Longevidade: Conheça a estratégia da biorresiliência!

A longevidade está aí, a expectativa de vida só aumenta. Diante dessa realidade, positiva, precisamos pensar em estratégias e hábitos que façam esse prolongamento da vida valer a pena. Certo?

A esse respeito, achei muito interessante a abordagem do médico sul-coreano Joon Yun, divulgada dois dias atrás no blog LONGEVIDADE: MODO DE USAR, defendendo que as pessoas precisam modificar urgentemente o estilo de vida, para viver bem por mais tempo. Para tanto, devem incorporar uma multiplicidade de estímulos (mudanças, variações, experiências) que tragam novos hábitos, numa estratégia que ele chama de ‘biorresiliência’.

Gostei bastante da tese. Para mim, o argumento é lógico e tem tudo a ver para o prolongamento da juventude em termos físicos (do corpo), sendo assim requisito fundamental para um processo de envelhecimento cada vez mais ativo e saudável!

Confira a seguir:

“Biorresiliência como chave para a longevidade

Médico defende que podemos ampliar nossos limites biológicos ao aumentar a capacidade do corpo de responder ao estresse

Por Mariza Tavares

Com formação em radiologia, o médico Joon Yun, de origem sul-coreana, é hoje presidente de um hedge fund de 2.4 bilhões de dólares (o equivalente a mais de 9 bilhões de reais) especializado em investimentos no setor de saúde. Também se tornou uma celebridade ao defender a ideia de que podemos ampliar nossos limites biológicos, o que mudaria o perfil do envelhecimento. “Biorresiliência é a capacidade do corpo responder ao estresse, e construir essa biorresiliência levará a uma longevidade funcional”, afirma em suas palestras.

O médico Joon Yun: bioresiliência é a chave para a longevidade — Foto: Divulgação

O médico Joon Yun: bioresiliência é a chave para a longevidade — Foto: Divulgação

Na psicologia, a resiliência é a habilidade de reagir positivamente diante da pressão, aprendendo a superar os obstáculos. Da mesma forma como precisamos fortalecer o espírito a fim de absorver os golpes que a vida nos dá, o corpo tem que ser preparado para ganhar robustez. No entanto, segundo o doutor Yun, esta não é a abordagem tradicional para as doenças crônicas, e ele utiliza o caso de um paciente hipertenso como exemplo: “ao tomar um medicamento para controlar a hipertensão, ficamos dependentes do tratamento, o que acaba provocando a atrofia de nossa biorresiliência. Além disso, podemos desenvolver tolerância ao remédio, demandando doses maiores para alcançar os mesmos resultados”, alfinetou na palestra TED que deu em San Francisco. Na sua opinião, é como se encolhêssemos a moldura de nossos interesses e atividades, nos adequando a limitações que acabam crescendo por conta desse comportamento.

Yun usa a imagem do boneco joão-bobo, também conhecido como joão-teimoso ou sempre-em-pé, que, mesmo sendo empurrado ou socado, volta à sua base – essa é a resiliência que prega para o nosso corpo. Lembra como as crianças saram facilmente, ao passo que, depois dos 40, uma viagem aérea mais longa já nos derruba com jet lag, uma taça de vinho além da conta nos torna improdutivos na manhã seguinte… Para ele, o estilo de vida das pessoas tem que ser remodelado com urgência. O segredo? A multiplicidade de estímulos: a variação no lugar de hábitos rígidos. “Nossa tolerância a mudanças no ambiente que nos cerca vem diminuindo e está afetando a biorresiliência. Temos que buscar justamente a mudança, as variações, as novas experiências. Procure exercitar diferentes grupos de músculos, utilizar diferentes passadas. Apesar de ser ótima, a meditação não é o melhor antídoto para o estresse, e sim fazer algo excitante, é o que vai compensar o organismo. A solução não é comer mais brócolis, e sim fazer mais o que nos dá prazer. É pegar sol, dormir, comer comidas exóticas, rir, fazer sexo”, ensina.

Fonte: https://g1.globo.com/bemestar/blog/longevidade-modo-de-usar/post/2019/03/05/biorresiliencia-como-chave-para-a-longevidade.ghtml

Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir ao próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (levar música ao vivo para casas de idosos é uma das frentes de atuação, iniciada em 2007), além de assegurar espaços na agenda para o exercício do autoconhecimento e para a meditação, no caminho da evolução pessoal permanente . Gosto de ler, de aprender coisas novas, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Educação, Psicologia e comportamento, Saúde. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Longevidade: Conheça a estratégia da biorresiliência!

  1. dulcedelgado disse:

    Uma perspectiva bem interessante!

  2. JCDattoli disse:

    Sim. Ao menos apresenta boa lógica, que não seria verdadeira novidade, mas que a sua eficácia depende de atitude de cada um!!!

  3. #lerehbom... disse:

    De todos os textos que li aqui hoje nem sei precisar qual o melhor… mas confesso… todos excelentes…vivendo… lendo e aprendendo…

Deixe uma resposta para dulcedelgado Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s