Atenção: Utensílios de uso diário que são tão sujos (ou até mais) do que o vaso sanitário!

                                    

Crédito de imagem – www.mamaesvaidosas.com.br

Replico excelente matéria, publicada no site eCycle, mostrando as coisas (utensílios) que usamos, ou temos contato em nossa residência, que podem até ser mais sujas do que o vaso sanitário.  E, ao final, teremos um vídeo interessante, ainda mais completo, com 10 coisas muito sujas com as quais convivemos em casa e no trabalho!

Gostei de ser alertado sobre essas realidades, que regra geral nos passam despercebidas, e mais ainda das dicas de como “administrar” esses focos de germes e bactérias. Vejam a seguir:

“Surpreenda-se com cinco coisas presentes em casa que são tão sujas quanto o vaso sanitário

Esponja, torneira, escova de dentes, toalha e controle remoto são tão sujos quanto um assento do vaso sanitário

Controle remoto

Por motivos óbvios, o banheiro é considerado o local mais sujo da casa, afinal, é lá que “deixamos” toda a nossa sujeira, seja na hora do banho, ou no momento de fazer as necessidades fisiológicas. Assim, germes e bactérias podem se proliferar rapidamente nesse espaço. O “campeão” é o vaso sanitário, mas não é só nele e nem apenas no banheiro que a sujeira se concentra no ambiente doméstico.

A eCycle lhe apresenta a seguir cinco preocupações que você precisa ter em sua casa, com relação a itens e locais, para evitar a proliferação de microorganismos:

Esponjas

As esponjas de banho e cozinha, como têm a função de limpar e estão em contato direto com a pele e a louça, estão sujeitas a atraírem diversos germes e bactérias. E não é só isso – pode-se dizer que esses itens são o paraíso desses microorganismos. Parece exagero, mas é possível que, dependendo do estado da esponja, ela esteja mais contaminada do que o próprio assento do vaso sanitário da sua casa. Para evitar isso, aprenda métodos de como descontaminar sua esponja de cozinha.

Torneira da pia

Quando você está cozinhando um frango para o almoço ou jantar, você leva-o, ainda cru, para uma panela. Depois disso, abre a torneira da sua pia para lavar as mãos com sabão. Em seguida, continua a cozinhar. Esse método parece não ter nenhum problema, mas tem. Acontece que, ao realizar esse processo simples, a parte viscosa do frango cru que estava em suas mãos penetra no interior da torneira. E, apesar de ser o mecanismo que permite a limpeza da louça, ela quase nunca é higienizada. Por isso que, em situações como essa, sua torneira se transforma em uma legítima fábrica de bactérias. Para se prevenir, limpe sua torneira com água e vinagre branco, utilizando uma bucha natural desinfetada e uma escova de dentes antiga (veja mais).

Escovas de dente

É muito importante que você escolha um bom lugar para guardar sua escova de dentes – de preferência, longe do vaso sanitário. Isso porque caso os dois fiquem perto um do outro, a bactéria E.coli pode migrar do vaso para a sua escova. Lave sua escova antes e após o uso para remover qualquer sujeira. Se possível, faça a imersão da escova em um antisséptico bucal durante a noite. Outra opção eficiente é a colocação da escova de dente no microondas durante sete minutos para eliminar as bactérias (veja aqui um estudo sobre a esterilização de escovas dentais em fornos de microondas). E se a sua escova estiver em condições ruins, aproveite-a na limpeza do dia-a-dia.

Toalhas

Toda vez que você se enxuga com uma toalha de banho, células mortas da pele do seu corpo se mantêm no tecido e acabam se tornando alimento para as bactérias que costumam se desenvolver em ambientes úmidos. E se você reutiliza uma toalha suja, as bactérias podem se transferir de volta para seu corpo, proliferarem-se, e serem responsáveis por infecções, principalmente se a variante estafilococos entrar em contato com a pele. Para limpar suas tolhas, lave-as em água quente, pelo menos, uma vez por semana.

Controle remoto

Apesar de não costumar ser encontrado no banheiro ou na cozinha, o controle remoto é um local ótimo para as bactérias fazerem a festa. Ainda mais se ele não for limpo com frequência. Toda vez que uma pessoa se alimenta em frente à televisão, milhares de bactérias estão se espalhando pelo seu controle remoto. Por isso, é necessário que você faça, uma vez por mês, um esforço a mais para abrir o pequeno aparelho e limpar todas as peças individualmente, incluindo os botões de plástico (com uma escova de dentes antiga e um pouco de vinagre). Fazendo isso, você poderá navegar pelos canais com segurança.

Confira no vídeo abaixo (em inglês) dez coisas que são mais sujas que um assento do vaso sanitário:

Fonte – http://www.ecycle.com.br/component/content/article/35-atitude/1354-se-surpreenda-com-cinco-coisas-em-sua-casa-que-sao-tao-sujas-quanto-o-assento-do-vaso-sanitario.html

Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir o próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (acabo de retomar o projeto 'música para idosos'), além de assegurar espaços na agenda para reflexões e meditações. Gosto de ler, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Saúde, Vídeos diversos. Bookmark o link permanente.

8 respostas para Atenção: Utensílios de uso diário que são tão sujos (ou até mais) do que o vaso sanitário!

  1. Sandra Fayad disse:

    Na minha casa, quinzenalmente, esterilizo inclusive chaves, controles remotos dos portões e bolsas. Temos também o hábito de lavar a sola dos sapatos quando retornamos da rua. Sei que não é suficiente, reduz um pouco a quantidade de bactérias. Por outro lado, é preciso ter cuidado para não se escravizar, limpando tudo o tempo todo. Enquanto nossas defesas naturais funcionarem tudo bem, não é?

  2. antonio torquato dos santos disse:

    Estamos(Eu e Elita) sempre atentos nesse sentido. Agora mesmo estabelecemos novas rotinas de serviço a serem cumpridas por nossa Auxiliar. O alerta é sempre bem-vindo, principalmente para aqueles que estão com o seu sistema imunológico um pouco debilitado.

  3. Sílvia disse:

    Impressionada com essa matéria. Vou divulgar.

  4. É verdade sim. Por isso recomenda-se trocar sempre as buchas. E a lavagem das torneiras devem ser diárias. A verdade é que estamos expostos cotidianamente a bactérias e podemos evitar muita coisa, tomando algumas medidas diárias. Porém, é preciso evitar que esses cuidados não se transformem em TOC. Tudo na medida certa. Bela matéria!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s