“Tudo o que você precisa é amor” – a convicção do notável psicólogo Abraham Maslow!

“As pessoas autorrealizadas praticam o amor saudável, livre de apegos doentios, ciúmes e inseguranças.”

https://amenteemaravilhosa.com.br/de-acordo-com-abraham-maslow-tudo-que-voce-precisa-e-amor/

Para começar as postagens da semana, falemos sobre o amor, essa sensação (sentimento) fundamental e absolutamente necessária para o bem viver!

A apreciação do tema, na abordagem de hoje, leva em consideração a lógica e os achados de um psicólogo humanista dos mais admirados, inclusive no contexto da psicologia organizacional, o norte-americano Abraham H. Maslow (1908 – 1970). Maslow ficou bastante conhecido pela sua tese acerca da ‘Hierarquia de necessidades’, por trazer clareza e delinear novos paradigmas a respeito das necessidades humanas em geral.

Nesse contexto, o excelente artigo do site A Mente É Maravilhosa, publicado com data de ontem, demonstra a importância de o amor estar presente na vida das pessoas, como base para tudo. E a chave, para que isso aconteça, está no amor verdadeiro, em suas variadas facetas.

Como será visto, precisam ser levadas em consideração as duas dimensões, igualmente importantes, na abordagem e compreensão desse fator tão crucial: receber amor e saber amar!

O assunto proporciona boa oportunidade para reflexões e ajustes no nosso nível de compreensão a respeito de amar e ser amado, nunca sendo demais, na minha percepção, tendo em mente a nossa (desejável) jornada de aprimoramento pessoal permanente.

Leia a seguir o teor do mencionado artigo:

“De acordo com Abraham Maslow, tudo que você precisa é amor

A base do ser humano é, segundo Abraham Maslow, o amor. No entanto, só as pessoas autorrealizadas são capazes de oferecer o amor mais enriquecedor, aquele baseado na empatia, no afeto saudável e no respeito.

Os Beatles não estavam muito errados quando criaram uma música cativante no final dos anos 1960 que dizia “tudo que você precisa é amor”. Foi isso que o psicólogo humanista Abraham Maslow nos sugeriu um pouco antes, bem na década de 1940. De fato, uma das necessidades mais básicas — talvez a mais decisiva — é sentir-se verdadeiramente amado.

Tanto que, se não conhecemos essa experiência desde cedo, é muito difícil desenvolver uma autoestima saudável. Sentir-se apreciado, respeitado, cuidado e valorizado facilita a escalada dessa pirâmide de necessidades que o próprio Maslow desenvolveu e que é um marco no campo da motivação humana.

Somente quando nos sentimos cercados de amor autêntico podemos alcançar a autorrealização. Além disso, somente as pessoas autorrealizadas são capazes de oferecer esse afeto enriquecedor e saudável. Falamos desse amor cujos componentes nada mais são do que a empatia, o respeito e o afeto incondicional.

O amor é uma força transformadora que todo ser humano precisa receber, seja da família, dos amigos, do parceiro, etc. Receber e saber oferecê-lo nos tornará pessoas autorrealizadas.

Lembre-se, tudo que você precisa é de amor

Como lembraremos, a pirâmide ou hierarquia das necessidades humanas de Abraham Maslow tinha 5 etapas. Essas necessidades variaram desde as mais básicas, como as necessidades físicas, de segurança e proteção, até aquelas relacionadas às necessidades de pertencimento, autoestima e autorrealização, respectivamente. O que podemos ter esquecido em mais de uma ocasião é onde está o amor nessa teoria.

Pois bem, a maioria assume que essa dimensão reside na terceira etapa e na que se refere às necessidades sociais. No entanto, de acordo com Abraham Maslow, o amor é uma necessidade básica que impulsionaria todo o desenvolvimento humano. É necessário para o bebê que é alimentado, protegido e cuidado. E precisamos até do carinho de nossos entes queridos para desfrutar de uma boa saúde física e psicológica.

Como ele nos explicou em sua obra Toward a psychology of being (1962), o amor é uma necessidade psicológica básica para poder desenvolver outras capacidades, como autoestima e autorrealização. Sentir e saber que somos amados nos impede de sentimentos neuróticos, reduz nossos medos e nos torna pessoas mais confiantes.

As pessoas são boas por natureza. Dê amor, carinho e segurança, e eles lhe darão amor e estarão seguros em seus sentimentos e comportamento.

O amor é um elemento fundamental para prosperar

Tudo o que você precisa é de amor e se você não o recebeu de sua família, pode recebê-lo de outras figuras. Os amigos são outro suporte extraordinário de afeto e validação, assim como nossos parceiros. Tenha isso em mente. Uma infância infeliz sem apegos sólidos não precisa determinar sua vida.

Você ainda pode alcançar a autorrealização se estiver motivado, e o amor sempre atuará como uma grande força interior. Não importa de onde vem. É um estado emocional profundo e enriquecedor, baseado no cuidado altruísta. Essa experiência, é claro, pode ser obtida por muitas figuras em seu ambiente.

Além disso, vale a pena levar em conta outro aspecto. Parte de sua evolução como ser humano também requer que você desenvolva e encontre relacionamentos saudáveis, significativos e felizes. Ao encontrar os amigos, colegas e parceiros que te façam verdadeiramente feliz, muitas de suas necessidades serão atendidas.

Pessoas autorrealizadas são hábeis em assuntos emocionais

Abraham Maslow escreveu um capítulo em Religions, Values & Peak-Experiences que discutiu o amor em pessoas saudáveis. Sua descrição e análise foi um avanço para a psicologia positiva e os relacionamentos. Algo que ele apontou é que homens e mulheres autorrealizados estavam livres de mostrar necessidades egoístas. Tampouco procuravam bajular ou dominar o outro.

A pessoa que se conhece e que trabalha todos os dias para ser um pouco melhor sabe em que consiste o amor saudável. O carinho enriquecedor se baseia na empatia e no respeito, e é preciso saber recebê-lo, cuidá-lo e, sobretudo, oferecê-lo. Este ponto é muito importante para Abraham Maslow. Porque, como ele mesmo explica, quem sabe dar e receber amor evita a dor da solidão.

“Devemos entender o amor, devemos ser capazes de ensiná-lo, criá-lo, predizê-lo, ou então o mundo se perderá em hostilidade e desconfiança.”–Abraham Maslow

Tudo que você precisa é de amor, procure-o em qualquer uma de suas formas

Tudo que você precisa é de um bom amor, aquele que não machuca e te deixa ser quem você quiser ser. Além do mais, procure aquelas pessoas que até te incentivam a ser melhor. Não importam as experiências passadas, suas decepções, a experiência de se sentir amado e amoroso sempre valerá a pena.

No entanto, não concentre todos os seus recursos em encontrar sua alma gêmea ou aquele parceiro que te faz feliz. Procure o amor em todas as suas formas possíveis e não hesite em agradecer às pessoas que já fazem parte da sua vida. Seus amigos, seus filhos, sua família e até mesmo seus animais de estimação também são fontes inesgotáveis de carinho e afeição luminosa.

As melhores dimensões deste mundo são sempre gratuitas, mas é preciso saber apreciá-las. Ame, cuide, deixe-se amar e permita que o mais sincero carinho o inspire na jornada da vida. Esse e nenhum outro, é o significado autêntico de tudo.

Bibliografia:

  • Maslow, A. H. (1962). Toward a psychology of being. Princeton: D. Van Nostrand Company.
  • Maslow, A.H. (1970). Religions, Values & Peak-Experiences, 2nd edition. NY: Viking.
  • Maslow, A. H. (1970a). Motivation and personality. New York: Harper & Row.
  • Tay, L., & Diener, E. (2011). Needs and subjective well-being around the world. Journal of Personality and Social Psychology, 101(2), 354-356.
  • Wahba, M. A., & Bridwell, L. G. (1976). Maslow reconsidered: A review of research on the need hierarchy theory. Organizational behavior and human performance, 15(2), 212-240.

Ver a publicação original em: https://amenteemaravilhosa.com.br/de-acordo-com-abraham-maslow-tudo-que-voce-precisa-e-amor/

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir ao próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (levar música ao vivo para casas de idosos é uma das frentes de atuação, iniciada em 2007), além de assegurar espaços na agenda para o exercício do autoconhecimento e para a meditação, no caminho da evolução pessoal permanente . Gosto de ler, de aprender coisas novas, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Motivação e crescimento humano, Psicologia e comportamento e marcado , , . Guardar link permanente.

7 respostas para “Tudo o que você precisa é amor” – a convicção do notável psicólogo Abraham Maslow!

  1. José Paes Landim disse:

    Belíssimo tema. A própria palavra Amor já nos faz bem só em pronunciá- lá. Imaginemos os efeitos de quem pratica o amor! Haveria guerras e tantas outras destruições se se praticasse o amor? Parabéns.

    • JCDattoli disse:

      Sejamos utópicos também, que reine o AMOR. Até me lembrei daquela canção Baianidade Nagô, cujo trecho diz: … “quem sabe um dia a paz vença a guerra, e viver será só festejar”!

  2. lulaborda disse:

    Acredito que esse amor, seja a mola mestra do mundo. Porém ainda estamos muito distantes dessa evolução espiritual. Esse entendimento do amor puro, sem cobranças, sem ressentimentos, trará menos vingança e através dele, entraremos num plano evolutivo.

    • JCDattoli disse:

      Vamos aos poucos, como diriam alguns, por aproximação. Ouvir, falar sobre isso e, mais do que tudo, criar consciência a esse respeito, já vai produzindo transformação. Logo, vamos nessa “vibe”, respirando os ares do amor em sentido amplo, sempre que possível.
      Valeu, Lúcia, seus comentários enriquecem nossas publicações. Forte abraço!

  3. lulaborda disse:

    Gostei da mudança da foto de capa; ficou muito bom!

  4. dulcedelgado disse:

    Sem qualquer duvida, o Amor é o sentimento mais inspirador e equilibrador que existe!
    Gostei do artigo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s