Você está atendo aos seus críticos (ou sabotadores) internos? Cuidado com eles!

Quero refletir hoje sobre um fator que pode nos limitar bastante e comprometer a nossa ação, o nosso desempenho, a nossa evolução e qualidade de vida: Os pensamentos – aqueles que funcionam como críticos e sabotadores internos!

Vejam e atentem para o diagrama abaixo, publicado pela Psicóloga Luciana Souza (https://www.facebook.com/psicologalucianasouza/photos/a.324721244405788.1073741830.254259118118668/340433119501267/?type=1&theater):

De pronto, perceba que tudo começa com os estímulos proporcionados pelos pensamentos! E para ser objetivo, vou direto ao ponto, enfocando – e pedindo a sua atenção – para os pensamentos negativos, os críticos internos ou sabotadores, que todos nós temos. Com efeito, o verdadeiro problema é quando esses (auto) estímulos ganham prevalência e intensidade, tornando-se crenças, valores, “verdades”, o que acontece com muita gente. No caso, esses pensamentos, em intensidade cada vez maior, se repetem e geram emoção, criando um círculo vicioso em que a emoção alimenta os pensamentos. Com esse quadro instalado, as consequências negativas podem se manifestar de diversas formas, como medo (medo de fazer, de não dar certo, de ser criticado, de perder tempo, dinheiro etc.), infelicidade, adoecimento…  A experiência mostra que essa é das principais causas pelas quais a pessoa não avança, não chega ao sucesso e à realização pessoal e/ou profissional!

É preciso estar muito atento a esse fenômeno, que no coaching chamamos de pensamentos (ou crenças) limitantes. Se você não está satisfeito com a sua condição ou ritmo de vida atual, analise o seu comportamento, e melhor ainda, a sua forma de pensamento, o chamado “comando mental (mindset)”. Para tanto, convém buscar ajuda para identificar esses fatores limitantes, pois em situações como essas a visão externa sobre você, a opinião de um terceiro, mostra-se naturalmente mais eficaz, por questões óbvias. Recorra a pessoas da sua confiança, peça opinião e escuta com a mente aberta, sem colocar-se na defensiva.

Agora, realizada essa análise e diagnóstico, encontre mecanismos para neutralizar os críticos internos, os seus “auto boicotadores”. Sem prejuízo de contar com a ajuda de bons profissionais, que eu sempre recomendo, uma sugestão de ação para início imediato, que só depende de você e não apresenta contra-indicação, é começar a prática da meditação regular. A meditação lhe permitirá aquietar a mente, afastar os pensamentos, reduzir a ansiedade, o ritmo cardíaco e respiratório, se conhecer melhor e buscar o necessário discernimento.  Com isso, sem o domínio dos pensamentos, a emoção é controlada e a pessoa volta a ser ela mesma, plena e em equilíbrio, tendo a mente a seu favor!

A esse respeito, destaco duas frases marcantes, bastante profundas e incisivas, de Shri Mataji Nirmala Devi, a líder indiana e fundadora da Sahaja Yoga, já referida algumas vezes aqui no blog:

“Você não poderá conhecer o verdadeiro significado da sua própria vida enquanto não estiver conectado com o Poder que o criou”.

“A meditação é a única maneira através da qual você poderá crescer. Não há outro meio”.

Ainda sobre o tema dos sabotadores internos, e complementarmente, recomendo um livro que estou lendo atualmente, muito interessante, que é sucesso nos Estados Unidos (entre os mais vendidos no New York Times), chamado INTELIGÊNCIA POSITIVA, de Shirzad Chamine, editora FONTANAR.

“Sua mente é sua melhor amiga. Mas também é sua pior inimiga.”

O autor, conceituado coach norte-americano, comenta sobre os principais tipos de sabotadores e, ao longo do livro, sugere técnicas e ferramentas para ajudar as pessoas a alcançar o verdadeiro potencial tanto para o sucesso profissional como para a realização pessoal. Como registrado na contracapa, “A Inteligência Positiva lhe permite medir e melhorar significativamente a porcentagem de tempo que sua mente funciona em seu favor em vez de sabotar você.” Vale a pena conferir!

Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir o próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (acabo de retomar o projeto 'música para idosos'), além de assegurar espaços na agenda para reflexões e meditações. Gosto de ler, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Frases célebres, Livros e leitura, Motivação e crescimento humano. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Você está atendo aos seus críticos (ou sabotadores) internos? Cuidado com eles!

  1. Já observei que é assim. Quando estamos preocupados com algo que não vai bem, acabamos por deixar pior. A preocupação, gera maior preocupação até que tenhamos comprometido todo nosso sistema emocional, o que influi no comportamental. Todo acaba por ficar pior do que de fato o é.

    • JCDattoli disse:

      Obrigado por comentar, Lúcia. A questão é que, muitas vezes, pensamento/comportamento que deveria merecer preocupação, atenção e correção, por comprometer o desempenho e evolução da pessoa, é mantido, causando os prejuízos que menciono no texto!
      Abs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s