Fotos que retratam o fim do diálogo nos dias atuais? – Reflexão!

Crédito de imagem – jornalreacionario.blogspot.com

A minha publicação hoje é uma reflexão e também um alerta sobre comportamento nos dias atuais. Não por acaso, uma provocação inicial: estamos perdendo a capacidade de dialogar e de dar atenção ao outro? Tudo indica que, no geral, a resposta é sim!

E vamos focar apenas em um dos “vilões” que podem estar contribuindo para esse fenômeno: o telefone celular. Quem diria?

Fato concreto é que esse aparelho pessoal, cada vez mais inteligente pelos recursos que oferece, por isso mesmo chamado de smartphone, encanta, se torna útil e envolve tanto as pessoas que fica irresistível para os mortais não estar em contato com o aparelho, usando-o ou simplesmente brincando com ele. Talvez mais do que necessidade, pode já está virando uma mania, ou um vício: a gente lê, passa, responde emails, idem as mensagens de WhatsApp, SMS, Messenger…, se comunica pelas redes sociais, acessa sites diversos e faz infinitas buscas na Internet, ouve alguma coisa, estuda etc., etc., etc. Ah, e também usamos o “aparelhinho” para falar!

O problema é que a pessoa, com esses hábitos crescentemente incorporados ao seu modo de viver, pode estar perdendo o jeito, o gosto, a capacidade de prestar atenção às coisas em geral e, em particular, aos outros, deixando de dar atenção, de dialogar. Ou seja, o nosso “amigo” celular está nos levando cada vez mais a um isolamento, por excesso de ocupação individual do seu portador, forjando um comportamento que muitas vezes pode não ser saudável, chegando ao ponto de ser – ou parecer ser – deselegante com os outros.

E para nos ajudar nessa reflexão, vejam breve matéria e 12 fotos que foram postadas por Jéssica Ragazi, no site Tudo Interessante (a seguir). Como flagrado pelas câmeras, é cada vez mais generalizada, por onde quer que estejamos, a prática dessas situações, envolvendo de jovens a idosos, de qualquer gênero, faixa de renda etc. Pior é que podemos (eu, você) estar indo pelo mesmo caminho. São tipos de comportamento que, em excesso, podem ir além da deselegância, chegando a adoecimentos e diversas outras consequências. Convém ficarmos atentos!

“Você se identifica com alguma dessas situações? 12 Fotos que retratam o fim do diálogo

Todos temos consciência de como ter um smartphone por perto facilita nossas vidas e nos aproxima de pessoas que estão longe através das redes sociais. Porém, enquanto alguns sentem que estão rodeados de companhias virtuais, as pessoas que os cercam na vida real estão extremamente distante deles, e vice-versa.

O fotógrafo Babycakes Romero resolveu fazer um registro de como as relações humanas estão sendo prejudicadas pelo uso excessivo do celular. Segundo ele, antes dos smartphones ganharem força entre as pessoas, elas não tinham escolha a não ser interagir. Agora, todos podem fingir que estão fazendo algo importante no celular ao invés de pensar em algo pra dizer, e isto está matando o diálogo.

Então, em quais destas situações você já esteve? Quantas vezes você deixou alguém de lado ou foi deixado de lado por causa do celular?

1.

2.

3.

fim-diálogo-03

4.

fim-diálogo-04

5.

fim-diálogo-05

6.

fim-diálogo-06

7.

fim-diálogo-07

8.

fim-diálogo-08

9.

fim-diálogo-09

10.

fim-diálogo-10

11.

fim-diálogo-11

12.

fim-diálogo-12

Como podemos ver nas fotos, além do silêncio que toma conta das pessoas, parece que há uma tristeza inerente. É um belo trabalho do fotógrafo para chamar a atenção do mundo para este problema tão corriqueiro e grave. Segundo ele, devemos ser fortes e nos libertar dessa situação, trazendo de volta o bom e velho diálogo entre as pessoas que estão ao nosso redor.  Fonte – BoredPanda 

Publicado em – http://www.tudointeressante.com.br/2014/10/voce-se-identifica-com-alguma-dessas-situacoes-12-fotos-que-retratam-o-fim-do-dialogo.html
Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir o próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (acabo de retomar o projeto 'música para idosos'), além de assegurar espaços na agenda para reflexões e meditações. Gosto de ler, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Fotos e imagens, O ser humano no contexto das organizações. Bookmark o link permanente.

5 respostas para Fotos que retratam o fim do diálogo nos dias atuais? – Reflexão!

  1. Zé Rosa disse:

    Muito bom, oportuno e atual o post.
    Entretanto uma crítica é importante, pelo fato de ter tratado do ‘vilão’ da vez, o celular.
    A frase é batida, se não me engano a primeira vez que li foi no livro A Sociedade em Rede, de Manuel Castells, mas é importante lembrar: “A primeira lei de Kranzberg diz: A tecnologia não é nem boa, nem ruim, e também não é neutra.”. Ou seja, quem faz da tecnologia boa ou ruim é o seu uso pelo homem.
    Abraços,
    José Rosa.

    • JCDattoli disse:

      Ok, Zé. Bem colocado!
      Estou plenamente de acordo com você. É isso mesmo e o espírito do texto é exatamente nesse sentido, porque tudo está em nosso poder (do homem). É o mesmo que se pode dizer do tempo: o tempo não é bom nem ruim; ele é, simplesmente, o tempo!
      Obrigado por seguir participando.

  2. É assim mesmo. Tenho essa imagem aqui em casa. Até meu neto de 3 anos, fica no sofá jogando. Ele sabe muito mais que eu. Só tem uma vantagem nisso, as crianças estão aprendendo a ler e escrever desde cedo, exatamente pela necessidade de utilizar o aparelho. Ele já sabe entrar no youtube e procurar os vídeos que gosta, entrar no washtsapp. Ele não escreve, mas sabe procurar pela foto, quem quer falar, clica e deixa recados de voz. Acho que tem um lado bom, outro ruim. Mas é preciso limitar o uso. Coisa difícil entre os jovens. Bjs

  3. Sandra Fayad disse:

    Essa realidade me deixa triste. Vejo que cada vez mais o homem se confunde com a máquina. E penso nos filmes de ficção das décadas de 80/90, em que tudo isso parecia impossível de se transformar em realidade. O que parece difícil é ser diferente, agir diferente. Particularmente, fico com a impressão de que estou desatualizada, emburrecida. Então rendo-me à máquina, em uma luta interna e externa interminável.

    • JCDattoli disse:

      Sem dúvida, Sandra. A realidade retratada no post é mesmo avassaladora. Ficar absolutamente alheio a esse avanço do mundo moderno, por múltiplas razões, não me parece razoável. Acho até impossível! Mas entendo que as pessoas mais experientes sabem (saberão) tirar o melhor proveito da tecnologia, sem os excessos comuns dos jovens. Precisamos encontrar a dosagem certa de uso para evitar contraindicações!
      Obrigado por registrar mais uma vez sua opinião e expressar seu sentimento.
      Abs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s