Saiba praticar o desapego e viva mais leve e feliz!

Resultado de imagem para desapego Imagem – Psico Online

Na trilha do autoconhecimento, tenho tido a oportunidade, mais recentemente, de poder olhar o mundo e o ritmo das coisas com crescente atenção. Por conta disso, resta cada vez mais claro para mim que a capacidade de desapego é habilidade (competência) grandemente relevante para um viver com mais equilíbrio emocional, menos autocobranças e, por consequência, fator importante para a sensação de felicidade. Aliás, desapego, gratidão, aceitação e perdão são infalíveis para uma vida mais leve e verdadeiramente feliz!

Nesse contexto, portanto, praticar o desapego é essencial. Precisamos estar convencidos do princípio da impermanência, que está presente na filosofia Budista, cuja ideia geral está sintetizada na famosa máxima de Heráclito de Éfeso, 500 anos a.C, de que “nada é permanente, exceto a mudança“! Precisamos, portanto, trabalhar o tempo todo a nossa mente para evoluir nesse entendimento. As mudanças nos fazem olhar por outras perspectivas, experimentar novos caminhos, superar desafios, e com isso nos tornamos mais preparados, fortes e melhores.

E o desapego vale para coisas materiais, riquezas desnecessárias, status, e vale também para o hábito que carregamos de ficar apegados a incômodos e mágoas antigos, ou seja, a sentimentos do passado. Associa-se a isso o hábito que cultivamos de apego a incertezas em relação ao futuro. Pronto. Vivendo dessa forma, cultivamos estresse e adoecimentos diversos. Assim, claro, não existe efetiva felicidade. 

Segundo Márcia de Luca, especialista em ioga e meditação, em seu interessante artigo NA INCERTEZA, que li recentemente em uma revista de bordo de determinada companhia aérea, “O apego existe apenas em uma consciência pobre, que duvida do próprio poder”. E acrescenta: “Mergulhe no desconhecido sem temor, lembrando que a incerteza é o campo fértil da criatividade e da liberdade. A cada dia, tome o compromisso de treinar o desapego. Permita a si mesmo e aos outros a liberdade de serem o que são – sem julgamentos nem imposições.

Portanto, pense seriamente sobre isso. Toque a sua vida com menos complicação e mais leveza. Lembre-se que você é o responsável por si mesmo. Procure fugir das armadilhas emocionais, largue os fardos pelo caminho, viva no presente, esteja mais leve. Saiba aceitar, mesmo porque nada dura para sempre. Pratique o perdão e a gratidão, que são atitudes nobres. E quem vive desapegado revela sabedoria.  Vale muito o esforço de incorporar esses hábitos virtuosos!

E para fechar essas reflexões de hoje, transcrevo, a seguir, belo texto do poeta e escritor português Fernando Pessoa, que para mim é emblemático, por traduzir a sabedoria da prática do desapego:

“Praticando o desapego

(Fernando Pessoa)

Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final.
Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário…
Perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.

Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos.
Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos que já se acabaram.
As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas possam ir embora.

Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se.

Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos.
Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: Diga a si mesmo que o que passou jamais voltará.

Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo…
– Nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.
Encerrando ciclos, não por causa do orgulho, por incapacidade ou por soberba…
Mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais em sua vida.

Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira.
Quando um dia você decidir a pôr um ponto final naquilo que já não te acrescenta.
Que você esteja bem certo disso, para que possa ir em frente, ir embora de vez.

Desapegar-se, é renovar votos de esperança de si mesmo,
É dar-se uma nova oportunidade de construir uma nova história melhor.
Liberte-se de tudo aquilo que não tem te feito bem, daquilo que já não tem nenhum valor, e siga, siga novos rumos, desvende novos mundos.

A vida não espera.
O tempo não perdoa.
E a esperança, é sempre a última a lhe deixar.

Então, recomece, desapegue-se!

Ser livre, não tem preço!

Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir o próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (acabo de retomar o projeto 'música para idosos'), além de assegurar espaços na agenda para reflexões e meditações. Gosto de ler, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Bom comportamento, Meditação e Espiritualidade, Saúde. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Saiba praticar o desapego e viva mais leve e feliz!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s