Por que a Costa Rica é um dos países mais felizes do mundo?

Neste começo de semana, vamos falar de felicidade e longevidade, marcas que diferenciam a Costa Rica, pequeno país da vizinha América Central. É claro que sentir-se feliz é condição para tudo de bom, incluindo o viver mais. Uma coisa puxa a outra, e assim vão perdendo sustentação alguns paradigmas equivocados, como o que afirma que sucesso traz felicidade. Ao contrário, como mencionado em postagens mais recentes por aqui, a felicidade é que traz o sucesso em sentido geral.

Observe, como detalhe importante, que a condição financeira (alta renda) não é o principal fator na retratada realidade dos costarriquenhos!

Entendam do que se trata – e façam suas reflexões – com a leitura desta interessante matéria, publicada no blog Viva a Longevidade, dias atrás. O relato traz subsídios e, espero, inspiração para governantes e também para cada um de nós.

Confira:

“Por que a Costa Rica é um dos países mais felizes do mundo

Quem disse que só o dinheiro é capaz de nos trazer felicidade?

No meio do caminho entre a América do Norte e a do Sul está um dos países que têm um dos maiores níveis de felicidade do mundo: a Costa Rica. Segundo uma pesquisa realizada em 2018 pelo Instituto Gallup para medir o nível de felicidade de pessoas que moram em diferentes países, esse pequeno país da América Central fica em 13o lugar no ranking dos países mais felizes –e em primeiro lugar quando se trata da América Latina.

O curioso é que, em geral, os países líderes desse ranking de felicidade são ricos –o que não é o caso da Costa Rica. Isso sinaliza que os costarriquenhos valorizam outras coisas na vida além de ter dinheiro, aponta Mariano Rojas, professor de economia no Latin American Social Sciences Institute. “Existe uma diferença entre a quantidade de dinheiro que você tem e como você o usa. Existem maneiras de gastar dinheiro que contribuem com a felicidade das pessoas”, afirma ele ao The HuffPost Brasil.

O estilo de vida tranquilo colabora para a felicidade e para a longevidade dos costarriquenhos, que apreciam a “pura vida”

Mais de 85% dos costa-riquenhos afirmaram sentir amor e afeto todos os dias, de acordo com a pesquisa Gallup, e eles também tendem a dar mais valor às relações pessoais e a passar mais tempo com suas famílias que as pessoas de outros países.

Mas qual será o segredo de tanta felicidade entre os costarriquenhos? Uma pista pode estar em suas políticas públicas. Desde meados do século 20, a Costa Rica oferece saúde e educação públicas para todos os seus cidadãos –e é o único país da América Central em que 100% dos habitantes têm acesso à eletricidade.

Apesar dos altos índices de desigualdade econômica, o acesso universal a serviços sociais mostra que a população não costuma receber tratamento diferenciado em outras áreas de suas vidas, especialmente na saúde. “O dinheiro não influencia como você será tratado”, diz Rojas. “Isso é interessante, porque implica que não há uma corrida por status como em outros países, onde você sempre quer uma casa maior ou um carro melhor.

“Estar de bem com a vida também beneficia a longevidade no país, que tem uma expectativa de vida de 81 anos (maior do que a dos Estados Unidos, por exemplo). Na Costa Rica, até mesmo as pessoas que vivem nas regiões mais rurais têm acesso a cuidados preventivos e de emergência, graças à vasta rede de clínicas espalhadas pelo país, o que colabora para reduzir a mortalidade, aponta um estudo feito em 2016.

Para manter a população idosa na ativa, o governo federal criou, em 2010, um programa que oferece uma série de atividades organizadas pela Rede de Atenção Progressiva para Cuidados Integrais com os Idosos. Essa rede é particularmente forte em Nicoya, uma península na costa Pacífica do país que é uma das cinco regiões do mundo conhecidas como zonas azuis, ou seja, as que têm a maior longevidade do planeta.

Por essas e outras, os costarriquenhos têm até uma expressão para demonstrar o quanto a vida é gratificante: “pura vida”, também usada para se referir ao estilo de vida tranquilo no país. É essa expressão que Francisco Gómez, de 100 anos, usa para falar de seu programa favorito em Nicoya: pegar carona com a filha para ir aos bailes dominicais do centro comunitário. “É muito ‘pura vida'”, diz ele, rindo.

Fonte: https://www.vivaalongevidade.com.br/forum-da-longevidade/por-que-a-costa-rica-e-um-dos-paises-mais-felizes-do-mundo

Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir ao próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (levar música ao vivo para casas de idosos é uma das frentes de atuação, iniciada em 2007), além de assegurar espaços na agenda para o exercício do autoconhecimento e para a meditação, no caminho da evolução pessoal permanente . Gosto de ler, de aprender coisas novas, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Ações sociais e humanitárias, Educação, Motivação e crescimento humano, Saúde. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Por que a Costa Rica é um dos países mais felizes do mundo?

  1. dulcedelgado disse:

    Curioso este artigo, porque ele é também um dos países pioneiros relativamente ao ambiente, aos plásticos, etc, No fundo, tudo isso contribui em conjunto para a felicidade dos seus habitantes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s