LEADER COACH: Um estilo de liderança para ser praticado!

Nesta postagem de hoje estou testando uma nova ferramenta, que permite oferecer o conteúdo do texto em formato de áudio (voz), com o propósito de ampliar as opções de acesso para o seguidor/visitante.
É uma parceria com o Vooozer, uma plataforma de áudio criada para dar voz à Internet. Aperte o play, escute o áudio e deixe a sua opinião nos comentários.

https://go.vooozer.com/embed/45cf0591

De volta com o tema LIDERANÇA, divulgo artigo que acabo de escrever sobre o chamado Leader Coach, um estilo (ou filosofia) de liderança que está em evidência, que vem ganhando espaço principalmente nos ambientes corporativos, justamente pelos resultados que esse estilo de líder consegue obter e, melhor ainda, pelos impactos positivos que proporciona junto aos liderados, por representar demonstração efetiva de compromisso institucional com a valorização do capital humano.

Ao escrever o artigo, objetivo ampliar o entendimento do público a respeito desse estilo de liderança relativamente novo aqui no Brasil, que decorre da significativa (e crescente) expansão das atividades de Coaching, ano após ano, tanto voltadas para interesses pessoais/individuais (Coaching de Vida), quanto para propósitos corporativos (Coaching Executivo e de Negócios).

Leiam a seguir:

“LEADER COACH: Um estilo de liderança para ser praticado!

(*Clovis Dattoli)

 

Resultado de imagem para leader coach                                              Imagem: Kevin Eikenberry on Leadership & Learning

Volto a falar de LIDERANÇA, destacando hoje o estilo denominado Leader Coach, ou simplesmente Coaching. Tenho enfatizado aqui no blog que um bom líder faz toda a diferença para o sucesso, ou fracasso, do negócio (empresa, organização pública ou outras), ou de um determinado projeto, para a cultura e o clima organizacional, com impacto direto no capital humano. Por conta dessa constatação, bons líderes são cada vez mais valorizados, justamente porque, além da capacidade de lidar com incertezas, desafios e mudanças, conseguem conviver com ambientes internos e externos crescentemente imprevisíveis e tensos e, ao mesmo tempo, preparar e mobilizar o capital humano para atuar em prol de objetivos comuns, com comprometimento e nível crescente de desempenho.

Líderes despreparados fazem muito estrago e são uma causa relevante em estatísticas e pesquisas de pedidos de demissão, em especial de colaboradores mais talentosos e de alta performance. É fácil constatar que percentual significativo dos profissionais que ocupam postos de liderança sentem-se desconfortáveis, por não dominarem competências básicas para desempenhar o cargo, entre as quais quero destacar aquelas relacionadas ao espectro da Inteligência Emocional, como demonstrar equilíbrio e serenidade, dar atenção aos liderados, saber escutar, e demonstrar empatia verdadeira pelos outros. Além do mais, não exercem papel de incentivador e desenvolvedor. E esse ponto, na atualidade, é um dos que mais desmotivam as pessoas ao seu redor.

Nessa esteira, encontramos profissionais em cargos de liderança que se encolhem, que se escondem e preferem dedicar-se à execução de rotinas exatamente para não se desgastarem, evitando, assim, “incômodos” com suas equipes. Entretanto, quem assim age – e não são poucos – está diminuindo a importância da liderança e, claro, não terá vida longa nesse papel.

Ao contrário desse panorama reprovável, precisa restar claro que de um líder é esperado posicionamento, protagonismo, pois ele/ela é o termômetro e natural regente da sua equipe. Seu comportamento exerce a maior influência no clima organizacional. Nada passa despercebido e todas as suas ações, ou a falta delas, são consideradas pelo grupo. Logo, é inerente ao posto de liderança exercer influência. E isso requer conhecimentos e habilidades (preparo) e, sobretudo, atitudes, como querer inspirar e transformar, buscar aproximação com as pessoas (lidar com gente) e também muita disposição. Não custa lembrar que excelentes técnicos, reconhecidamente competentes no que faziam, não conseguiram boa performance, e até mesmo decepcionaram, quando no exercício de cargos gerenciais. Aliás, tal constatação é mais comum do que se possa imaginar em qualquer tipo de organização.

Não é por acaso que o estilo Leader Coach está em evidência e, segundo apontado por algumas pesquisas, é o que mais cresce e se valoriza no mundo corporativo.

Mas, afinal, o que é ser um Leader Coach?

É o líder que, tendo adquirido os conhecimentos, as ferramentas e as práticas do Coaching, tem consciência do seu papel inspirador e transformador para o sucesso dos negócios e, igualmente, para o desenvolvimento e valorização dos seus liderados, porque está convencido de que os melhores e mais consistentes resultados só acontecem quando a equipe veste a camisa da organização, está comprometida e motivada.

Em outras palavras, esse líder procura trabalhar com as pessoas, sendo um natural Coach dos seus liderados, valorizando-os e estimulando o desenvolvimento permanente de cada um, para as funções profissionais e para a vida, sem perder de vista que as necessidades e fatores motivadores são individuais e não podem ser generalizados.

Para tanto, utilizando-se da filosofia do Coaching, demonstra possuir elevado nível de autoconhecimento e de autoconfiança, sabendo formular perguntas poderosas para estimular as respostas dos seus liderados. Ao invés de impor as soluções, incentiva a equipe a descobrir os melhores caminhos e resultados. Tem apreço pelas boas relações interpessoais, sabe se comunicar, pratica a delegação, tem habilidades para ouvir, dar e recebe feedbacks, tem disposição para transmitir e orientar, tudo isso sem perder de vista o compromisso com as metas e os resultados negociados.  

Cabe assinalar que a prática dessa contemporânea filosofia de liderança impulsiona mudança cultural, criando um ambiente de maior participação dos colaboradores, o que contribui, na realidade atual, para uma maior atração e retenção de talentos. Com isso, os traços de estilos de liderar mais autoritários, prescritivos e modeladores, caso ainda existentes, vão perdendo força, tendo por consequência um natural, e até crescente, aumento dos níveis de percepção do clima organizacional.

Praticando esse perfil de liderança e incorporando tal filosofia, não tenho receio de afirmar que você alcançará melhores resultados corporativos e terá mais do que admiradores, terá seguidores e parceiros de jornada. Ah, e o sucesso não será apenas seu!

Por fim, considerando que estamos verdadeiramente na Era do Capital Humano, proponho que você reflita com seriedade sobre isso. E sendo mais direto para quem já exerce função executiva e gerencial, que tal praticar mais intensamente as competências de um Líder Coach?

Dattoli perfil social *Clovis Dattoli 

√ É Coach Executivo e de Negócios, Coach de Vida e Palestrante. Tem larga experiência executiva e de liderança. http://www.clovisdattoli.com.br  Email: jcdattoli@dattoli.com.br

Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir o próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (acabo de retomar o projeto 'música para idosos'), além de assegurar espaços na agenda para reflexões e meditações. Gosto de ler, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Liderança, Motivação e crescimento humano. Bookmark o link permanente.

3 respostas para LEADER COACH: Um estilo de liderança para ser praticado!

  1. Sandra Fayad disse:

    Você é certamente um leader coach excepcional, cuidadoso e competente.

  2. Pingback: Valorização do capital humano: o fator confiança é muito mais significativo do que muitos líderes imaginam! | O Bem Viver

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s