Você está desperdiçando a sua vida?

Replico texto muito interessante, publicado no blog Pitacos e Achados, para fazer você refletir sobre o viver plenamente e em permanente evolução. Aborda questões essenciais para melhor aproveitamento do nosso tempo e o alcance de objetivos e resultados crescentemente melhores.

De alguma maneira, o texto enfoca alguns fatores importantes que normalmente são trabalhados em processos de coaching pessoal e profissional, no despertar do autoconhecimento, da autoconsciência e no fortalecimento da autoestima, que se constituem variáveis indispensáveis na busca da evolução individual, da plenitude e da percepção de felicidade, com impactos diretos em todas as dimensões da vida.

No espírito dessa publicação, a questão-chave é: Você está aproveitando ou desperdiçando a sua vida?

Leiam a seguir:

“Você está desperdiçando a sua vida

time-flies (1)

Olá pessoal!!

É possível que você tenha diversas ideias do que você quer para a sua vida. Coisas para fazer, metas a cumprir e pessoas com quem conviver. Mas às vezes você não tem tempo para alcançar tudo… ou pelo menos é o que lhe parece. Você já pensou que, de certo modo, esteja desperdiçando a sua vida? Talvez algumas coisas nas quais você se vê submerso não sejam necessárias, ou você esteja perdendo muito tempo sem nem perceberSerá que realmente falta tempo ou você tem investido suas energias em coisas que não levam a lugar algum?

Platão, há séculos disse que deveríamos fazer aquilo que nascemos para fazer. Ele acreditava que cada pessoa nascia direcionada a algo e que a mesma não seria feliz se não estivesse em seu lugar. Pensando nisso, precisamos nos questionar se não estamos submersos em coisas desnecessárias, naquilo que não condiz com quem somos. Será que estamos perdendo tempo demais e consequentemente desperdiçando nossas vidas? Eis alguns sinais que poderão ajudar na resposta dessa pergunta:

Analise se no seu dia a dia:

1. Você gasta tempo no que não contribui

Você precisa de momentos para se desligar das obrigações profissionais e se distrair. Mas se a maior parte do seu tempo é destinada a distrações, você acabará com a sensação de que não fez nada. Não estou dizendo para eliminar todas as atividades recreativas da sua vida, e sim que você preserve aquelas que contribuem com alguma coisa e reduza as outras.

“Aquilo que ocupa a maior parte do seu tempo, passa a ser o seu deus” Pensamento oriental

Entre as atividades que farão você sentir que desperdiça a sua vida estão beber em excesso, passar horas assistindo televisão ou se perder nas redes sociais. Se você quer estar com seus amigos, procure alternativas como sair para acampar ou jantar em casa e bater papo à vontade. Escolha alternativas que sirvam para melhorar as suas relações e ter a vida que você deseja.

2. Você não melhora as suas habilidades

Os seres humanos estão programados para aprender coisas novas. Uma forma de desperdiçar a sua vida é não dar a si mesmo a oportunidade de aprender e crescer sempre. Você lembra que anteriormente mencionei que você deve evitar as atividades que não contribuem com nada? Então, uma excelente alternativa é usar os tempos mortos para praticar jogos mentais.

“Com o tempo, você vai percebendo que, para ser feliz, você precisa aprender a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você”.

Faça com que a sua mente trabalhe e desafie-se sempre que puderOpções como Palavras Cruzadas e Sudokus o ajudarão, e em pouco tempo você ficará viciado em seus desafios. Outra excelente alternativa para fazer com que a sua mente se desenvolva é aprender novas habilidades. Desde tocar um instrumento musical até aprender um novo idioma. Se você quer algo que requeira menos esforço, leia bastante: clássicos e atualidades.

3. Falar consigo negativamente

“Todo ser humano, caso se proponha,

pode ser o escultor do seu próprio cérebro”

O diálogo negativo é uma eficiente forma de desperdiçar a sua vida. Se esse diálogo se dá no seu interior e com você mesmo, é ainda pior. Lembre-se de que aquilo que você pensa se torna ‘realidade’. Você é consciente do que você diz a si mesmo cada vez que você tem um tempo ocioso? Quão gentil você é consigo mesmo? Quando chega o momento de enfrentar um desafio e você se dá por vencido na sua mente, o fracasso está praticamente assegurado. Claro que não é fácil mudar esse tipo de diálogo porque ele não acontece de forma consciente. O que você precisa fazer é prestar atenção ao que você está falando para si e pouco a pouco modificar essa mensagem. Você também pode ocupar a sua mente para diminuir esse tipo de mensagem.

4. Você não planeja o futuro, nem a sua vida

Como você se imagina daqui a dez anos? O que você gostaria de estar fazendo neste momento? Com quais recursos você fará isso? Embora seja verdade que é preciso viver o presente, nunca se deve esquecer do futuro. As metas funcionam como um motivo para continuar e evitam que você desperdice a sua vida. Permitem criar um caminho e fazem você sentir que realmente tem algo a melhorar e pelo que perseverar. Muitas pessoas vivem no automático. De manhã acordam, tomam café, vão para o trabalho e voltam para casa. Todo dia é igual e quando tiram um tempo para analisar as suas vidas, se sentem vazios. Isto acontece porque elas não têm uma meta a cumprir.

“Existe um tempo certo para cada coisa, momento oportuno para cada propósito debaixo do Sol:Tempo de nascer, tempo de morrer; tempo de plantar, tempo de colher”. Eclesiastes, Cap. 3

Defina uma ou duas grandes metas e outras menores. Depois de definir o seu objetivo principal, crie metas menores e realistas que possam ser alcançadas, como correr uma prova de 5km, depois uma de 10km, completar uma meia-maratona, etc. Não se permita desperdiçar a sua vida. Aproveite-a para crescer e melhorar. A melhor coisa que você pode fazer é viver plenamente porque você não vai ter oportunidade de desfazer as suas decisões.

Pitaco: Para mim, um dos maiores desperdícios da vida é guardar mágoa.  Se você está em paz consigo mesma e com as pessoas ao seu redor, não haverá barreiras que te impeçam de receber sorrisos sinceros, paz, alegrias e amores. Tenha o poder do perdão e sinta-se constantemente livre de amarras e leve como uma pluma.

Publicado emVocê está desperdiçando sua vida
Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir o próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (acabo de retomar o projeto 'música para idosos'), além de assegurar espaços na agenda para reflexões e meditações. Gosto de ler, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Motivação e crescimento humano. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Você está desperdiçando a sua vida?

  1. Zé Rosa disse:

    Muito bom ! Psicologicamente concordo quando diz ” um dos maiores desperdícios da vida é guardar mágoa.”. Fisicamente o maior desperdício é você ter e guardar uma coisa (qualquer coisa !!!) que não usa, sabendo que um semelhante seu pode precisar. Abs.

  2. Acredito também que tudo tem seu tempo na vida e a hora certa de o fazer. Muitas vezes só ter boas ideias, não trazem resultados, porque é necessário que se coloque-as em prática; porém muitas coisas faltam entre a ideia e a execução. É necessário se ter capital para investir, ou coragem para ir atrás dele. E nesse caso, vem aquele medo que paralisa e tira a vontade, o foco. Eu não diria desperdiçar a vida, mas, perder oportunidades.
    Acho que o maior desperdício, é aquilo que você pode fazer em prol de alguém, ou alguma coisa e não faz. Desperdiçando o tempo e a oportunidade de se melhorar espiritualmente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s