Saiba como a gratidão age no cérebro, segundo a neurociência!

Resultado de imagem para Não é a felicidade que nos faz sentir gratidão, mas a gratidão é que nos traz felicidade Imagem: Sucesso Mental

Volto a falar de GRATIDÃO. Segundo os estudiosos, adotar o hábito da gratidão eleva a nossa sensação de felicidade. E felicidade, a rigor, é o que todos queremos!

Não é a felicidade que nos faz sentir gratidão; mas a gratidão é o que nos traz a felicidade”. (David Steindl-Rast – Monge Beneditino)

A esse respeito, reproduzo abaixo um bom texto, enxuto e elucidativo, que circulou esses dias em grupo de rede social do qual participo. Pesquisando na Internet, não consegui identificar de quem é a autoria. Com essa ressalva, tomo a liberdade de publicar o texto, que me parece bastante apropriado para começar a semana e, em especial, para este momento de reflexões de fim de ano.

Vale a pena ler!

“Gratidão é amor em forma de reconhecimento

A Neurociência explica o poder da gratidão no nosso corpo. Quando geramos sentimentos de gratidão em nossos pensamentos, passamos a ativar o sistema de recompensa do cérebro, localizada numa área chamada Núcleo Accubens. Este sistema é responsável pela sensação de bem estar e prazer do nosso corpo.

Quando o cérebro identifica que algo de bom aconteceu, que fomos bem sucedidos e que existem coisas na nossa vida que merecem reconhecimento e somos gratos por isso, ocorre uma liberação de uma substância chamada dopamina, que é um importante neurotransmissor, ou seja, é uma substância que transmite mensagens entre os neurônios. A dopamina aumenta a sensação de prazer. Por isso, pessoas que manifestam gratidão vivem em níveis elevados   positivas, satisfação com a vida, vitalidade e otimismo.

A gratidão deve ser construída pelo nosso pensamento. Construa o reconhecimento interno pensando em suas conquistas. Por outra via neural, a gratidão estimula as vias cerebrais para a liberação de outro hormônio chamado ocitocina, que estimula o afeto, traz tranquilidade, reduz a ansiedade, o medo e a fobia.

Exercitar o sentimento da gratidão dissolve o medo, a angústia e os sentimentos de raiva. Fica mais fácil controlar os estados mentais tóxicos e desnecessários. O nosso cérebro não é capaz de sentir, ao mesmo tempo, gratidão e infelicidade. Você é que faz a escolha. Ocupe seu espaço e exercite diariamente a gratidão. Para fazer com que seu dia comece de forma positiva, já pela manhã experimente pensar nos diversos motivos que você tem para sentir gratidão.

E termine seu dia refletindo quais foram as suas realizações de hoje que lhe deram prazer, quais pessoas cruzaram seu caminho e lhe ensinaram algo. 

Gratidão é amor em forma de reconhecimento. Cultive a gratidão!

Fonte: Internet/diversas – Autoria desconhecida.
Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir o próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (acabo de retomar o projeto 'música para idosos'), além de assegurar espaços na agenda para reflexões e meditações. Gosto de ler, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Motivação e crescimento humano. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Saiba como a gratidão age no cérebro, segundo a neurociência!

  1. CELIO BARBOSA CARPES disse:

    Parabéns pela iniciativa…são discursos motivadores e estimuladores, que podem mudar a concepção de pensamentos e atitudes dos leitores que se interessarem pelo assunto. Aplausos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s