Sobre vulnerabilidades, medos e ousadia de viver: belas sacadas de Brené Brown!!!

Recebi de grupo de colegas que atua com desenvolvimento humano, alguns dias atrás, a fortíssima indicação do livro A CORAGEM DE SER IMPERFEITO, escrito por Brené Brown, professora e escritora norte-americana, lançado no Brasil pela editora Sextante, falando sobre um viver com ousadia, que aceite – e busque superar – as próprias vulnerabilidades, o que pode levar a pessoa para uma vida plena.

Imagem relacionada Imagem: lelivros.love

 

Trata-se de publicação que explora a desafiadora área do autoconhecimento, ao trazer algumas conclusões e revelações de grande valia para qualquer indivíduo, com claro poder inspirador. Sem dúvida, viver é navegar num mar de incertezas. Por conta dessa dinâmica, ter coragem, vontade e buscar superação para as próprias fragilidades é a determinante para uma vida de plenitude.

Muito bem estruturado, o texto mexe com os leitores, e por isso mesmo tem merecido comentários bastante elogiosos. Selecionei alguns exemplos:

“Com base em sua experiência pessoal e em pesquisas aprofundadas, a inspirada Brené Brown investiga os paradoxos da seguinte equação: nos tornamos fortes ao aceitar a nossa vulnerabilidade, e somos mais ousados quando admitimos nossos medos. Não consigo parar de pensar neste livro.” — Gretchen Rubin, autora de Projeto Felicidade.
“A coragem de ser imperfeito é um livro importante – um alerta oportuno sobre o perigo de perseguir a certeza e o controle acima de qualquer coisa. Brené Brown nos oferece um guia valioso para a maior recompensa que a vulnerabilidade pode trazer: uma coragem maior.” — Daniel H. Pink, autor de Motivação 3.0.
“Em uma época de pressão constante para a conformidade e o ngimento, A coragem de ser imperfeito oferece uma alternativa convincente: transformar sua vida sendo quem você realmente é. Tenha a coragem de ficar vulnerável! Ouse ler este livro!” — Chris Guillebeau, autor de A arte da não conformidade.
“Um livro maravilhoso. Urgente, indispensável e fácil de ler. Não consegui colocá-lo de lado, e ele continua a repercutir em minha vida.” — Seth Godin, autor de O melhor do mundo.

Dando o tom do que viria nos capítulos seguintes a respeito de ousadia e vida plena, a autora, logo no Prólogo, transcreve trecho de discurso do ex-Presidente dos Estados Unidos Theodore Roosevelt, proferido em 23 de abril de 1910: 

“Não é o crítico que importa; nem aquele que aponta onde foi que o homem tropeçou ou como o autor das façanhas poderia ter feito melhor. O crédito pertence ao homem que está por inteiro na arena da vida, cujo rosto está manchado de poeira, suor e sangue; que luta bravamente; que erra, que decepciona, porque não há esforço sem erros e decepções; mas que, na verdade, se empenha em seus feitos; que conhece o entusiasmo, as grandes paixões; que se entrega a uma causa digna; que, na melhor das hipóteses, conhece no final o triunfo da grande conquista e que, na pior, se fracassar, ao menos fracassa ousando grandemente.”

De fato, temos aí uma obra de conteúdo valoroso e com mensagem motivadora. Faz bem! 

Para reforçar o brilhantismo da autora, indico também sua prestigiada palestra TED Talk, ‘O poder de vulnerabilidade’, a respeito de estudos por conduzidos sobre as conexões humanas. Uma palestra, igualmente, muito bem avaliada. Se puder dedicar um tempinho, vale a pena ver (o vídeo está no YouTube, publicado por Percy Reflexão, a seguir).

Por tudo isso, o livro e o vídeo de Brené Brown podem lhe trazer grandes sacadas, estímulos e real ajuda!!!

 

Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir ao próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (levar música ao vivo para casas de idosos é uma das frentes de atuação, iniciada em 2007), além de assegurar espaços na agenda para o exercício do autoconhecimento e para a meditação, no caminho da evolução pessoal permanente . Gosto de ler, de aprender coisas novas, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Livros e leitura, Motivação e crescimento humano, Psicologia e comportamento, Vídeos diversos. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Sobre vulnerabilidades, medos e ousadia de viver: belas sacadas de Brené Brown!!!

  1. Arnaldo de Castro Costa disse:

    Excelente Post, com um material de muito valor de uma escritora, cientista e conferencista que traz uma mensagem altamente realista e inspiradora, nos permitindo ver Humanos!

  2. Pois é , Dáttoli, aceitar nossas fraquezas e conviver bem com nossas limitações. Eis aí o segredo do Bem Viver. Infelizmente isto é privilégio no mundo mio louco em que vivemos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s