“A síndrome da superioridade ilusória” (um texto poderoso)!

 Imagem: Daniel Luzzi/LinkedIn.

Seguindo na temática do autoconhecimento, da autorreflexão, e objetivando trazer estímulos para a expansão da consciência dos leitores/seguidores, faço referência hoje ao riquíssimo artigo “A síndrome da superioridade ilusória”, do educador Daniel Luzzi, que me foi indicado por um amigo e colaborador deste blog. Observo que o artigo se desdobra em um outro (parte II), ambos publicados algum tempo atrás no LinkedIn

Trata-se de oportuna abordagem, inicialmente a respeito de excesso de presunção pessoal, de frágeis aparências, talvez de soberba, que, dito de outra maneira, não passa de certa arrogância, tão comumente demonstrada por inúmeros “supostos especialistas” e propalados “entendidos”. São aquelas pessoas que pensam – e/ou querem demonstrar – que sabem. Até nesse ponto, o autor nos oferece providenciais alertas, que não custam estar ativados em nossa mente. Da metade para a frente da argumentação, ele defende a importância de se buscar seguir o princípio do “aprender a aprender” e, mais ainda, do “aprender a pensar”, como necessidade crucial nestes tempos de profusão de conhecimentos (à disposição de todos)! 

A propósito, você já ouviu falar da Síndrome da Superioridade Ilusória? Ou do apelido, dado a esses pretensos especialistas, de “idiotas confiantes”? 

Como aperitivo do conteúdo que você irá ler, no espírito do tão recomendável binômio ‘conhecimento e humildade’, vou destacar algumas citações trazidas nos textos:

Charles Darwin disse que “a ignorância gera mais frequentemente confiança do que o conhecimento”. Isto é, quanto menos sabemos de um determinado assunto maior a tendência para pensarmos que sabemos tudo.

No século XX, o filósofo inglês Bertrand Russell escreveu: “O problema com o mundo é que os estúpidos são excessivamente confiantes, e os inteligentes são cheios de dúvidas”

René Descartes “Daria tudo que sei por metade do que ignoro”

“O reconhecimento da própria ignorância é a primeira prova de inteligência”(Santo Agostinho)

“Os incompetentes são frequentemente abençoados com uma confiança inadequada, afiançada por alguma coisa que, para eles, parece conhecimento.” (Dunning e Kruger) 

Lembrem as palavras de Guimarães Rosa: “O animal satisfeito dorme.”

Friedrich Nietzsche certa vez falou que: “As convicções são inimigas mais poderosas da verdade do que as mentiras.”

Assim, perceba o rico teor da referida argumentação, desenvolvida de maneira didática, pertinente e ao mesmo tempo provocativa, clicando nos dois links a seguir (artigos I e II). Não tenho dúvida de que a leitura levará você a naturais e substantivas reflexões. Gostei bastante!!!

https://www.linkedin.com/pulse/s%C3%ADndrome-da-superioridade-ilus%C3%B3ria-os-profissionais-de-luzzi/

https://www.linkedin.com/pulse/s%C3%ADndrome-da-superioridade-ilus%C3%B3ria-parte-ii-superando-luzzi/?trk=pulse_spock-articleshttp://

Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir o próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (acabo de retomar o projeto 'música para idosos'), além de assegurar espaços na agenda para reflexões e meditações. Gosto de ler, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Educação, Frases célebres, Motivação e crescimento humano, Psicologia e comportamento. Bookmark o link permanente.

6 respostas para “A síndrome da superioridade ilusória” (um texto poderoso)!

  1. Zé Rosa disse:

    Muito bom, só faltou Sócrates: Só sei que nada sei !

  2. Excelente reflexão. A respeito do tema, uma frase que gosto bastante é: “O que sabemos é uma gota; o que ignoramos é um oceano.” (Isaac Newton)

  3. dulcedelgado disse:

    Textos muito importantes e esclarecedores.
    Teorizam uma realidade que se espalha por aí, que alimenta uma série de egos cujos princípios deixam muito a desejar. No pequeno e no grande círculo. Neste último é ainda mais triste, porque os exemplos deveriam vir de cima, de quem tem o controle e o poder. Mas são os primeiros a aceitar postos, sem qualquer pudor, para os quais não estão preparados nem conhecem em profundidade. Porque o sistema, naturalmente, alimenta isso.
    E assim… os CV’s vão ficando mais “ricos”!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s