Desenhar e colorir: boas estratégias para lhe dar paz e tranquilidade!

Por razões das mais variadas naturezas, nota-se, facilmente, que as pessoas vivem nos dias atuais momentos conturbados e de crescente intranquilidade. Diante dessa realidade, mostra-se recomendável procurar algum tipo de ajuda para pacificar e acalmar a mente. Felizmente, sem falarmos nas conhecidas terapias tradicionais da área da saúde, bem como nas atividades religiosas e prática de exercícios físicos, temos atualmente uma série de estratégias alternativas que podem propiciar o equilíbrio emocional, de forma agradável e sem efeitos colaterais.

Entre essas estratégias, desenhar e colorir vêm sendo adotadas cada vez mais pela população ao redor do mundo, a tirar pela quantidade de livros e cadernos hoje disponíveis. Recentemente, por exemplo, adquiri um desses livros de colorir, que, após o título, trazia a chamada “Terapia antiestresse para pessoas ocupadas”. Na contracapa, está dito: “Mindfulness – O livro de colorir oferece exercícios práticos que despertarão sua criatividade e foco para atividades e decisões do dia a dia. Lindamente ilustrado, está repleto de cenas belíssimas e padrões intrincados que o convidam a meditar sobre sua obra de arte enquanto serenamente preenche as páginas com cores.”

A propósito disso, reproduzo abaixo texto que foi publicado no blog Pitacos e Achados, com dicas de desenhos para você utilizar em situações de estresse, de sentimentos negativos, de bloqueios e agitação mental… Confiram:

“23 formas de colocar a cabeça no lugar

23 Formas de colocar a cabeça no lugar5

Olá pessoal!!

De vez em quando as palavras adequadas não vêm à cabeça, os pensamentos viajam na velocidade da luz, e parece que o seu pobre cérebro pode explodir a qualquer momento. Numa situação como essa, os conselhos da terapeuta Victoria Nazarevich podem ser muito úteis. A única coisa que você deve fazer é pegar uma folha de papel e um lápis e começar a desenhar. Não importa como. Pouco tempo depois você vai sentir paz e tranquilidade.

Portanto, se você estiver em uma situação estranha, comece a desenhar. É o que sempre faço!

  • Se você está cansado, desenhe flores.
  • Se está bravo, desenhe linhas.
  • Se alguma coisa está doendo, comece a esculpir.
  • Se você está entediado, comece a colorir uma folha de papel.
  • Se está triste, pinte um arco-íris.
  • Se você tem medo, aprenda a fazer o ponto macramê.
  • Se está angustiado, faça uma boneca de pano.
  • Se está indignado, rasgue uma folha de papel em pedacinhos.
  • Se está preocupado, comece a fazer origami.
  • Se está tenso, desenhe padrões diferentes.
  • Se você precisa lembrar alguma coisa, desenhe labirintos.
  • Se está decepcionado, faça uma réplica de uma pintura.
  • Se está desesperado, desenhe caminhos.
  • Se você precisa entender alguma coisa, desenhe mandalas.
  • Se você precisa renovar as energias, desenhe paisagens.
  • Se quer entender os seus sentimentos, faça um auto-retrato.
  • Se é importante reconhecer o seu estado de espírito, desenhe manchas coloridas.
  • Se você precisa organizar os seus pensamentos, desenhe células ou quadrados.
  • Se quer entender os seus desejos, faça uma colagem.
  • Se você quer se concentrar nos seus pensamentos, desenhe com pontos.
  • Para encontrar a melhor solução para uma situação, desenhe ondas e círculos.
  • Se está bloqueado e precisa seguir em frente, desenhe espirais.
  • Se você quer se concentrar em uma meta, coloque no papel.

Pitaco: Quando desenhamos ou pintamos exercitamos a mente. Em primeiro lugar, buscamos informações, internalizamos o desenho e escolhemos as cores de acordo com o nosso gosto pessoal e personalidade. As emoções são uma parte muito importante da nossa criatividade. Com a pintura podemos deixar fluir as emoções e experimentar felicidade, amor, empatia e paz. O relaxamento que obtemos através da pintura ajuda a conseguir harmonia entre o coração e a mente.  Enquanto desenhamos meditamos, organizamos as ideias e liberamos as tensões… Pode haver algo melhor? Experimente!

Fonte: Victoria Nazarevich
Tradução e Adaptação: Incrivel.club

Publicado emhttps://pitacoseachados.com/2016/06/27/23-formas-de-colocar-a-cabeca-no-lugar/
Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir o próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (acabo de retomar o projeto 'música para idosos'), além de assegurar espaços na agenda para reflexões e meditações. Gosto de ler, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Língua portuguesa, Meditação e Espiritualidade. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s