“Somos livres, musicais e eternos” – Um texto inteligente, para refletir!

Imagem: http://www.walden4.com.br/pww4/index.php?title=Arquivo:Freedom-life-coach.jpg

“Acredite em você, acredite nos seus sonhos e não imponha limites à liberdade da existência.”

Publico hoje texto inédito, sobre  a liberdade interior e a capacidade de sonhar dos seres humanos, com o título “Somos livres, musicais e eternos“, de autoria da jornalista Daiana Barasa.

A autora nos instiga a refletir sobre o nosso comportamento, a nossa forma de viver, sobre a maneira como encaramos situações problemáticas e, em essência, se olhamos os acontecimentos cotidianos com o viés positivo ou negativo. Daiana argumenta que sonhar e acreditar nos sonhos é um bom caminho para a plenitude e importante mecanismo para evitar adoecimentos que se mostram crescentes na vida atual. Em síntese, traz boas reflexões sobre o bem viver!

Vejam o texto a seguir transcrito:

“Somos livres, musicais e eternos

“Nós somos feitos do tecido de que são feitos os sonhos”

Daiana Barasa

Como você costuma se comportar diante de uma adversidade? Você é do tipo de pessoa que sempre materializa uma luz do fim do túnel? Ou é enfático afirmando que não há solução?

Qual o seu posicionamento em relação à vida profissional, sentimental, em relação à família? Você tem sonhos? Ou melhor, a realidade e os problemas cotidianos têm lhe impedido de crer nos seus sonhos?

Há algum tempo que reflito sobre a frase do autor inglês William Shakespeare “Nós somos feitos do tecido de que são feitos os sonhos”. E que tecido seria esse? Acredito que esse tecido é formado pela liberdade, por música e pela eternidade.

É a liberdade que leva o ser humano para lugares que ele jamais imaginou chegar. Aliás, é a liberdade que faz o homem idealizar sonhos grandes. O exercício de ser livre interiormente não impõe limites à grandiosidade de sonhar e de idealizar.

E o que seria da humanidade, ainda mais no estado tão desumano que insiste em se sobrepor, se não fosse a música? O que seria da vida sem a combinação infinita de acordes, sem a orquestra ainda que inaudível que é trilha sonora do complexo e imperfeito exercício de viver?

E quanto à eternidade? Quando sonhamos, algo se perpetua. Acredite! Sonhos daqueles que são construídos em bons sentimentos são capazes de se manter além da morte. Aliás, aqueles construídos sobre maus sentimentos também, mas com a diferença de que serão apenas motivo de lamentação e referência do que faz adoecer a alma.

Mas o preocupante nos dias atuais é que muitas pessoas têm perdido a força de lutar pelos próprios sonhos. A prova disso é a incidência de doenças emocionais como a depressão, que atinge milhões de pessoas no planeta e que já é considerada há algum tempo como problema de saúde pública.

Aquele velho bordão popular de enxergar o copo meio cheio ou meio vazio é uma grande verdade. Depende de cada um agir com positividade ou de forma negativa diante de uma situação. Ser positivo diante dos problemas, acredite, é um exercício, e sim, quando sentimentos bons são idealizados a melhor solução é consequência.

Procure perceber qual o seu comportamento diante das situações, qual a maneira com a qual lida com os problemas à sua volta, corrija o “hábito” de pensar de maneira negativa e de mentalizar a palavra Impossível.

Sonhos não têm limites. Se o impossível for mentalizado antes de sonhar, o sonho nem ao menos nasce. É você quem dá vida ao que acredita, ao que almeja. Somos feitos do tecido de que são feitos os sonhos, então, somos livres, entoamos com nossa vida uma canção única no universo e a eternidade é o lugar para onde tudo o que é infinito vai e merece estar.

Acredite em você, acredite nos seus sonhos e não imponha limites à liberdade da existência. “

Daiana Barasa é jornalista do Grupo Sare (www.saredrogarias.com.br).
Anúncios

Sobre JCDattoli

Este blog foi idealizado para compartilhar reflexões e discussões (comentários, frases célebres, textos diversos, slides, vídeos, músicas, referências sobre livros, filmes, sites, outros blogs) que contribuam para a realização e o crescimento do ser humano em toda a sua essência e nas dimensões pessoais e profissionais. Almejo que o ser humano se mostre cada vez mais virtuoso, atento e disposto a servir o próximo em cada momento da sua existência. Atuei profissionalmente por quatro décadas, com bastante intensidade, nas áreas pública e privada. Ocupei de cargos técnicos a postos de chefia e direção. Neste novo momento, pretendo ajudar pessoas a atingir outros patamares na vida – e na profissão. Dedicarei parte do tempo para ações sociais/humanitárias (acabo de retomar o projeto 'música para idosos'), além de assegurar espaços na agenda para reflexões e meditações. Gosto de ler, de praticar atividades físicas e de cantar-tocar violão. A família e as amizades são preciosas matérias-primas na construção do bem viver. Apesar das incongruências, desencontros e descaminhos humanos, tenho por missão dedicar-me mais e mais às pessoas como contributo para um mundo verdadeiramente melhor!
Esse post foi publicado em Motivação e crescimento humano, Saúde. Bookmark o link permanente.

2 respostas para “Somos livres, musicais e eternos” – Um texto inteligente, para refletir!

  1. Eu acho que peco pelo excesso. Sou sonhadora demais, porém dou vazão a isso no que escrevo. Assim eu coloco meus desejos, meus pensamentos, sonhos e sentimentos, em cada poema que faço. Se concretizo, ou não, pouco importa, porque escrever já é o bastante, porque a minha imaginação não tem limites pra voar…
    Belo post!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s