FELICIDADE AUTÊNTICA – Um rápido destaque sobre este magnífico livro de Martin Seligman!

Este texto de hoje tem motivação na rica e reveladora abordagem trazida em FELICIDADE AUTÊNTICA, um livro especial, impactante e de grande sucesso, editado no Brasil em 2004, pela Objetiva, de autoria do renomado PhD Martin E. P. Seligman, professor e escritor norte-americano, conhecido mundialmente por ser a principal liderança do movimento da Psicologia Positiva (enfoca a saúde mental e não a doença mental).

Resultado de imagem para livro felicidade autentica

Trata-se de obra marcante que descortina diversas facetas do grande tema ‘felicidade’. Por isso mesmo, e pela sua utilidade real, até mesmo prática, a considero indispensável. O autor, com base em muitas pesquisas e vasta experiência, procura demonstrar que a felicidade verdadeira, sustentável por mais tempo, se assenta em nossas forças, virtudes, qualidades individuais e poder do pensamento positivo, com ampla abordagem, por exemplo, sobre as emoções e seus desdobramentos quanto à sensação de bem-estar, de realização e aos próprios comportamentos que demonstramos. Seguramente, o resultado desse trabalho é uma poderosa contribuição para a saúde mental e espiritual dos leitores.

Pela riqueza do conteúdo, essa é daquelas publicações que normalmente são lidas com certo vagar, por partes, e que mesmo após concluída a leitura o livro precisa estar por perto, ao alcance das mãos, para uma periódica consulta, releitura, nova sacada. E foi exatamente isso que aconteceu agora comigo.

Voltando ao livro, mais precisamente ao Capítulo 5 – ‘Satisfação em relação ao passado’, que tem início com abordagem sobre as emoções positivas, saltou-me aos olhos, para valer, o quão importante é percebermos a temporalidade das emoções. Com bastante propriedade, o autor enfatiza que as emoções positivas podem estar ligadas ao passado, ao presente ou ao futuro. Convenhamos, isso faz enorme diferença!

Para sua melhor compreensão, vou transcrever breve desdobramento dessa lógica, segundo Seligman:

“As emoções positivas ligadas ao futuro incluem otimismo, esperança, fé e confiança. As ligadas ao presente incluem alegria, êxtase, calma, entusiasmo, animação, prazer e (mais importante) flow – a plenitude, a experiência de fluir; é a essas emoções que as pessoas geralmente se referem quando casualmente, mas de maneira limitada, falam de “felicidade. As emoções positivas ligadas ao passado incluem satisfação, contentamento, realização, organização e serenidade.”

Segundo o autor, …”Embora seja desejável ser feliz em todos os três sentidos, isso nem sempre acontece. É possível estar orgulhoso e satisfeito em relação ao passado, por exemplo, mas descontente com o presente e pessimista quanto ao futuro.”…

A necessidade de estar atento – e consciente – a respeito das emoções que sentimos fica evidente com esta afirmação:

…“Aprendendo sobre os três diferentes tipos de felicidade, você pode redefinir o modo como se sente em relação ao passado, como pensa no futuro e como vive o presente, direcionando as suas emoções de maneira mais positiva.”

Faz todo o sentido, não? Até porque, não custa recordar, ‘pensamento’, ‘emoção’ (sentimento) e ‘ação’ (atitude) formam uma conexão indissociável. O que nos acontece no cotidiano, os resultados que obtemos ao longo da nossa jornada decorrem, regra geral, desses fatores antecedentes, conforme já explorado em diversas postagens por aqui.

De acordo com a ideia central resumida na orelha esquerda do livro, fica evidenciado que felicidade não resulta de genética, não é questão de sorte e pode ser cultivada. Como uma coisa puxa a outra, isso evoca a autorresponsabilidade, o que é bom para a plenitude do indivíduo e a consequente sensação de felicidade.

Acredito que a leitura da obra, ou sua releitura, pode lhe render bons insights. Fica a recomendação!

Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir ao próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (levar música ao vivo para casas de idosos é uma das frentes de atuação, iniciada em 2007), além de assegurar espaços na agenda para o exercício do autoconhecimento e para a meditação, no caminho da evolução pessoal permanente . Gosto de ler, de aprender coisas novas, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Educação, Meditação e Espiritualidade, Motivação e crescimento humano, Psicologia e comportamento, Saúde. Bookmark o link permanente.

4 respostas para FELICIDADE AUTÊNTICA – Um rápido destaque sobre este magnífico livro de Martin Seligman!

  1. Arnaldo de Castro Costa disse:

    Ótima dica, caro Dattoli! Muita sabedoria.

  2. dulcedelgado disse:

    Interessante, vou ficar com a referência!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s