“Invista em Autoconhecimento”!

pt.slideshare.net

Aprimorar o autoconhecimento é fundamental para um viver equilibrado e até mesmo feliz, no âmbito pessoal e também pelo lado profissional. Por conta disso, esse tema é dos mais evocados aqui no blog.

Apesar de se saber a importância do autoconhecimento, as pessoas, no geral, vivem na correria do dia a dia e nem sequer se conhecem como deveriam. Algumas frases e pensamentos famosos evidenciam essa importância. Por exemplo, bem antes de Cristo, com o advento da antiga filosofia grega, surgiu a máxima de Delfos: “Conhece-te a ti mesmo”. Por seu turno, atribui-se ao filósofo Platão o seguinte pensamento: “Tente mover o mundo – o primeiro passo será mover a si mesmo.” De outro lado, no âmbito da liderança, é usual a máxima: “Para ser um bom líder é preciso primeiro liderar a si próprio”.

Com efeito, reproduzo texto muito interessante sobre o tema, publicado no site bettemaria.com.br, com informações relevantes, abrangentes e que podem lhe ser úteis. Aliás, Bette Maria está promovendo neste Carnaval a semana do autoconhecimento, com textos e dicas diárias.

Quem sabe este recesso carnavalesco não venha a ser propício para você iniciar uma jornada de autoconhecimento? 

Leiam a seguir:

“Invista em Autoconhecimento

A maior e melhor jornada  que você pode fazer é conhecer a si mesma!  Você é a pessoa mais fantástica, misteriosa, e apaixonante que você vai encontrar em toda a sua vida.

Quanto você se conhece? Muito? Pouco? Nunca pensou sobre isso ?

A maior parte das pessoas acredita que se conhece, mas na verdade se conhece muito pouco, e alguns chegam a passar a vida toda sem entrarem em contato com seu Eu. Ou melhor seus Eus! Sim porque em todos nós habitam 3 Eus!

Isso mesmo, somos 3 dimensões em uma só pessoa: O Eu real, o Eu ideal e o Eu aparente.

O Eu real, como o próprio nome diz, é o nosso eu verdadeiro. É aquele que representa nossa essência o que verdadeiramente somos. Para alguns, é aquela parte que somente aparece quando se está sozinha, como por exemplo num momento de reflexão. O Eu ideal, abrange nossos ideais quanto a nós mesmas; tanto o que desejamos ser, quanto o que acreditamos que devemos ser. Sendo assim, há um desejo ou cobrança de sermos diferentes do que somos hoje e aí pode surgir uma não aceitação da maneira atual de ser. O Eu aparente, representa o que mostramos para o mundo, para as pessoas com as quais convivemos. Escolhemos demonstrar (ou não) alguns de nossos pensamentos e sentimentos e o fazemos através da fala, da fisionomia e através de nossas ações.

Existe uma cisão entre o Eu real e Eu ideal. Quanto maior for a distância entre ambos, maior será o desconforto e o sofrimento (auto sabotagens – falaremos mais deste tema durante a semana), por não sermos da maneira que julgamos ser a supostamente ideal. Uma grande distância entre o Eu real e o Eu aparente pode trazer muito sofrimento, pois quando escolhemos demonstrar algo muito diferente do que somos, pensamos ou sentimos, temos que despender muita energia para agradar os outros.

Todos esses aspectos estão dentro de cada uma de nós; são parte integrantes de nossa pessoa. Por isso lutar contra eles ou negá-los será inútil. O interessante é buscar identificar cada uma dessas partes dentro de si e compreender o funcionamento delas para, a partir daí, poder aprender a viver com mais harmonia e amor próprio.

Por isso, o autoconhecimento é fundamental para desenvolver o amor por si mesma e fortalecer a auto estima. É muito difícil alguém se conhecer interiormente quando a busca está sempre no externo, o caminho deve ser inverso, de dentro para fora, pois quando nos conhecemos realmente, conseguimos lidar melhor com nossas conquistas, erros, acertos, fracassos, sucessos e limitações.

A busca contínua pelo autoconhecimento é o que deve nos mover.  Quando possível, com a ajuda de um profissional do Coaching, ou até mesmo sozinha (Autocoaching – proposta desta semana), a pessoa deve imergir em seu interior, fazer-se perguntas reflexivas, sobre sua vida, comportamentos, anseios e ações e, a partir disso, a encontrar dentro de si todas as respostas e tudo o que precisa para atingir maior percepção de sua essência.

Ao conhecer-se o convívio interno será mais sereno buscando aproximar os diferentes aspectos do eu, trazendo assim menos sofrimento e menor dispêndio de energia. Duas possíveis maneiras de fazer isso são a auto aceitação e a transparência.

Para a auto aceitação é necessário amar quem se é e algumas vezes resignar-se também, mas isso não quer dizer nos acomodarmos ou nos conformarmos. Quanto à transparência, é preciso de coragem, para decidir mostrar sua realidade interna e não mais se esconder dos outros (e de si mesmo), tirar as máscaras,  que usamos para  nos defender dos perigos que enxergamos no mundo.

Entenda que o autoconhecimento é um caminho que não tem fim, mas que os resultados são tão benéficos e visíveis para a própria pessoa e para as outras de sua convivência, pois há a quebra dos comportamentos sabotadores e a eliminação das crenças limitantes, que antes eram inconscientes. Surgem então, a harmonia interior e com o mundo externo, o equilíbrio, a flexibilidade que vai certamente trazer melhora em todos os relacionamentos e aumento de realizações pessoais e profissionais, entre outros.

“Tente mover o mundo – o primeiro passo será mover a si mesmo.” (Platão).

Publicado em -www.bettemaria.com.br
Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir o próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (acabo de retomar o projeto 'música para idosos'), além de assegurar espaços na agenda para reflexões e meditações. Gosto de ler, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Motivação e crescimento humano. Bookmark o link permanente.

3 respostas para “Invista em Autoconhecimento”!

  1. bettemaria1960 disse:

    Muito legal Amigo Clovis ver que gostou do texto e compartilhou no seu Blog,que é uma referência em textos de excelência! O Convite está feito: Quem quiser imergir no caminho do Autoconhecimento e Autocoaching a hora é agora! Aproveitem o Carnaval! Acesse em: http://www.autocoaching.bettemaria.com.br/autocoaching-inscrevase ou direto pelo facebook: http://www.autocoaching.bettemaria.com.br/facebook-autocoaching

  2. A partir desse conhecimento, podemos interpretar nossos anseios, os nossos níveis de tolerância, nossas capacidades e até aonde somos capazes chegar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s