Gal Costa canta Cartão Postal (ao vivo) – Sensacional!!!

A inspiração musical deste sábado vem com recente apresentação, ao vivo, da fantástica cantora Gal Costa, interpretando a canção Cartão Postal, de Rita Lee e Paulo Coelho, lançada originalmente em 1975.

A estrutura da composição é muito inteligente, com letra e música absolutamente fora do convencional. O resultado foi uma balada gostosa, que agrada aos nossos ouvidos. Melhor ainda, vem agora com a marca inigualável de Gal, essa Diva que tanto admiramos, desde o início da carreira, na década de 1960.

O vídeo é novíssimo, foi publicado ontem no YouTube por Biscoito Fino, e é prenúncio do que virá com o DVD/CD “Estratosférica Ao Vivo”. Logo abaixo, vejam a letra da composição. É pra curtir e festejar mais uma riqueza da nossa MPB!

“Cartão Postal”

Autoria: Rita Lee / Paulo Coelho

Pra que sofrer com despedida?

Se quem parte não leva

Nem o Sol, nem as trevas

E quem fica não não se esquece

Tudo o que sonhou, eu sei

Tudo é tão simples

Que cabe num cartão postal

E se a história de amor não acaba tão mal

O adeus traz a esperança escondida

Pra que sofrer com despedida?

Se só vai quem chegou

E quem foi vai partir

Você sofre, se lamenta, depois vai dormir

Sabe

Alguém quando parte

É porque outro alguém vai chegar

Num raio de lua, na esquina, no vento ou no mar

O adeus traz a esperança escondida

Pra quê?

Sabe

Alguém quando parte

É porque outro alguém vai chegar

Num raio de lua, na esquina, no vento ou no mar

Pra que querer ensinar a vida?

Pra que sofrer?

Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir o próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (acabo de retomar o projeto 'música para idosos'), além de assegurar espaços na agenda para reflexões e meditações. Gosto de ler, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Músicas. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s