“Uso excessivo de redes sociais te faz tomar decisões como viciados em droga”

Temos trazido aqui diversas postagens, com textos e vídeos, mostrando que o excesso de uso de dispositivos eletrônicos e de redes sociais acarreta problemas para o indivíduo, especialmente no que respeita à saúde, à qualidade dos relacionamentos e à sua produtividade.

Agora, nova pesquisa comprova que o uso excessivo de redes sociais pode te fazer tomar más decisões, com uma resposta similar a de quem sofre problemas de vícios em drogas e jogos. É sobre isso que nos informa matéria publicada, dois dias atrás, no blog Viva Bem, da UOL, com o título “Uso excessivo de redes sociais te faz tomar decisões como viciados em droga”.

As facilidades tecnológicas e a fartura de informação a nosso dispor compõem um quadro certamente tentador. O que, por princípio, é bom, pode, devido ao excesso, funcionar negativamente, até por ser viciante, para muitos. Como desafio, visando ao bom-senso e à qualidade de vida, cabe a cada um exercer seu autocontrole e estar consciente a esse respeito, buscando adotar ponto de equilíbrio para fugir de uma possível situação de excesso, como mostrada na publicação. Portanto, vale ficar atento(a)!

iStock Não largar a tela faz com que o organismo tome más decisões – Imagem: iStock

Confira o conteúdo clicando no link a seguir:

https://vivabem.uol.com.br/noticias/redacao/2019/01/13/uso-excessivo-de-redes-sociais-te-faz-tomar-decisoes-como-viciados-em-droga.htm?utm_medium=10todaybr.20190113&utm_source=email&utm_content=article&utm_campaign=10today

Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir ao próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (levar música ao vivo para casas de idosos é uma das frentes de atuação, iniciada em 2007), além de assegurar espaços na agenda para o exercício do autoconhecimento e para a meditação, no caminho da evolução pessoal permanente . Gosto de ler, de aprender coisas novas, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Educação, Psicologia e comportamento, Saúde. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s