“Grosseria pega e se espalha feito virus: quebre esse círculo vicioso”

Se praticar a gentileza, a atenção e a generosidade com o semelhante serve de inspiração para muita gente, formando o grande fenômeno que se chama “a corrente do bem”, o contrário também é verdadeiro.

Vejam a matéria que reproduzo abaixo, divulgada no site Só Notícia Boa, com resultado de pesquisas mostrando que se a pessoa é tratada de maneira indelicada, agressiva ou rude, ou tão somente presencia tal tipo de atitude, tende a reproduzir esse comportamento e, com isso, pode-se estar fomentando um movimento de contágio negativo, aí chamado de “corrente da hostilidade”.

Confiram a seguir: 

“Grosseria pega e se espalha feito virus: quebre esse círculo vicioso

Foto: reprodução

Quer melhorar sua relação com clientes, amigos e parentes? Aprenda a fugir de grosserias e de gente grossa, que vive soltando os cachorros.

Sim, a grosseria pode pegar tanto quanto gripes, viroses, ou qualquer outra doença infectocontagiosa.

Mesmo sem querer você acaba passando esse comportamento adiante, para gente que não tem nada a ver, e essas pessoas, sucessivamente, vão aumentando a onda da grosseria entre os seres humanos.

O que há de bom nisso? É que enxergando o problema e sabendo que a grosseria vai pegar em você, seu cérebro trabalha para se abster… e você pode ajudar a quebrar esse círculo vicioso.

A pesquisa

A descoberta foi feita depois que os pesquisadores analisaram três estudos sobre esse comportamento.

No primeiro, um grupo de voluntários presenciou uma figura de autoridade esbravejar com alguém que chegou atrasado, enquanto o outro viu de perto uma cena com uma atitude mais polida por parte da chefia.

Depois disso, ambas equipes tiveram que identificar rapidamente sequências de letras em um texto, exercício neurológico conhecido como tarefa de decisão lexical.

Os resultados finais do teste mostraram que as pessoas expostas a atitude grosseira encontraram mais rapidamente palavras de conotação rude no texto.

No segundo trabalho científico, um grupo de participantes viu um vídeo que mostrava interações ríspidas entre colegas de trabalho, enquanto outros voluntários assistiram cenas de relações harmoniosas no escritório.

Em seguida eles tiveram que responder e-mails para alguns clientes, que enviaram mensagens de forma muito rude, moderada ou normal.

Segundo os pesquisadores, os voluntários que assistiam ao “vídeo grosseiro” foram mais suscetíveis a interpretar os e-mails normais e moderados com agressivos, e responderam de acordo.

O último estudo submeteu os indivíduos à uma série de negociações com diferentes parceiros.

Ao longo do experimento, os cientistas perceberam que quando um participante negociou com um colega esquentadinho, replicou a mesma atitude indelicada com o colega seguinte.

De acordo com a pesquisa, o sentimento de hostilidade evocado pelo comportamento rude durou semanas.

Portanto, pense bem antes de soltar os cachorros em alguém, porque uma “corrente da hostilidade” pode se iniciar… e só Deus sabe onde isso vai parar.

Com informações do GQ “

Divulgado em – http://www.sonoticiaboa.com.br/2016/02/01/grosseria-pega-e-se-espalha-feito-virus-quebre-esse-circulo-vicioso/
Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir o próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (acabo de retomar o projeto 'música para idosos'), além de assegurar espaços na agenda para reflexões e meditações. Gosto de ler, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Motivação e crescimento humano, O ser humano no contexto das organizações. Bookmark o link permanente.

4 respostas para “Grosseria pega e se espalha feito virus: quebre esse círculo vicioso”

  1. Sandra Fayad disse:

    Respirar fundo, contar até dez , ler o que escreveu já suficiente para reescrever o texto ou calar-se diante de uma grosseria. tudo é questão de auto-controle e uma boa dose de sensatez.

  2. Acho que tudo acontece, porque o nível de estresse está bastante elevado e piorando, cada vez mais. As crianças de hoje, têm uma sobrecarga enorme! Não sobra tempo para serem apenas crianças. O afastamento dos pais de casa para o trabalho, contribui bastante e elas crescem intolerantes. Hoje além da grosseria, a hostilidade, a falta de educação e a intolerância estão em níveis, cada vez mais, elevados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s