Para neurociência, motivação não é fator principal em mudança de hábitos

noticias.universia.com.br

“Mudar é agir contra o script…”

“Mudar é angustiante. As pessoas preferem um sintoma conhecido do que um desconhecido”.

Um desafio sempre presente, quando lidamos com a necessidade de mudanças e incorporação de novos hábitos na vida, é assegurar que esse novo status permaneça, seja consistente e a pessoa não caia na tentação de recuar, por comodismo e desmotivação. E, por óbvio, tudo começa com a determinação de agir, de dar o primeiro passo na nova direção.

Em boa hora, li excelente matéria, esclarecedora e de certa maneira impactante, que me foi recomendada por um amigo e colaborador do blog, com o título Para neurociência, motivação não é fator principal em mudança de hábitos, publicada no última dia 30 de abril pela Folha de São Paulo, a respeito do que realmente funciona para a mudança de hábito.

O texto resulta do ciclo de debates Fronteiras do Pensamento 2016 – discussão sobre ações coletivas e individuais que podem promover as mudanças necessárias.

Como fica demonstrado, atitude (agir) é um dos três fatores-chave para a aquisição de novo hábito. Vejam quais são os outros dois!?

Em suma, é importante atentar para o que dizem as renomadas autoridades e pesquisadores da neurociência e do comportamento humano que dão conteúdo à publicação.

Recomendo fortemente a leitura – link a seguir:

http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2016/04/1766160-para-neurociencia-motivacao-nao-e-fator-principal-em-mudanca-de-habitos.shtml?platform=hootsuite

Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir o próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (acabo de retomar o projeto 'música para idosos'), além de assegurar espaços na agenda para reflexões e meditações. Gosto de ler, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Motivação e crescimento humano. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Para neurociência, motivação não é fator principal em mudança de hábitos

  1. Olá, amigo Dattoli. Excelente texto sobre a mudança de hábitos. Obrigado pela partilha!!
    Um forte abraço.
    Roosevelt

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s