Hábitos para uma vida mais simples. Por que não?

Mais um interessante artigo, entre tantos já publicados aqui a esse mesmo respeito, transcrito do blog PITACOS E ACHADOS, com dicas de alguns hábitos que podem contribuir para um estilo de vida mais leve. São atitudes, ao alcance de todos, relacionadas ao autoconhecimento, ao autocontrole e à vida no aqui e agora, que seguramente ajudam na conquista do bem viver!

Leia a transcrição a seguir:

“2016 – Para uma vida mais simples!

viva feliz

Olá pessoal!!

Não é preciso ser supersticioso ou religioso para ter a inevitável sensação de inquietude que a virada de ano provoca.

É a época ideal para refletir sobre as conquistas e decepções do ano que se encerra, mas também a oportunidade de encarar a própria vida de um modo novo. Aceitar e superar as frustrações ajuda a seguir em frente, senão a gente fica parado. Desapegar, seja com objetos, pessoas, situações ou sentimentos, é chave para uma vida mais simples.

Por uma vida mais simples

Veja hábitos que ajudam a viver de modo mais pleno.

1. Foque no presente – No livro O poder do agora, o autor alemão Eckhart Tolle diz que a mente humana foge do presente, voltando a sofrimentos do passado ou criando um futuro idealizado. Abandone a racionalização excessiva e viva os momentos em plenitude. Seja consciente e agradeça pelas coisas e pessoas como elas são agora.

2. Fortaleça os laços afetivos – Presentes e outras coisas materiais não se equivalem a um olhar sincero, um abraço acolhedor ou uma conversa compreensiva. Se interesse pelas pessoas e suas histórias, há sempre algo para ser aprendido e bons sentimentos para serem espalhados. Valorizar o humano e o afeto apazigua nossas emoções.

3. Reserve tempo para você – Comece por exercícios que promovam meditação ativa, em que você não fica parado, mas entra em contato consigo mesmo. Vale caminhar, fazer ioga, dançar, entrar em contato com a natureza, ouvir uma música ou ler um livro. São momentos importantes para se conectar com seu interior e perceber seus sentimentos.

4. Monitore suas emoções – Não aja no automático. Reflita sobre suas relações com as pessoas e sua reação diante das situações que se colocam em sua vida. Raiva, rancor e tristeza evocam feridas profundas que precisam ser investigadas e resolvidas. Só com essa observação e esse autocontrole se mantém constante a vontade de melhoria para deixar a vida mais leve e feliz.

5. Agradeça sempre – Quando estamos frustrados com o passado ou ansiosos com o futuro, deixamos de olhar o mundo ao nosso redor. Muitas expectativas e reclamações puxam a energia da vida para baixo. Mesmo quando as coisas não acontecem da maneira como gostaríamos, a gratidão pelo aprendizado é algo que nos permite superar sofrimentos e seguir em frente.

A gratidão é o grande segredo das pessoas que vivem felizes. Não é só agradecer as conquistas, mas também o que não se conquistou. Celebre o que você é, onde está e o que tem. É uma forma simples de transformar o pensamento negativo em positivo.

Olhar para si também é importante para se autoconhecer e despertar para uma vida mais plena. A gente nunca consegue ser feliz se ficarmos nos comparando aos outros, olhando para o exterior. Olhe para dentro de si, descubra suas limitações e oportunidades de ser alguém melhor.

Fonte – http://pitacoseachados.com/2015/12/28/2016-para-uma-vida-mais-simples/
Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir o próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (acabo de retomar o projeto 'música para idosos'), além de assegurar espaços na agenda para reflexões e meditações. Gosto de ler, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Meditação e Espiritualidade, Motivação e crescimento humano. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s