Reportagem traz dicas e fala da emoção de viajar de trem pela Europa!

Para uma sexta-feira, nada melhor do que falar de viagem e de emoção!

Sobre o tema, replico (abaixo) excelente reportagem, publicada no site Só Notícia Boa, dando várias dicas e mostrando as emoções de se viajar de trem pela Europa.

A tirar pela experiência que tive, com longa viagem ferroviária entre a Itália e a França, posso assegurar que é mesmo uma excelente opção para os viajantes, por diversos aspectos, sobretudo pelo fato de que a jornada deixará registros na sua memória que serão inesquecíveis!

“Emoção de viajar de trem na Europa: melhor que avião

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação
Por Thiago Inter, do Próximo Embarque

Em nome da aventura, viajar de trem na Europa é uma experiência bem mais emocionante do que viajar de avião.

E isso é pelo percurso, pelas pessoas que conhecemos e pelas vistas maravilhosas da janela.

Nas nossa viagem mais recente à Europa utilizamos os dois meios de transporte.

Fizemos um trecho entre Lisboa – Roma e Londres – Lisboa de avião.

Depois visitamos Itália, França, Holanda, Bélgica e Reino Unido de trem.

Mais de 15 cidades visitadas e seis países. Somente Portugal ficou fora da rota de trens, por ficar longe dos outros destinos que visitaríamos.

trem_viagem3

trem_viagem2

Comprar a passagem

Existem várias formas de comprar passagens de trem. Você pode escolher pelos sites das empresas Eurorail, Eurostar e Rail Europe, ou ainda adquirir o trecho que você quiser nos balcões de vendas nos terminais de trem.

O processo no site é o mesmo ao obter passagens de avião: selecionando datas de ida e volta, além dos horários desejados.

Aí chega a hora que você tem que definir o custo-benefício. Se for passar pouco tempo viajando pelos países europeus pode valer a pena comprar os tíquetes avulsos, ou no site ou nos balcões.

Se for passar um mês ou mais, pode ser interessante comprar aqueles passes pré-definidos entre os países que você visitará.

trem_viagem4

Nossa viagem durou um mês, depois de avaliar os preços, pesquisar os passes casados e os avulsos, decidimos que ficaria em conta comprar o Select Pass, pela Eurorail.

Esta escolha nos deu acesso para visitar Itália, França, Holanda, Bélgica e Luxemburgo. Com um número de viagens limitados e válidos durante 3 meses, a contar a data da validação, que você faz no dia que pretende viajar nos guichês dos terminais.

Os passes chegaram em casa pelo correio no dia previsto, sem sustos.

A passagem entre Bélgica e Londres, compramos em um guichê da Euro Rail em Amsterdã. Se comprássemos todas as passagens avulsas, elas sairiam bem mais caro.

A qualidade dos serviços é de dar inveja a qualquer transporte brasileiro. Trens confortáveis, com restaurantes e serviços de bordo.

Se você for maior de 21 anos, vai pagar um pouco mais caro nos passes mas terá direito a viagens de primeira classe.

No trecho entre Bélgica e Londres, o vagão contava até com wifi, que não falhou durante o percurso no canal da mancha. Vale a pena!

Vantagens e Desvantagens

Viajar de avião é, obviamente, mais rápido e pode ser bem mais barato. Mas estamos falando de conhecer a Europa e não existe nada melhor que cortar o velho mundo de trem.

As imagens da janela são incríveis. Mas aí é uma questão de estilo de cada viajante. Você também pode aproveitar e organizar seu roteiro para descer em pequenas cidades europeias.

Outra vantagem do trem é que você não precisa chegar duas horas antes para fazer check-in para viagens internacionais e uma hora para nacionais.

Com a reserva em mãos, basta chegar no horário e entrar no vagão.  Isso te dá mais tempo na cidade que está visitando.

Mas fique atento, isso funciona em trechos da União Europeia regidos pelo Tratado de Schengen. Ou seja, se fizer uma viagem entre os países que assinam este acordo, não precisa chegar com antecedência.

Mas esta dica não vale para quem viaja entre Bruxelas e Londres, por exemplo. Como o Reino Unido não assinou o acordo, você deverá passar novamente pela imigração (aquela conhecida fila), passar a bagagem pelo Raio-X e aguardar na sala de embarque.

trem_viagem5

Dicas:

– Cuidado com as compras em cima da hora. Os tíquetes dos trens também esgotam, como os dos aviões, e também podem ficar mais caros se comprados assim.

– Evite multas salgadas! Carimbe seu passe no primeiro dia de viagem para validá-lo e preencha o passe com seu nome e, sempre que viajar, coloque a data da viagem.

– Quando você compra o passe pelo site (ex: Select Pass), ainda assim, você pagará para reservar alguns trens nas viagens que você selecionará. Fizemos tudo isso nos balcões dos terminais, um dia antes de cada viagem, por isso optamos sempre em ficar em hotéis perto destes lugares, facilitando as viagens. O valor pode chegar a € 20,00. Mas, como disse, fazendo as contas pode ser mais vantajoso.

– A não ser que esteja bem-disposto, e até a dormir no trem, evite os trechos muito longos. Pegamos um dia inteiro de viagem entre Florença e Paris. A viagem foi estressante, apesar do conforto dos trens, mas é complicado dormir com barulho dos trilhos e as paradas que fazem em várias cidades.

– Nunca dê uma de espertinho nas viagens nem se desligue. Muita gente esbarra nos funcionários que revisam os tíquetes de todos os passageiros. Portanto, esteja com os passes assinalados, a reserva e o passaporte. Se comprou a passagem avulsa, guarde-a consigo durante a viagem. Os fiscais dos trens sempre passam checando para evitar os viajantes clandestinos.

– Geralmente as bagagens vão com você no seu vagão e ficam em um lugar específico. Pra ficar tranquilo durante a viagem, você pode levar uma corrente de bicicleta para prender sua mala no ferros disponíveis no bagageiro. Alguns vagões também contam com a opção de colocar as malas acima dos assentos, muito parecido com os aviões.

Boa viagem!

Com informações do PróximoEmbarque “
Fonte – http://www.sonoticiaboa.com.br/2015/10/22/emocao-de-viajar-de-trem-na-europa-melhor-que-aviao/
Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir o próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (acabo de retomar o projeto 'música para idosos'), além de assegurar espaços na agenda para reflexões e meditações. Gosto de ler, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Viagens. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Reportagem traz dicas e fala da emoção de viajar de trem pela Europa!

  1. Esse é o meu sonho; fazer essa viagem de trem pela Europa. Acho uma viagem encantadora, onde se tem oportunidade de ver maravilhosas paisagens, fora o conforto e comodidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s