Estudo conclui que falta de sono afeta percepção emocional

Transcrevo mais uma descoberta sobre os prejuízos de uma noite de sono insuficiente, divulgada no site eCycle. Leiam a seguir:

“Estudo conclui que falta de sono afeta percepção emocional

Que falta de sono faz mal não é novidade. Alteração de humor, fadiga e dor de cabeça são apenas alguns “sintomas” desse mal. Mas, você sabia que falta de sono pode afetar a sua percepção emocional?

Sono

Estudos realizados na Universidade de Tel Aviv (TAU), em Israel, pela professora Telma Hendler, da TAU’s Sagol School of Neuroscience, Sackler Faculty ofMedicine, and School of Psychological Sciences, e conduzido pela estudante de graduação da TAU, Eti Ben-Simon, relacionam falta de sono com a má saúde emocional.

Dezoito voluntários, adultos, passaram por testes depois de uma boa noite de sono e depois de uma noite sem sono. Primeiro, eles tinham que detectar a direção de pontos amarelos enquanto eram distraídos por imagens positivamente emocionais (como gatinhos), negativamente emocionais (como corpos mutilados) e neutras (como uma colher). Quando bem descansados, os voluntários foram mais rápidos e eficientes em realizar a tarefa, sendo distraídos apenas pelas imagens emocionais; já quando estavam privados de sono, demoraram mais para concluir a tarefa, sendo distraídos pelas imagens emocionais (positivas e negativas) e pelas neutras.

Segundo Ben-Simon “pode ser que a privação de sono prejudique o julgamento universalmente, mas é mais provável que a falta de sono faça com que as imagens neutras provoquem uma reação emocional”. Ou seja, a falta de sono faz com que tudo ganhe um peso emocional e importante.

Os pesquisadores decidiram realizar outro teste, no qual os participantes tinham que realizar uma tarefa de concentração, enquanto imagens emocionais (positivas e negativas) e neutras passavam ao fundo. Os voluntários foram monitorados por meio de ressonância magnética e eletroencefalograma.

A equipe descobriu que, após apenas uma noite sem sono, os participantes eram distraídos por todas as imagens, enquanto, depois de uma noite bem dormida, eles se distraíam apenas com imagens emocionais. E puderam constatar que as amídalas cerebelosas, regiões do cérebro conhecidas por desempenhar papel na manifestação de emoções, se “acendiam” para todas as imagens nos voluntários privados de sono; nas pessoas descansadas, apenas imagens emocionais “acendiam” os locais citados.

Foi destacada também uma atividade estranha no córtex cingulado anterior, que acredita-se ser responsável por diversas funções anatômicas, envolvendo também funções cognitivas, como antecipação de recompensa, tomada de decisões, empatia, controle de impulsos e emoções. Em pacientes descansados, essa parte do cérebro “acendia” em sincronia com a amígdala, mas perdiam a sincronia quando privados de sono.

De acordo com Hendler, “esses resultados revelam que, sem sono, o mero reconhecimento do que é um evento emocional e neutro é interrompido. Podemos enfrentar provocações emocionais semelhantes de todo e qualquer evento, incluindo neutros, e perder nossa habilidade de distinguir informações mais ou menos importantes. Podendo levar a processamento cognitivo tendencioso e mau julgamento, assim como a ansiedade”.

A pesquisa foi publicada no The Journal of Neuroscience. Para evitar tais “efeitos colaterais”, confira algumas dicas para melhorar seu sono.

Fontes: nocamelsNeuroscience NewsScience DailyThe Journal of Neuroscience 

Publicado em – http://www.ecycle.com.br/component/content/article/67-dia-a-dia/4161-estudo-israelense-conclui-que-falta-de-sono-afeta-nosso-emocional.html
Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir o próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (acabo de retomar o projeto 'música para idosos'), além de assegurar espaços na agenda para reflexões e meditações. Gosto de ler, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Saúde. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Estudo conclui que falta de sono afeta percepção emocional

  1. Eis uma verdade. Comigo acontece assim; quando durmo o tempo suficiente, fico mais disposta, mais observadora. Porém o inverso acontece, sempre que durmo menos tempo que preciso. Uma semana abençoada!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s