“Não é só psicológico: entenda como o silêncio reduz o estresse no cérebro”

O mundo atual, mais acentuadamente nas grandes cidades, é tomado por barulhos. Como se não bastasse o grande contexto, no habitat individual, as pessoas estão convivendo, cada vez mais, com sons e ruídos diversos, produzidos por aparelhos de televisão, de rádio e por notificações dos dispositivos eletrônicos, em especial o telefone celular, com o agravante de que se dorme cada vez mais tarde e, muitos, ainda deixam tais equipamentos ligados também durante a noite.

Esse cenário, de ruídos/interferências sonoras constantes, traz consequências para a saúde integral do indivíduo, segundo têm dito diversos especialistas, a partir de estudos seguidamente divulgados. O contraponto a isso, como maneira de buscar equilíbrio emocional e melhoria da saúde, é adotar momentos de silêncio, idealmente incluindo alguma prática contemplativa (respiração, meditação…). Por tudo o que tenho lido – e praticado – a esse respeito, asseguro que temos aí um assunto para você refletir e que merece a devida atenção!

Para hoje, recomendo a leitura de mais uma atualização sobre o tema. Trata-se de artigo interessante e esclarecedor, publicado dois dias atrás no blog VivaBem, destacando a importância do silêncio para o cérebro e para o equilíbrio emocional da pessoa. Enfatiza a necessidade de que se busque reduzir a convivência com os ruídos ambientais, incorporando momentos de silêncio e técnicas contemplativas, mesmo que seja por pequenos espaços de tempo.

Confira a publicação – link a seguir:

iStockImagem: iStock

https://vivabem.uol.com.br/noticias/redacao/2019/03/12/nao-e-so-psicologico-entenda-como-o-silencio-reduz-o-estresse-no-cerebro.htm?utm_medium=10todaybr.20190312&utm_source=email&utm_content=article&utm_campaign=10today

Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir ao próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (levar música ao vivo para casas de idosos é uma das frentes de atuação, iniciada em 2007), além de assegurar espaços na agenda para o exercício do autoconhecimento e para a meditação, no caminho da evolução pessoal permanente . Gosto de ler, de aprender coisas novas, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Educação, Psicologia e comportamento, Saúde. Bookmark o link permanente.

4 respostas para “Não é só psicológico: entenda como o silêncio reduz o estresse no cérebro”

  1. Matéria excelente. Sou praticante e instrutor de meditação há 12 anos, e ao longo desse tempo venho conhecendo os benefícios da prática regular da contemplação silenciosa. A comprovação científica dos efeitos positivos de algumas práticas ancestrais (como a meditação, por exemplo) aumenta o interesse das pessoas em conhecê-las, e em pouco tempo de prática já começam a receber imensos benefícios nos níveis físico, emocional, mental e energético. Grato pela postagem!

    • JCDattoli disse:

      Opa, bom saber dessa atividade que você desenvolve, caro Pedro. Sou adepto dessa linha (yoga, meditação etc.) faz quase uma década. Ainda ontem, à noite, participei de uma sessão de meditação coletiva. Por certo, são inúmeros benefícios que adquirimos!
      Grato. Abraço!

  2. O silêncio acalma, deixa a sensação de paz e equilíbrio. Bela matéria!

  3. JCDattoli disse:

    Grato pelo comentário e feedback, Lúcia!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s