‘SILENCIE / Tire ao menos dez minutos do seu dia e silencie…’ – esse texto lhe fará bem!

Imagem: villagerosa.com

Volto a destacar a importância e os extraordinários benefícios proporcionados pela prática da meditação, mesmo as mais simples e breves, por tudo de bom que essa singela atitude nos oferece!

Dedicar uma paradinha diária para você mesmo, reservar 10 minutinhos (ou até menos) para silenciar, para se reconectar, harmonizar, reencontrar o equilíbrio e a paz interior, sentir-se energizado, sentir-se bem etc. é mais do que recomendável, é mesmo uma necessidade, diante dos ruídos, da desarmonia, do estresse, da ansiedade que estão presentes no cotidiano, na realidade do contexto em que vivemos e que afetam a cada um de nós, em alguma medida.

Então, para falar sobre isso de uma maneira bacana, leve, inteligente e direta, transcrevo texto que encontrei agora no site O Terceiro Ato (oterceiroato.com), autoria de Giana Benatto Ferreira. Como você verá, trata-se de mensagem atemporal, diria, ainda mais oportuna para os dias de hoje, apesar de ter sido originalmente publicada em 31/3/2017, no site O SEGREDO.

Leia, aproveite!

“Tire ao menos dez minutos do seu dia e silencie…

Sente-se comodamente e silencie suas mãos que vivem a tamborilar nos móveis, os braços das poltronas, a mesa durante a refeição. Coloque-as lentamente no colo, palmas tocando as pernas, esquecidas.

Silencie seus pés. Sossegue aquele balançar incessante de pés e pernas  que incomodam os que te rodeiam,  como se a casa pulasse junto a cada movimento. Pouse os pés lentamente  no chão, sentindo a friagem do solo atravessar seu corpo. E assim permaneça.

Silencie seu pulmão. Pare de ofegar como quando  assiste à televisão; pare de suspirar como se carregasse o mundo nas costas. Acalme-se. Simplesmente respire. Respire pelo nariz silenciosamente, prestando atenção ao ar que entra e que sai em movimentos ritmados, leves e constantes.

Silencie seu coração. Desafogue as mágoas, as expectativas, o pulsar descompassado.

Preste atenção ao tum tum contínuo e tranquilo. Sinta os batimentos, não apenas saber que o coração bate. Tenha consciência da velocidade de seu movimento. Apreenda este compasso.

Silencie sua garganta. Esqueça os pigarros, os ramrans barulhentos e incômodos. Permita que ela se acalme durante este tempo, para que o fluxo interno da respiração aconteça como em uma criança dormindo  suavemente.

Silencie sua língua, ferina ou não. Deixe-a dormente na boca. Deixe-a sem palavras.

Silencie seus ouvidos. Reconheça inicialmente  a hora do dia na cidade pelo ruído incessante dos motores, campainhas, conversas das pessoas ao seu redor.  Agora vá deixando essas sensações  distantes. Permita-se ouvir o som do silêncio e reconhecer  a natureza ao seu redor através do canto longínquo dos pássaros. Reconhecer as estações do ano pelo canto dos grilos, das cigarras ou dos sapos. Ou ainda, somente ouça o vento.

Silencie suas narinas. Descanse da respiração pesada do dia a adia. Deixe que elas sejam apenas o canal que leva e traz vida através da sua respiração. Silencie sua afobação.

Silencie seus olhos. Dê um descanso consciente a eles. Feche-os pelo espaço de tempo deste seu silêncio.

E, permita que as percepções auditivas, sensoriais e emocionais aflorem neste instante. Silencie sua busca de foco de luz. Simplesmente olhe para o seu interior.

Por último silencie a mente. Deixe seus pensamentos livres para chegarem e passarem. Para não mais importunarem você.  Não é parar de pensar, é simplesmente não se apegar a nenhum pensamento. Como folhas ao vento deixá-los chegar, passar e seguir sem destino certo.

E, com os olhos fechados, boca calada, respiração compassada, coração aquietado, membros acalmados e mente silente, perceba a explosão interna.

Perceba as respostas para todas suas buscas.  Perceba a paz do entendimento. Perceba a pequenez de suas vontades. Perceba a grandeza de sua existência.

Perceba a presença da energia cósmica dentro de você, e mais que isso, que a abundância dessa sensação se dará sempre neste momento de introspecção e total silêncio.

Fonte: https://oterceiroato.com/2022/07/29/silencie/.

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir ao próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (levar música ao vivo para casas de idosos é uma das frentes de atuação, iniciada em 2007), além de assegurar espaços na agenda para o exercício do autoconhecimento e para a meditação, no caminho da evolução pessoal permanente . Gosto de ler, de aprender coisas novas, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Educação, Meditação e Espiritualidade, Motivação e crescimento humano, Psicologia e comportamento e marcado , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para ‘SILENCIE / Tire ao menos dez minutos do seu dia e silencie…’ – esse texto lhe fará bem!

  1. lulaborda disse:

    Atualmente eu já consigo fazer esse silêncio, para escutar a minha própria voz, ou o compasso do meu coração… talvez hoje, pelo dia corrido que passo, sinta a necessidade desse oásis, onde apenas eu habito.

  2. Guilhermina Antonio disse:

    Amigo Dattoli, bom dia!
    Tenho me “apropriado” de seus ricos comentários/ publicações de temas sabiamente selecionados por vc!
    Parabéns pelo seu trabalho!
    Muito grata, Guilhermina

    Enviado do meu iPhone

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s