos antigos, jardins abandonados, cheios de sementes. Até o amor por Deus, amadurece quando se aprofunda e estende.
O amor, qualquer amor, quando maduro, não pede, tem.
Não reivindica, consegue.
Não percebe, recebe.
Não exige, oferece.
Não pergunta, adivinha.
Existe, para fazer feliz.

Fonte: http://www.caestamosnos.org/Colunistas/arturdatavola_01.htm

Publicado em Meditação e Espiritualidade, Motivação e crescimento humano, Poesia | Marcado com , | 3 Comentários

Sábado e música: O Bêbado e a Equilibrista – versão instrumental espetacular (vídeo legendado)!!!

Voltamos neste sábado com música instrumental, no melhor estilo, trazendo vídeo que registra belíssima performance dos talentosos Victor Angeleas (bandolim) e Márcio Marinho (cavaquinho), que tomei conhecimento por intermédio de um amigo e colaborador.

Como mostra da geração de novos instrumentistas brasileiros que despontam no cenário musical, Victor Angeleas é bandolinista (bandolim de 10 cordas), compositor e arranjador. Toca outros instrumentos e também atua como professor na Escola de Música de Brasília. Já o cavaquinista Márcio Marinho, igualmente filho de Brasília, tem atuado como solista de destaque em alguns grupos de Choro no Distrito Federal e vem fazendo sucesso em apresentações pelo país.

Eles interpretam a marcante canção O Bêbado e a Equilibrista, composta por João Bosco e Aldir Blanc, lançada e imortalizada por Elis Regina, em 1979.

A gravação é parte da série denominada Programa Face Musical, conduzido pelos dois instrumentistas (Victor e Márcio), que tem transmissões ao vivo.

O vídeo foi gravado e publicado no YouTube, canal Face Musical, em 4 de maio de 2020, como tributo ao genial Aldir Blanc, logo após sua morte.

Observem como a dupla de instrumentistas preenche todos os espaços ao longo da interpretação, seja nos solos, seja fazendo base (centro), numa alternância e complementaridade primorosas, próprias de uma elevada qualidade em termos de domínio do instrumento e capacidade de improvisação. Muito legal!

Simplesmente, de arrepiar! Curta a seguir:

Publicado em Músicas | Marcado com , | 4 Comentários

“Pilotos de avião respondem a algumas das perguntas mais comuns dos passageiros”

Nesta sexta vamos de curiosidade sobre a aviação. Não sem motivos, os aviões fascinam, despertam interesse, indagações, algum tipo de medo/fobia, e isso acontece com todos nós, em alguma medida, por tudo o que representam, especialmente porque proporcionam um meio de transporte cada vez mais utilizado.

Para mim, por exemplo, sempre foi um dos temas de admiração e interesse, desde pequeno. Por necessidade profissional, viajei muito de avião por cerca de três décadas e, nesse período, experimentei sensações e situações bastante diversas, incluindo alguns medos e muitas dúvidas envolvendo tudo o que cerca a aeronave propriamente dita (um veículo que anda pelos ares), o espaço aéreo, possíveis situações de emergência. Convenhamos, haja fascinação e curiosidade a esse respeito! rsrs

Diria que, apesar de tantas indagações e dos medos iniciais, e após tanta intimidade adquirida pela frequência das viagens aéreas que vivenciei, estar no avião acabou sendo um ambiente de satisfação e até mesmo de relaxamento. No intimo, antes de qualquer outro aspecto, comprovei a segurança desse meio de transporte.

Bem, voltando à motivação deste post, e para falar sobre o assunto, repercuto matéria muito legal que vi no site Tudo Interessante, publicada anteontem, trazendo respostas de pilotos para 16 das perguntas mais corriqueiras feitas por passageiros.

Vale a pena ler e, creio, matar algumas das suas curiosidades a esse respeito. O texto, para facilitar, é apresentado de forma objetiva e leve!

Confira, clicando no link a seguir:

https://www.tudointeressante.com.br/2020/11/pilotos-de-aviao-respondem-a-algumas-das-perguntas-mais-comuns-dos-passageiros.html

Publicado em Educação, Psicologia e comportamento, Viagens | Marcado com , | 5 Comentários

“Deserto Florido” – uma mensagem fortalecedora (vídeo)!!!

Neste momento de certa inquietude por que passamos nos tempos atuais, de tantos desafios, de acentuadas desavenças, de ameaças à própria vida e mesmo de desesperança para muitas pessoas, mensagens positivas, motivadoras, que resgatem a força e a beleza, seja da natureza, seja de todos nós que habitamos este planeta, surgem como necessário alento, sobretudo como brisa para a renovação do ânimo e das esperanças.

Nesse sentido, selecionei para hoje o vídeo “Deserto Florido”. O pequeno filme, em elogiável produção e apresentação, traz uma mensagem de elevada espiritualidade e de grande beleza, ao fazer inteligente analogia entre o fenômeno observado no Deserto de Atacama, Chile, e o potencial existente em cada ser humano para que possa florescer, “mesmo após anos de estiagem íntima”, porque as sementes estão no íntimo de cada indivíduo e, melhor, à espera de oportunidade para germinar!

Veja este breve vídeo, belo e profundo, publicado no YouTube no canal FEP, em 28 de abril de 2020 (duração de apenas 5:47)!

Publicado em Motivação e crescimento humano, Psicologia e comportamento, Vídeos diversos | 6 Comentários

‘Especialistas em psicologia positiva indicam como ter uma vida mais feliz’ – Um assunto para todos nós!

Quando falamos sobre FELICIDADE, tema que vez por outra é apreciado aqui no blog, já sabemos que a ordem correta é: a felicidade traz o sucesso, ao invés do que muitos imaginam, de que é o sucesso que traz a felicidade. Mais ainda, todas as evidências indicam que as pessoas felizes são mais fáceis de se relacionar, desfrutam melhor estado de saúde e, claro, naturalmente conseguem (demonstram) bom desempenho no que fazem.

O movimento da Psicologia Positiva, que estuda cientificamente esse tema, vem trazendo seguidas revelações e contribuindo, de forma decisiva, para que as pessoas usem melhor a sua mente, cultivem uma mentalidade positiva.

Uma boa argumentação a esse respeito, por exemplo, veio no livro (já citado aqui algumas vezes) O Jeito HARVARD de ser feliz, de Shawn Achor, lançado no Brasil em 2012. Segundo o autor, “você não precisa ter sucesso para ser feliz, mas precisa ser feliz para ter sucesso. Ele desenvolve essa temática em um dos cursos mais concorridos do mundo, naquela universidade.

Vale destacar mais uma afirmação do referido autor/professor:

“Esperar a felicidade restringe o potencial do cérebro para o sucesso, ao passo que cultivar a positividade estimula a nossa motivação, eficiência, resiliência, criatividade e produtividade, o que, por sua vez, melhora o desempenho.”

Nessa linha, em reforço, trago para hoje interessante matéria publicada no portal “yahoo!notícias”, na última sexta (20), focalizando aspectos do autoconhecimento que podem contribuir, de forma significativa, para que a felicidade seja mais autêntica e presente na vida da pessoa.

Leia a seguir (vale atentar)!

“Especialistas em psicologia positiva indicam como ter uma vida mais feliz

Freepik
Freepik

RIO — “Felicidade é coisa séria.” É o que defende o especialista em psicologia positiva Henrique Bueno. Ele é representante do World Happiness Fest (Festival Mundial da Felicidade) no Brasil, que acontece de forma on-line e gratuita nesta sexta e sábado (20 e 21 de novembro). O evento reúne palestrantes de diversos países para falar sobre a importância de uma vida mais feliz e como alcançá-la.

— Tem se falado muito de felicidade, às vezes de forma pouco embasadada. Mas a psicologia positiva é uma ciência que estuda esse assunto com rigor científico. É uma vertente da psicologia tradicional que surgiu a partir da visão de que estava na hora de não apenas compreender a doença, mas começar a investir esforço para entender o que dá certo: como algumas pessoas conseguem ser mais resilientes, positivas — explica Bueno, CEO e Fundador do Wholebeing Institute.

Mas o que é, afinal, a felicidade? O especialista afirma que existem diversas definições e muita subjetividade nesse conceito, mas utiliza a nomenclatura da professora Sonja Lyubomirsky, segundo a qual a felicidade é a experiência de contentamento, alegria e emoções positivas, combinadas com a percepção de que a vida tem sentido.

— Quanto mais experiências positivas e menos negativas se vive, mais feliz se tende a ser. Mas isso sozinho não basta. Precisa também de um componente intelectual, cognitivo, que é avaliar que sua vida vale a pena — diz ele.

Bueno destaca que a busca pela felicidade já seria válida pela experiência em si, mas as evidências têm mostrado que ela vai além e traz ganhos em várias dimensões:

— Pessoas mais felizes têm resultados melhores, têm relacionamentos mais positivos, são mais produtivas no trabalho. Algumas pesquisas mostram que pessoas mais felizes ganham mais em cargos semelhantes, vivem mais, têm mais saúde física — enumera.

Ele explica que existem três componentes que predizem os níveis de felicidade de um indivíduo: genético, algumas pessoas são mais tendentes a sentir emoções positivas e serem otimistas do que outras; ambiental, o contexto em que se está inserido afeta o bem-estar; e o pessoal, que inclui as escolhas e comportamentos individuais.

— A genética e o ambiente podem afetar para o bem ou para o mal, mas ainda assim podemos fazer escolhas e ter comportamentos que levem ao bem-estar — afirma. — A pandemia, por exemplo, dificulta, mas não tira a condição de fazermos escolhas melhores.

Conheça suas virtudes

A especialista em psicologia positiva Juliana Carneiro, que também participa do evento internacional, afirma que uma das formas para encontrar a felicidade é por meio do conhecimento das “forças de caráter”. Segundo Carneiro, pesquisas sobre o tema identificaram 24 forças que todos possuem, mas cada um tem sua combinação de quais se manifestam de forma mais forte, média e mais fraca.

São virtudes como esperança, bondade, gratidão e autocontrole, por exemplo. Para conhecer sua classificação, é possível realizar testes, disponíveis na internet.

— As cinco primeiras são as que têm a ver com a sua essência, a forma como se comporta. A partir do momento em que as conhecemos, é preciso colocá-las em ação. Perceber como as usamos, e o que podemos fazer para usar mais. Quanto mais usamos nossas cinco primeiras forças, mais nos sentimos energizados, motivados, aumenta nosso senso de significado e bem-estar — explica Carneiro. — É um exercício constante. Um trabalho de autoconhecimento, mas também de autoestima.

Bem-estar em diferentes dimensões

Para uma vida mais feliz é preciso encontrar o bem-estar em diferentes dimensões. Bueno explica que, a partir desse modelo, é possível se olhar de forma específica e agir na área que mais precisa de atenção no momento:

Espiritual -Físico -Intelectual -Relacional -Emocional –

Dicas para ser mais feliz

Mude o focoNão exclua possibilidades –

Fonte: https://br.noticias.yahoo.com/especialistas-em-psicologia-positiva-indicam-070005973.html?utm_medium=10todaybr.20201122&utm_source=email&utm_content=article&utm_campaign=10today&guccounter=1

Publicado em Educação, Livros e leitura, Motivação e crescimento humano, Psicologia e comportamento, Saúde | Marcado com , , | 2 Comentários

Lady Gaga – Always Remember Us This Way (do filme A Star Is Born) – Sensacional!!!

Como inspiração musical para este sábado, e também para matar saudade do aclamado filme Nasce Uma Estrela (“A Star Is Born”), direção do também ator Bradley Cooper, lançado no final de 2018, trago marcante vídeo com Lady Gaga (nome verdadeiro Stefani Joanne Angelina Germanotta), cantora, compositora, atriz e produtora musical estadunidense, de grande sucesso.

Nessa apresentação, que faz parte do mencionado filme, Lady Gaga interpreta a bela canção “Always Remember Us This Way“, composta por Lady GagaNatalie HembyHillary Lindsey e Lori McKenna. Um momento de muito talento, que demonstra todo o potencial e qualidade dessa genial artista!

Abrindo um parêntese, registro já ter feito postagem sobre Lady Gaga aqui no blog, em 2017. Naquela oportunidade, mostro brilhante fala da estrela sobre bondade. Eis o link – https://obemviver.blog.br/2017/06/06/lady-gaga-fala-sobre-bondade-palavras-impactantes-e-inspiradoras-video/.

Bem, o vídeo musical foi publicado no YouTube pela própria artista, em 9 de novembro de 2018, já contando com 261 milhões de visualizações. Vale a pena assistir/rever!

Curta a seguir:

Publicado em Músicas | Marcado com , | 7 Comentários

Será que as coisas não melhoram nunca? O vídeo de hoje lhe fará pensar sobre isso!

Já faz bom tempo que tenho para mim uma clareza: ambição e expectativas otimistas, sem muitos exageros, são necessárias para o nosso crescimento e fazem bem. Contudo, quando em excesso, derrubam a pessoa!

De outro lado, temos a tendência de esquecer os problemas e dificuldades que enfrentamos e já superamos, as conquistas que ficaram para trás. Ou seja, tendemos a esquecer as lições do passado.

A questão focal é: as coisas não melhoram nunca, ou nós não paramos para relembrar das coisas que já melhoraram?

É sobre essas e outras que nos fala este vídeo “Por Que as Coisas Não Melhoram Nunca?”, do canal Epifania Experiência, com ilustrações animadas, publicado no YouTube três dias atrás. Entre outros aspectos, o argumento apresentado faz boa síntese sobre as expectativas que criamos para a vida; sobre os altos e baixos naturais que enfrentamos ao longo da jornada.

Na verdade, uma forma de olhar com gratidão os aprendizados que temos tido em nossa vivência, ou por outra, de saber reconhecer e valorizar cada conquista realizada, por menor que seja.

Um vídeo para nos fazer pensar, por evidenciar, sobretudo, que a mentalidade que cultivamos e as nossas atitudes perante a vida fazem toda a diferença, contribuindo para nos jogar para cima ou para baixo. Vale refletir!!!

Assista a seguir (duração de apenas 4:15) :

Publicado em Meditação e Espiritualidade, Motivação e crescimento humano, Psicologia e comportamento, Vídeos diversos | 4 Comentários

“10 Conceitos sobre o envelhecimento que NÃO são verdade” – Você precisa saber !!!

De volta aqui com o tema Longevidade, destaco artigo oportuno e esclarecedor, do site Tudo Por Email, que bati os olhos hoje e gostei bastante. Com embasamento na ciência, o conteúdo desmistifica uma série de “verdades” que eram ditas por aí sobre envelhecimento.

Fica claro, confirmando o que já dissemos e postamos a respeito do tema, em diversas oportunidades, que a mentalidade do indivíduo (a forma de enxergar a vida) e o estilo de viver que adota ao longo dos anos, estes sim, têm influência bastante significativa na condição em que chegará na maturidade, ou seja, na saúde e qualidade que apresentará em termos físicos e mentais.

Por óbvio, estamos falando de maneira geral, sabendo da existência de situações específicas e de determinadas marcas genéticas que fogem à regra e que, portanto, não podem ser desconsideradas.

Você verá, para a nossa satisfação, que a publicação derruba 10 mitos sobre envelhecimento. São informações que precisam alcançar muita gente, até porque quebram referenciais equivocados que estavam no imaginário popular.

Leia, você poderá se surpreender!

Clique no link abaixo:

Mitos sobre o envelhecimento

https://www.tudoporemail.com.br/content.aspx?emailid=16138

Publicado em Educação, Motivação e crescimento humano, Psicologia e comportamento, Saúde | Marcado com , , , | 2 Comentários

“5 Características Das Pessoas Altamente Sensíveis” – é bom saber!!!

Para começar as postagens da semana, trago nesta segunda-feira um texto muito interessante, até revelador, falando sobre características das pessoas altamente sensíveis (PAS). Pensando cá com meus botões, vi que me identifico, em alguma medida, com o conjunto das características aí descritas. Tá explicado? rsrs.

Referido artigo foi elaborado pela equipe do Portal Raízes e publicado, naquele site, no dia 10 passado, fazendo um compilado de conhecimentos de Elaine N. Aron, Ph.D, psicóloga clínica e escritora norte-americana, sobre personalidades de alta sensibilidade (no grau mais elevado).

Dessa leitura, podemos inferir, facilmente, que: i) muitas pessoas não se dão conta de que têm esse diferencial da sensibilidade mais aguçada em relação à maioria; ii) isso explica comportamentos, gostos e preferências em outra sintonia; e iii) de outro lado, essa característica de personalidade pode não ser identificada, compreendida e levada a sério pelos outros.

Assim, vale a pena prestar a atenção a esse respeito, em relação a si mesmo e em relação às pessoas com as quais interage com maior frequência, para que as relações interpessoais transcorram com adequada empatia, sejam produtivas e saudáveis!

O texto é bem objetivo e fácil de ler. Recomendo (transcrição a seguir):

“5 Características Das Pessoas Altamente Sensíveis – Com Elaine N. Aron

Você presta atenção em detalhes que ninguém parece notar? Você consegue contemplar instantes e belezas que para os demais é estupidez? Você se sente profundamente impactado com o sofrimento alheio? Você não encontra prazer e felicidade onde a maioria parece buscar? Odores fortes, muito barulho, muita gente, surpresas… são coisas nas quais você não gosta de lidar?

A alta sensibilidade não tem cura. Você nasce com ela, com essa peculiaridade, com esse característica que já pode ser claramente vista desde que é uma criança muito pequena. Suas perguntas, sua intuição, sua tendência perfeccionista, o seu limiar de dor física, o seu desconforto com luzes ou odores fortes, sua vulnerabilidade emocional. Não é fácil viver com essa característica. No entanto, uma vez que você reconhece o que ela é o que você é, então poderá se assumir como tal e exigir que seja respeitado como tal, tendo a total liberdade para trabalhar positivamente essa característica de modo a ter saúde integral e uma boa vida.

Elaine N. Aron, psicóloga clínica, pesquisadora e autora de vários livros, dentre eles “The Highly Sensitive Person” (A pessoa altamente sensível), explica algumas características das pessoas altamente sensíveis, pensativas, empáticas e emocionalmente reativas. Certamente, existem extremos de emoções que são considerados transtornos do humor, por exemplo, e devem ser tratados com um profissional da saúde mental, mas falando aqui apenas de PAS – Pessoas Altamente Sensíveis.

Veja 5 características das pessoas que são sensíveis no grau mais elevado. As Pessoas Altamente Sensíveis são: 

1 – Inteligentes emocionalmente

Desde a infância, a criança com alta sensibilidade vai perceber aspectos de sua vida diária que oferecerão um mix de angústia, contradição e curiosidade fascinante. Seus olhos irão captar aspectos que nem mesmo os adultos levam em conta. Aquele olhar de frustração em seus professores, a expressão preocupada  da mãe… Ela é capaz de perceber coisas que as outras crianças não percebem, e, portanto, desde cedo ela apreende o conhecimento de que vida é contraditória, e exatamente por isso, começa a desenvolver mentalmente habilidade cognitivas para lidar com a frustração, o medo, o abandono, o luto, as decepções afetivas…E ainda que sofra profundamente cada palavra ou gestos negativos em relação a si mesma, e demonstre com isso fragilidade e vulnerabilidade, no fundo, sabe que dará conta de passar por cima.

2 – São amantes da solidão

Pessoas altamente sensíveis encontram prazer em seus momentos de solidão. São ansiosas para realizar suas tarefas, seus hobbies. São pessoas criativas que gostam de música, leitura … E, embora isso não signifique que não desfrutam da companhia dos outros, é só na solidão que encontram mais satisfação. Pessoas altamente sensíveis não têm medo da solidão. É nesses momentos que podem se conectar mais de perto com elas mesmas, com seus pensamentos, livre de apegos, gravatas e olhos curiosos.

3 – Se doam à existência com coração empático

Alta sensibilidade é viver do coração. É ser empático em tempo integral e por isso é solicito para com os outros: os próximos e também os desconhecidos. Ninguém vive mais intensamente o amor, ninguém sente mais prazer com pequenos gestos diários, como a amizade, carinho do que as pessoas altamente sensíveis.  Não apenas as relações afetivas, o carinho no cotidiano, ou o simples ato de experimentar a beleza de uma pintura, uma paisagem ou uma melodia, é uma experiência intensa para uma pessoa altamente sensível. As dores e também as belezas de existir são as molas que movem o seu coração.

4 – Se dedicam ao crescimento interior

Uma vez que a pessoa altamente sensível descobre o seu próprio eu e suas habilidades positivas, ela encontra o seu equilíbrio e promova o crescimento pessoal. Ela sabe que  é um ser único e múltiplo ao mesmo tempo, sabe que sua sensibilidade não é um defeito a ser corrigido, e sim, um traça a ser aceito. Ela o aceita, o compreende e o ressignifica a seu favor e a favor daqueles que ela ama.

5 – Não perde tempo tentando se adaptar à cultura global

As sociedades de todos os tempos sempre exigiram padrões de aceitação e a maioria das pessoas segue a multidão, vai na onda, embarca nos ismos de um grupo e faz malabares para ser aceita e reconhecida ali. As pessoas altamente sensíveis não têm necessidade de se adaptarem as regras das sociedades, pois elas não se sentem pertencer a nenhuma delas. Jenna Avery, uma “treinadora de vida para almas sensíveis”, aconselha as pessoas a aceitarem ou até mesmo buscarem estar “fora de sincronia” com a sociedade dominante, e se desligarem dos julgamentos dos outros, pois é exatamente a não aceitação das diferenças que faz do mundo um lugar horrível.

Da redação do Portal Raízes.

Fonte: https://www.portalraizes.com/5-caracteristicas-das-pessoas-altamente-sensiveis-com-elaine-n-aron/

Publicado em Educação, Motivação e crescimento humano, O ser humano no contexto das organizações, Psicologia e comportamento, Saúde | 4 Comentários