“O Rascunho Da Sua Vida” – um vídeo imprescindível!!!

Opa, está aí um vídeo muito impactante, um verdadeiro convite para boa reflexão nestes dias de recesso e de tempo mais livre, mostrando (desenhando – rsrs) como predominam nossos pensamentos, ou comandos mentais, em cada uma das fases da vida, do nascimento à idade madura.

Uma caricatura filosófica? Uma visão nua e crua dos comportamentos a respeito dos quais as pessoas normalmente evitam enxergar/refletir? Uma generalização que pode não ser bem assim? Claro, de tudo um pouco, acredito. Nada obstante, considero essa produção, trazida com o título O Rascunho Da Sua Vida, um trabalho primoroso, sobretudo por se tratar de tema tão complexo, apresentado em uma síntese com apenas 10 minutos de duração!

Como disse alguém, em um comentário, o vídeo traz a oportunidade de paramos pra refletir e entender sobre como temos vivido a vida, reavaliando as nossas prioridades e prospectando mudanças necessárias.”

O vídeo, novinho, publicado no dia 23, é mais uma inteligente e bela contribuição oferecida pelo canal Epifania Experiência.

É para ver, compartilhar, recomendar!!!

A seguir:

Publicado em Educação, Meditação e Espiritualidade, Motivação e crescimento humano, Psicologia e comportamento, Vídeos diversos | 6 Comentários

Inspiração musical: Ed Sheeran e Elton John – Merry Christmas – Uma canção alegre, um vídeo em alto astral!

Ainda no espírito do Natal, trago hoje este vídeo muito bacana, com a dupla Ed Sheeran e Elton John fazendo uma celebração natalina diferente, bem alegre, em alto astral, interpretando a composição musical Merry Christmas, apensar de não terem esquecido as pessoas que perdemos em 2021, como registrado nos versos da canção.

O vídeo foi publicado no dia 3 de dezembro, disponível no canal Ed Sheeran, Para quem não assistiu, vale conferir:

Publicado em Músicas, Vídeos diversos | 4 Comentários

Recordações sobre o Natal, por Nelson Freitas – belas e emocionantes reminiscências (vídeo)!

De volta com o assunto do momento, os festejos natalinos, após a bonita crônica de Narlan Matos que postei na segunda-feira, dia 20, trago hoje vídeo muito legal com o excelente ator Nelson Freitas, em uma narrativa absolutamente oportuna, impactante, carregada de emoção!

Igualmente, fazendo uma busca pelos quatro cantos da sua memória, Nelson nos brinda com recordações, do seu tempo de infância, sobre a maneira como vivenciou, em família, os preparativos do cenário e a concepção de uma atmosfera bem especial para a celebração do Natal de Jesus, incluindo algumas músicas inesquecíveis e o desenrolar daquele momento de integração e grandes alegrias, tendo a sua mãe e as suas tias como personagens principais daquelas vivências.

Sem dúvida, um belo vídeo, com reminiscências que também me fizeram “viajar” nas lembranças de épocas natalinas passadas no interior, quando ainda bem jovem, que naturalmente servem para relembrar e fortalecer valores tão importantes, por vezes minimizados, como a confraternização em família, a união, a humildade, a autenticidade e o coração aberto para apagar mágoas, pedir perdão e perdoar, valores esses que preservam com maior fidelidade o verdadeiro significado do nascimento do menino Jesus.

Assista abaixo (vídeo publicado ontem, canal Nelson Freitas OFICIAL).

Antes, porém, deixo para você meus votos de Feliz Natal, com saúde e paz, que o espírito de fraternidade e que o bem estejam presentes em cada dia da nossa existência, em cada uma das nossas atitudes. Assim seja!

Publicado em Vídeos diversos | 4 Comentários

Mediocridade: “6 atitudes das pessoas que estacionaram na vida” – confira este vídeo!

Na condição de “seres espirituais vivendo uma experiência humana”, como disse o padre jesuíta Pierre Teilhard de Chardin, é absolutamente razoável assumir que estamos aqui para evoluir, para seguir caminhos exitosos e, sobretudo, para nos tornarmos pessoas melhores. Convenhamos, temos aí campos de visão e de ação absolutamente amplos!

A esse respeito, repercuto hoje este vídeo “PARE DE FAZER ISSO SE NÃO QUISER ESTACIONAR NA SUA VIDA”, do canal SejaUmaPessoaMelhor, que de uma forma bastante objetiva, ou pragmática, chama a atenção para seis tipos de atitudes que tornam a pessoa medíocre, consequentemente limitada, sem vivenciar evolução.

Veja o vídeo, conheça quais são esses tipos de pensamento e de comportamento limitantes, reflita e faça o seu autoexame, valendo realçar, a propósito, a necessidade de cada um de nós seguir explorando (sempre) o próprio autoconhecimento, tema este bastante recorrente aqui no blog.  

Ah, e como o argumento apresentado termina realçando a importância da autorresponsabilidade, a ser colocada em ação pessoa a pessoa, veio em boa hora um comentário, entre muitos registrados no vídeo, com frase atribuída a Jean-Paul Sartre: “viver é isto: ficar se equilibrando o tempo todo entre escolhas e consequências.” !

O vídeo é recente, tendo sido publicado no último dia 15.

Assista a seguir (duração de apenas 6:29):

Publicado em Educação, Frases célebres, Motivação e crescimento humano, O ser humano no contexto das organizações, Psicologia e comportamento, Vídeos diversos | Marcado com , , | 3 Comentários

“O melhor presente de Natal” – belíssima crônica de Narlan Matos !

Como se Comemora o Natal ao Redor do Mundo? | NetLinguae Idiomas
Imagem: NetLinguae Idiomas

Quero iniciar as postagens da semana com algo que remeta ao Natal, festividade Cristã que se aproxima para celebrar, como acontece anualmente, a data de nascimento de Jesus.

Esse período do ano evoca, naturalmente, um clima diferenciado, com um toque mais elevado na nossa essência humana, que de alguma forma mexe com a gente, com o nosso emocional, fazendo sintonia com o bem, no espírito da solidariedade e da união, além de despertar, com maior destaque, o significado e o valor da família.

E se assim não fosse estaríamos relegando o belíssimo exemplo que nos trouxe o enviado de Deus, o Mestre dos Mestres, quando da sua presença aqui na terra, semeando e fincando raízes capazes de tornar os humanos cada vez melhores, tendo por pano de fundo a prática do amor verdadeiro.

E essa referência natalina vem, hoje, em tom saudosista, remetendo a significados e comportamentos dos festejos do Natal que estão se perdendo com o passar do tempo, mas que são caros para muitos de nós.

Esse olhar para a maneira como as coisas se desenrolavam no período natalino, algumas décadas atrás, nos é apresentado nesta belíssima crônica, abaixo transcrita, intitulada “O melhor presente de Natal”, do conterrâneo (de Itaquara, Bahia) Narlan Matos, escritor, poeta e professor, radicado nos Estados Unidos, publicada dia 17 passado em seu perfil no Facebook.

Uma mensagem que resgata símbolos e valores tão importantes, bem escrita, muito apropriada e certamente emocionante, que eu assinaria embaixo, cujo conteúdo serve, de forma subliminar, como um convite à reflexão, a meu ver necessário e oportuno, cada vez mais!

Leia a seguir:

“O melhor presente de Natal

Narlan Matos

Nos antigos natais, os cartões iam chegando pelo correio, semanalmente, e iam virando montanhas de papel embaixo da árvore. Lá em casa, liam a todos, com parcimônia. O carteiro, um velho amigo da família, chegava com sua bicicleta, e gritava: correio! Endereçava umas palavras fraternas a quem o recebia no portão. E seguia seu trajeto calmo. Eu passava horas observando-os, mesmo quando ainda não sabia ler. Me lembro de seus motivos. Casas com aspecto mágico, vindas de um mundo distante. Uns, mais simples, outros, ricamente decorados. Dava uma sensação de frio, quando na verdade, era dezembro embaixo do Equador. O calor brasileiro lembrava mais a Terra Santa, o deserto, onde nascera Jesus. A neve nos cartões, os bonecos de neve ajudavam a esfriar o tempo e alegrar os corações.

Aquela neve, comercial ou não, nos caia muito bem. Ninguém ligava. A gente era feliz. Morávamos num mundo remoto, onde as notícias chegavam atrasadas, sentíamos uma enorme necessidade de estarmos mais dentro do mundo, mais próximos. As mensagens, escritas à mão, com caligrafia caprichada, eram declarações pessoais, carregadas de emoção e sinceridade: afinal de contas, apenas quem realmente se importa com alguém vai comprar um cartão, o envelope, escrever a mensagem e ir aos correios postar. Trabalheira sem fim.

Lá em casa, tocava apenas um disco de natal, aliás, em quase todas as casas. A Harpa e a Cristandade, do paraguaio Luis Bordon. Ele, com sua harpa paraguaia, gravou o LP mais icônico de natal daquele tempo. As músicas se repetiam no toca-discos dezenas de vezes. Mas ninguém ligava. A gente era feliz. Era natal, e uma metafísica diferente baixava sobre o mundo, uma mágica que só quem conheceu sabe.

A ceia era tão simples. Não tínhamos dinheiro para peru e outras iguarias. Mas, quem é feliz reconhece como iguaria uma galinha assada, farofa de manteiga, arroz com passas – era um manjar dos deuses. Ninguém ligava. Meu pai trazia meninos pobres, trajados com roupas velhas, maltrapilhas, mas aciadamente limpas. Eram parte da ceia como se fossem os pastores pobres de Israel, aos quais o anjo anunciou o nascimento do Messias.

A véspera do Natal era tão especial. Os amigos vinham, com suas famílias, fazer visitas. Compadres, comadres. Todos formalmente vestidos, inclusive as crianças – que logo sujavam as roupas brincando. A mesa posta com café e biscoitos. Aquelas alegrias ficaram comigo para sempre. As ligações à distância chegavam, de velhos amigos, muitas vezes idos para sempre para São Paulo, Rio ou outros paradeiros do continente Brasil. Perguntavam pelos amigos que ficaram, os que morreram. Eu via pessoas chorando ao telefone. Gente que não tinha telefone e, uma vez por ano, usava o nosso para se comunicar no natal.

Sempre íamos à Missa do Galo, à meia noite. Hora magna do nascimento de Jesus. Aquele que daria a vida pelos homens. A conversão desta data numa explosão comercial sacrificou o que ela tinha de mais único: o sagrado. Cada vez mais o natal foi convertido em receber.

Esse natal louco de supermercados e shopping centers com seus anúncios imperdíveis, de descontos imperdíveis nos presentes a comprar é anacrônico. Um estranho vazio, uma estranha morte vem tomando conta, cada vez mais desta data, tão mágica. Era mágica porque os homens estavam embebidos de amor, fraternidade, em paz com seus semelhantes, embalados pelo nascimento do Deus Menino, do amor. O natal é a descoberta da simplicidade e do sagrado. O ser humano se afastou da simplicidade, do sagrado, e por isso, foi expulso do Paraíso. Nos antigos natais, o que contava não eram os presentes que comprávamos para nós ou que recebíamos. O que contava era ESTAR presente na vida dos semelhantes. Eram para os amigos, os parentes, o agradecimento pela ternura na jornada da vida. Saudades das festas de natal de minha infância, aquele onde o natal não era a festa de receber, era a festa de se dar de presente.

Fonte: https://www.facebook.com/narlanmatos/posts/10225987010158941?comment_id=10225993440919706&notif_id=1639895147929888&notif_t=feedback_reaction_generic&ref=notif

Publicado em Educação, Meditação e Espiritualidade, Motivação e crescimento humano | 4 Comentários

Sábado e música: Sarah Lenore – Bela interpretação para o sucesso dos Beatles “Oh! Darling”

Como inspiração musical para este sábado, trago vídeo com Sarah Lenore, atriz e cantora norte-americana, que apareceu no programa America’s Got Talent de 2008, na ocasião aos 19 anos de idade. Ela nos brinda com a canção “Oh! Darling“, lançada em 1969 e grande sucesso da fabulosa banda britânica The Beatles, composta pela dupla John Lennon / Paul McCartney.

Gostei muito dessa interpretação (cover), Como não conhecia Sarah, fiquei bem impressionado com a beleza e a potência da sua voz. E chamou minha atenção a forma vibrante, puxando emoção, trazida por ela nessa performance, ainda combinada com um bonito acompanhamento de guitarra elétrica, tudo isso associado a uma atmosfera descontraída que tomou conta da gravação, resultando em um vídeo que ficou bastante agradável de se ver (e ouvir). Um show!!!

O vídeo foi publicado pela cantora, em seu canal no YouTube, em 10/julho/2020.

Curta a seguir:

Publicado em Músicas | Marcado com , | 5 Comentários

Museu do Mar Aleixo Belov – um lugar para ser visitado em Salvador, Bahia!

Agora em dezembro, cerca de duas semanas atrás, soube da notícia de inauguração desse museu na capital baiana e fiquei muito curioso para conhecer.

Entre outras coisas, chamou a minha atenção o fato de ter sido instalado, dentro da edificação do museu, o veleiro Três Marias, o primeiro construído e utilizado por Belov para fazer as suas primeiras voltas ao mundo. Além do que, e em especial, sabia que iria encontrar informação de valor e conferir muitos registros impressionantes desse homem que tem feito história pela sua inteligência, determinação e coragem!

E assim, fui ontem visitar o Museu do Mar, juntamente com o vizinho e amigo Reginaldo, parceiro de atividades náuticas aqui nas águas da Barra, em Salvador, e igualmente admirador da história de Belov. O Museu fica no centro histórico, no bairro do Santo Antônio Além do Carmo, próximo ao famoso Pelourinho.

Aleixo Belov, empresário, engenheiro, navegador e escritor, é um ucraniano que veio para a Bahia, ainda criança, com os seus pais, e aqui se radicou. Fez formação em Engenharia, se especializou na área naval, sendo responsável, entre outros feitos, pela construção ou reparos em diversos pontos de atracação marítima pela Baía de Todos os Santos. O mais espetacular da sua marca, entretanto, são as suas viagens de volta ao mundo nos veleiros por ele construídos, algumas das quais em solitário, aventuras essas que estão contadas em livros de considerável sucesso.

Diretor da já existente Fundação Aleixo Belov, instituição cultural e de ensino, agora, aos 78 anos, esse incrível cidadão vê realizado seu belíssimo projeto do Museu do Mar, que começou a sonhar em 2018.

Entre os itens expostos, é possível encontrar objetos trazidos por Belov nas suas cinco voltas ao mundo, como o veleiro Três Marias (das três viagens em solitário), além do protótipo do veleiro Escola Fraternidade, construído algum tempo depois, que vem servindo para fazer as atuais viagens. Esse é um projeto bem mais sofisticado e versátil, para um veleiro de 21m de comprimento, com 2 mastros, revestimento térmico para poder navegar (também) em águas geladas, quilha retrátil, dotado de sistemas de redundâncias e grandes reservatórios de água e combustível, projeto esse que durou cinco anos para ficar pronto.

O projeto foi bem concebido e, ao circular pelos três pisos do Museu, pode-se também assistir a alguns vídeos com registros das viagens e diversos depoimentos, existindo, no último andar, um espaço com sala de projeção multimídia, para maior conforto dos visitantes.

Seguem algumas fotos, como amostra do que pode ser visto no local, incluindo registros da visita de ontem.

Segundo disse Belov, “tudo que usei para dar as voltas ao mundo está no museu, como o veleiro ‘Três Marias’, as cartas náuticas e os aparelhos de navegação”.

A visita ao museu pode ser feira de terça a domingo, das 10h às 18h. Para mim, foi uma jornada agradável e enriquecedora. Creio que se trata de ponto de interesse turístico realmente interessante em Salvador. Recomendo muito!

Publicado em Ações sociais e humanitárias, Educação, Viagens | 11 Comentários

“O poder do otimismo” (vídeo) – precisamos dessa vibração mais do que nunca!

“O Otimismo é a fé em ação”! (Helen Keller)

Nestes tempos recentes de tanta notícia ruim, com uma pandemia que acabou exacerbando o medo coletivo, a atmosfera ficou mais carregada nos últimos dois anos, por certo. Acontece que não podemos cair na armadilha do pessimismo. É de mentalidade positiva que precisamos para nos fortalecer, nos motivar e colocar energia em novas ações, como forma de assegurar a evolução permanente.

Eu, particularmente, sou um otimista inveterado, sem perder a cautela que também caracteriza minha personalidade.

Assim, acredito que sempre posso – e devo – melhorar, que sempre haverá algo bom para aprender, que sempre encontrarei coisas e pessoas boas para além de onde eu estou e a minha visão consegue enxergar. Mais ainda, acredito que sempre valerá a pena estar em ação para boas causas, pois mesmo que algo não saia como eu desejava ficarão aprendizados que irão garantir a minha evolução. Finalmente, acredito que o mundo será melhor como resultado de pessoas otimistas e bem intencionadas, em ação, em número cada vez maior!

O otimismo, que é considerado “um sentimento permanente de que coisas boas vão acontecer”, está na raiz da capacidade de superação, da tal da resiliência. Com efeito, segundo publicado no site hypeness.com.br, estudos conduzidos pelas faculdades de medicina das Universidades de Boston e de Harvard garantem, entre outros achados, que pessoas otimistas vivem mais do que as pessimistas.

Nessa sintonia, trago hoje mais um vídeo muito bem elaborado e apresentado por Pedro Wanderley, do blog PRATIQUE O BEM HOJE, com o título “O poder do otimismo“. Trata-se de tema de grande relevância, que vem apresentado de maneira inteligente, com clareza e elogiável objetividade. Gostei bastante!

Temos aí um conteúdo providencial para iniciarmos a semana!

O vídeo foi publicado no YouTube, canal Pedro Wanderley, no último dia 8.

Aproveite – a seguir:

Publicado em Meditação e Espiritualidade, Motivação e crescimento humano, Psicologia e comportamento, Vídeos diversos | 4 Comentários

Sábado e música: DA COR DO PECADO – JC Dattoli (série clipes musicais “da casa”.nº2)

Das minhas inspirações para tocar, cantar e gravar, acaba de ficar pronto mais um vídeo, dessa feita trazendo a bela canção Da Cor do Pecado, autoria de Alberto de Castro Simões da Silva, que ficou conhecido como Bororó (1898 – 1986), um compositor e violonista carioca.

A composição, de melodia agradável, chama bastante a atenção pela letra inteligente, também insinuante. Tendo sido escrita no final da década de 1930, fala de uma paixão de maneira um tanto quanto avançada, na minha percepção, para aquela época.

Esse sucesso da nossa MPB figura no rol das canções românticas da minha preferência. Assim, não faltava vontade para fazer o registro da minha própria interpretação!

Todo o processo de gravação e de elaboração do vídeo foi executado e concluído no mês de novembro.

O vídeo está no canal JC Dattoli – Meu lado musical, no YouTube. Confira:

Publicado em Músicas | Marcado com , | 20 Comentários

O Discurso Mais Poderoso de JIM CARREY – “Apenas 2 Caminhos” – veja esse vídeo!

“O efeito que você tem sobre os outros é a moeda mais valiosa que existe”!

Publicado no canal Eureka!, no YouTube, em 5 de novembro passado, o vídeo traz mensagem impactante de Jim Carrey, laureado ator, comediante, dublador, roteirista, produtor e pintor canadense.

O vídeo apresenta trecho de discurso do ator, na condição de paraninfo da turma de graduandos da Universidade de Negócios de Maharishi, em Iowa, Estados Unidos, em 2014.

São excelentes e encorajadores insights, oportunos, atemporais, sobre a descoberta do propósito na vida, a importância de ocupar o seu espaço e outros atributos importantes para chegar ao êxito verdadeiro. Até porque, segundo afirma Carrey, há sempre portas se abrindo, o tempo todo!

Não deixe de ver, a seguir:

Publicado em Motivação e crescimento humano, Vídeos diversos | Marcado com , | 2 Comentários