Saiba mais sobre o desmatamento e o comércio ilegal de madeira na Amazônia – Relato importante!

Crédito de imagem– www.ebc.com.br

A propósito das mudanças climáticas que se acentuam e já afetam estados e cidades pelo Brasil afora, quero refletir hoje sobre o meio ambiente, mais precisamente sobre a ação destruidora das práticas humanas, na sua maioria movida fundamentalmente por interesses individuais e econômicos, fruto do execrável egoísmo do homem, muito provavelmente encorajado pela inação governamental. Cada vez mais sentimos na pele os desequilíbrios verificados na natureza, que têm diversas origens. E sabidamente o desmatamento é uma delas; no Brasil, talvez a mais importante!

Bem, apesar de não ser novidade, é bom sabermos que o processo de destruição da reserva amazônica continua, conforme tem sido noticiado. Desta feita, a corajosa e elogiável organização Greenpeace comprovou que o processo criminoso de destruição das árvores da Amazônia segue o seu curso e, mais ainda, mostrou (com boa riqueza de detalhes), em recente relato, como isso acontece, utilizando-se do rastreamento de caminhões de transporte de madeira, feito por satélite. Como informado, a quantidade de madeiras retirada ilegalmente é um absurdo: 5 milhões de árvores entre 2007 e 2012!

Precisamos estar informados sobre isso e, principalmente, cobrar das autoridades ações concretas para barrar essa ação destruidora. Todos somos vítimas do reportado processo e as consequências estão aí: aumento da temperatura, assoreamento e redução progressiva do volume dos rios, etc. Sinceramente, é preciso dar um basta nisso. Mais do que bom senso, agir contra essas práticas nocivas ao meio ambiente é questão de sobrevivência para o próprio homem, como se pode perceber claramente a cada dia. Não acredito que falte competência para se coibir e resolver esse antigo problema brasileiro!

O consistente relatório do Greenpeace, que foi concluído em outubro passado, traz muitos detalhes e oferece anexos com importantes documentos para melhor entendimento da situação. Vejam, abaixo, link da matéria divulgada hoje no twitter, com o título “Chega de Madeira Ilegal”.

http://chegademadeirailegal.org.br/

Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir o próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (acabo de retomar o projeto 'música para idosos'), além de assegurar espaços na agenda para reflexões e meditações. Gosto de ler, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Meio ambiente. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Saiba mais sobre o desmatamento e o comércio ilegal de madeira na Amazônia – Relato importante!

  1. O pior de tudo é saber que não se faz nada. A natureza dá sinal de revolta. Existem alterações gritantes, no clima e até mesmo, nas estações do ano. As pessoas não pensam nas conseqüências e seguem indiferentes a tudo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s