Pesquisa mostra que ter amigos diminui riscos de desenvolver doenças

Volto a falar sobre a importância das amizades, um dos meus temas preferidos. Hoje, dando ênfase à saúde, replico matéria com o resultado de pesquisa comprovando que cultivar o maior número de amigos, desde cedo, tem relação direta com a saúde da pessoa!

É um bom reforço da academia, com evidências científicas, ainda que seja para comprovar o que sempre ditou o bom-senso e o pensamento corrente. Bem-vinda a pesquisa!

Leia a publicação, divulgada no site Catraca Livre, a seguir transcrita:

Pesquisa mostra que ter amigos diminui riscos de desenvolver doenças

REDAÇÃO EM 7 DE JANEIRO DE 2016 ÀS 8:55

Pesquisa mostra que ter amigos é tão importante quanto alimentação saudável e atividades físicas

Uma pesquisa da Universidade da Carolina do Norte apontou que quanto mais amigos uma pessoa tiver da infância ao longo da vida, melhor será a sua saúde na adolescência e na velhice.

O estudo é o primeiro a vincular as relações sociais para evitar doenças como obesidade, inflamação e pressão arterial elevada, que em longo prazo podem causar doenças cardíacas, acidente vascular cerebral e câncer.

Para chegar à conclusão, foram analisados dados de quatro pesquisas realizadas com pessoas dos Estados Unidos. Os cientistas avaliaram integração, apoio e pressão nos relacionamentos e como as amizades de cada pessoa se associavam aos quatro fatores ligados ao risco de mortalidade: pressão sanguínea, circunferência da cintura, índice de massa corporal e circulação da Proteína-C Reativa, que mede a inflamação.

“Com base nestes resultados, deve ser tão importante encorajar adolescentes e adultos jovens para construir relacionamentos sociais amplos e a desenvolver habilidades sociais para interagir com os outros tanto quanto a ter uma alimentação saudável e ser fisicamente ativo”, comenta Kathleen Harris, uma das pesquisadoras.

De acordo com a pesquisa, o isolamento no período da adolescência aumenta o risco de inflamação e obesidade abdominal. Já na velhice, aumenta os riscos de diabetes e hipertensão.

Na idade adulta, o número de conexões não importa tanto. O mais relevante é que os amigos possam dar apoio sempre que preciso.

“Nossa análise deixa claro que os médicos e outros profissionais da saúde devem redobrar seus esforços para ajudar o público a entender como os laços sociais são importantes ao longo de nossas vidas”, explica Yang Claire, outra pesquisadora.

Fonte – https://catracalivre.com.br/geral/saude-bem-estar/indicacao/pesquisa-mostra-que-ter-amigos-diminui-riscos-de-desenvolver-doencas/
Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir o próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (acabo de retomar o projeto 'música para idosos'), além de assegurar espaços na agenda para reflexões e meditações. Gosto de ler, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Motivação e crescimento humano, Saúde. Bookmark o link permanente.

5 respostas para Pesquisa mostra que ter amigos diminui riscos de desenvolver doenças

  1. Acho que amigos fazem bem sim. Mas tudo a sua hora e seu momento. Sem excessos. Beijos

  2. Sandra Fayad disse:

    Hoje está mais fácil fazer e manter amigos. Nestes tempos de internet, temos a oportunidade de reencontrar desde antigos colegas de escola até novos amigos através de amigos já existentes. Lamentavelmente, na maioria dos casos, a amizade fica em um nível superficial, porque o contato direto está mais difícil.

    • JCDattoli disse:

      Sem dúvida, Sandra, vai uma grande diferença entre o amigo virtual, por exemplo aquele do Facebook, e o real e verdadeiro. Mas penso que uma coisa não prejudica a outra!
      Obrigado por comentar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s