“Estou aprendendo a não reagir a tudo que me incomoda” – Vale a pena ler!

Desenvolver o domínio da inteligência emocional, trabalhar a autoconsciência e descobrir as atitudes mais adequadas para estar em paz, sentindo-se bem e incorporando sabedoria é o que se deve almejar na busca contínua do bem viver.

E esses pontos compõem a temática abordada no texto que reproduzo abaixo, divulgado no site MULHERES MADURAS.  A publicação, escrita de forma concisa, com boa dose de pragmatismo sobre a vida, não deve, a meu ver, ser vista com ressalvas pelo fato de dar ênfase para a individualidade. Ao contrário, vi a mensagem com olhar positivo, por entender que traz dicas comportamentais que precisam ser levadas em conta, por proporcionar, por exemplo, aprendizados em termos de satisfação pessoal e autoestima, a partir dos contrapontos destacados pela autora, chamando a atenção, subliminarmente, para que se evitem determinados tipos de reações, tão comuns, que acabam fazendo grandes estragos nas relações e no estilo de viver.

Recomendo a leitura!

“Estou aprendendo a não reagir a tudo que me incomoda

Por Rania Naim

Eu estou aprendendo que não preciso machucar de volta quem me machucou. Às vezes, o sinal máximo de maturidade é virar as costas ao invés de pagar na mesma moeda. Eu estou aprendendo que a energia que eu gasto para reagir a cada coisa ruim que acontece me esgota e me impede de ver o lado bom da vida. Eu estou aprendendo que não posso agradar todo mundo, e isso é ok. Eu estou aprendendo que tentar ganhar a afeição de todo mundo é uma perda de tempo e de energia, e que me enche apenas de vazio.

Eu estou aprendendo que não reagir não significa que eu estou bem com as coisas, e sim que eu apenas estou lidando com elas. Eu estou escolhendo tirar isso como lição e aprender com a situação. Eu estou escolhendo ser melhor. Escolhendo a minha paz de espírito porque é o que eu realmente preciso. Não quero mais drama. Não preciso de ninguém me fazendo sentir que não sou boa o suficiente. Eu não preciso de brigas e discussões. Eu estou aprendendo que, de vez em quando, não dizer nada diz tudo.

Eu estou aprendendo que reagir ao que me faz mal dá poder para outra pessoa sobre as minhas emoções. Você não pode controlar o que os outros fazem, mas pode controlar como você responde, como você lida, como você interpreta e quanto disso você leva para o lado pessoal. Eu estou aprendendo que na maior parte do tempo, essas situações não dizem nada a respeito de mim, mas sim a respeito do outro. Eu estou aprendendo que talvez todas essas decepções são simplesmente para me ensinar a me amar, porque esse amor é a armadura e o escudo que eu preciso contra quem tenta me derrubar. É o que me salva quando alguém tenta diminuir minha confiança ou questionar o meu valor.

Eu estou aprendendo que mesmo que eu reaja, isso não vai mudar nada, não vai fazer ninguém me amar ou respeitar e não vai magicamente mudar a mente de ninguém. Às vezes é melhor simplesmente deixar estar, deixar pessoas irem, não lutar por fechamento, não pedir explicações, não procurar respostas e não esperar que alguém entenda a minha história. Eu estou aprendendo que a vida é melhor vivida quando eu não foco no que está acontecendo ao meu redor, e sim quando eu foco em mim mesma. Trabalhar em mim e na minha paz interior me faz perceber que não reagir a toda pequena coisa que me incomoda é o primeiro ingrediente para viver uma vida feliz e saudável.

Texto originalmente publicado no Thought Catalog, livremente traduzido e adaptado pelo site Mulheres Maduras.
Foto: Becca Tapert 

Publicado em: http://www.mulheresmaduras.com.br/estou-aprendendo-nao-reagir/

Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir o próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (acabo de retomar o projeto 'música para idosos'), além de assegurar espaços na agenda para reflexões e meditações. Gosto de ler, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Motivação e crescimento humano. Bookmark o link permanente.

4 respostas para “Estou aprendendo a não reagir a tudo que me incomoda” – Vale a pena ler!

  1. Excelente post. Quanto mais clareza, mais autonomia; e quanto mais autonomia, menos nos deixamos arrastar pela tempestade do outro.

    • JCDattoli disse:

      Muito grato, Pedro. Você sempre trazendo rica contribuição com os seus comentários.
      Sem dúvida, está aí uma grande habilidade que precisamos incorporar de forma crescente: não entrar na “tempestade do outro”.
      Valeu!!!

  2. dulcedelgado disse:

    Apesar de pensarmos que já sabemos isto…de vez em quando percebemos que afinal ainda não o sabemos devidamente…
    Por isso, tudo o que possa contribuir para nos alertar e fazer pensar sobre o reagir, é muito bom. Daí a importância deste post e da ideia que lhe está subjacente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s