‘A arte de ser você mesmo” – bom desafio !!!

Para hoje, dentro do infinito tema Autoconhecimento, tendo em mira a necessidade da nossa evolução permanente, trago matéria que gostei muito, publicada no Portal Raízes, a respeito do desafio de “ser quem você é” – e de assumir isso da melhor maneira possível!

Trata-se de compilação de tópicos relevantes da instigante palestra “A arte de ser você mesmo”, apresentada para o TEDx por Caroline McHugh, palestrante, professora e escritora.

A palestrante chama a atenção para alguns aspectos de fato interessantes, que podem estar passando despercebidos no nosso dia a dia, como o “espelho verdadeiro” (imagem como os outros lhe veem), o “complexo de interioridade” (em contraponto aos complexos de superioridade e de inferioridade). Além do que, para ser bom em ser você mesmo, Caroline destaca a importância de atentar para quatro tipos de imagens psicológicas essenciais sobre você.

Vale muito a leitura da publicação. Para quem quiser assistir à mencionada (e inspiradora) palestra TED, disponível no YouTube, com legendas em português, segue link logo abaixo.

Confira:

“O seu trabalho nesta vida é conseguir ser bom em ser quem você é – Caroline McHugh

É claro que você já teve ter ouvido o conselho: “seja você mesmo”. Isso, por si só, já seria bem difícil neste mundo excludente, mas também não basta apenas ser quem somos, precisamos ser bons em sermos quem somos. Ser quem somos é a chave principal para uma vida livre, feliz e sem a obrigação de agradar todo mundo. Mas como fazer isso? A maneira mais assertiva é por meio da busca pelo autoconhecimento.

Caroline McHugh, palestrante, fundadora da IDology, escritora e consultora especializada em desenvolver a individualidade e ensinar a arte de ser quem a gente é, em uma palestra na TEDx, afirmou que o único trabalho que as criaturas têm nesta vida é serem boas em serem quem realmente são. Caroline disse também que existem 4 tipos de imagens sobre nós mesmos. Em síntese, destacamos alguns excertos de sua fala. Mas você pode assistir o vídeo da palestra na íntegra. Logo abaixo.

“São grandes as chances de vocês terem se olhando ao menos uma vez no espelho hoje. […] Mas o que você não sabia é que o rosto que olhou de volta para você, não é o rosto que todos os outros veem. É meio que invertido, distorcido, uma imagem de trás para a frente. Há alguns anos, eu estava em voo para Nova Iorque, e li um artigo no Financial Times, sobre o fenômeno chamado Espelho Verdadeiro.[…] O Espelho Verdadeiro foi inventado por dois irmãos em Nova Iorque, chamados John e Catherine Walters. Esse espelho mostra a sua imagem exatamente como as pessoas te veem, e não como você vê a si mesmo em um espelho convencional”.

Complexos de superioridade ou de inferioridade

Ao pensar em quem realmente somos, podem surgir dois tipos de complexos: o de superioridade ou o de inferioridade. Caroline afirma que ambos são sinais de ego frágil. Um é sobre uma ilusão de grandeza e outro sobre uma ilusão de inferioridade. É nesse ponto que ela cria o chamado “complexo de interioridade”, ou simplesmente o “complexo do eu”.

“Quando você descobre como ser você mesmo, é um jeito incrivelmente libertador de seguir pela vida. Você não desenvolve uma identidade baseada em uma personalidade feita de remendos. Você não é um composto, um amálgama, de todas as suas experiências e influências. Você não é só o chefe ou mãe de alguém, ou nada de ninguém. Você é você mesmo.”

O seu trabalho nesta vida é conseguir ser bom em ser quem você é 

Para que isto aconteça, é importante que você descubra os 4 tipos de imagens sobre você e só depois você possa estabelecer ferramentas psíquicas para usar no desenvolvimento e prática do ‘ser bom em ser quem você é’.

Confira os 4 tipos de imagens sobre você:

1. O que os outros pensam de você: A primeira imagem de você tem a ver com a percepção, e significa o que os outros pensam de você. Essa imagem está muito ligada à necessidade de aprovação e ao que você quer que as pessoas enxerguem em você. Caroline afirma que, geralmente, a necessidade de aprovação é mais presente nas mulheres do que nos homens e, de acordo com ela, essa é uma das piores coisas que você pode fazer no caminho para ser você mesmo.

2. Quem você deseja ser: A segunda imagem de você é sobre quem você deseja ser. Tem a ver com possibilidade e suposição. Essa imagem é que faz você estar sempre em um processo de melhoria, buscando ser a sua melhor versão. É a partir da imagem de quem você deseja ser que você se livra da necessidade de agradar às outras pessoas e consegue avançar na busca de ser você mesmo.

3. O que você pensa sobre você: A terceira imagem significa o que você pensa sobre você. Nesse caso podem existir dois extremos: a autocongratulação e a autopunição. A autocongratulação acontece em dias que tudo dá certo, você consegue desempenhar bem as suas tarefas e se sente feliz com isso. Já a autopunição ocorre em dias que parece que tudo dá errado e você se sente incapaz. O desafio é desenvolver uma personalidade que seja impermeável a essas situações, baseada na autoconfiança e na humildade.

4. O verdadeiro você: A última imagem é sobre o verdadeiro você. É quem você é de verdade. Caroline exemplifica essa imagem contando um exemplo de Gandhi. Certa vez, uma jornalista o questionou dizendo se ele poderia deixar uma mensagem para o mundo. E a resposta dele foi a seguinte: “Minha vida. Minha vida é uma mensagem.” Caroline finaliza dizendo que: “A sua vida é a sua mensagem, e ela não precisa ser tão grande quanto a mensagem de Gandhi, mas a sua vida tem que ser a mensagem que ficará na Terra. Porque você não é o que você tem. Você não é o que você faz. Você não é quem você ama, ou quem ama você. Você é sua mensagem”.

Fonte: https://www.portalraizes.com/o-seu-trabalho-nesta-vida-e-conseguir-ser-bom-em-ser-quem-voce-e-caroline-mchugh/

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir ao próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (levar música ao vivo para casas de idosos é uma das frentes de atuação, iniciada em 2007), além de assegurar espaços na agenda para o exercício do autoconhecimento e para a meditação, no caminho da evolução pessoal permanente . Gosto de ler, de aprender coisas novas, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Educação, Motivação e crescimento humano, Psicologia e comportamento, Vídeos diversos. Bookmark o link permanente.

4 respostas para ‘A arte de ser você mesmo” – bom desafio !!!

  1. Marden Soares disse:

    Muito profundas reflexões. Gostei do trecho que ela falou algo como “Humildade não é falar menos sobre você mesmo. Humildade é pensar menos em você.”. Genial.

  2. dulcedelgado disse:

    Valeu bem a leitura …de tudo…mas especialmente da última frase!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s